Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

Da infância livre

Sou uma mãe mega relaxada, o que tem o seu lado positivo e o seu (eventual) lado mais negativo. Já o pai é muito protector do nosso pequeno. Neste ponto, acabamos por não concordar muito.
Eu gosto de ver crianças livres. Livres, brincalhonas e risonhas.
Eu tive uma infância muito desregrada no que às brincadeiras dizia respeito. Brinquei imenso na horta da família, em cima de pedras, no meio dos bicharosos rastejantes. Se era totalmente aconselhável? Talvez não. Mas foi tão bom. Fartei-me de cair, "rachei" a cabeça, cortei a perna, fiz mil e uma pisaduras... E adorei cada momento.
Talvez por isso, quero mesmo que o meu filho cresça livre, a brincar, a cair, a fazer nódoas negras, a sofrer pequenos arranhões. Sei que faz parte e sei que não vem daí qualquer mal ao mundo. Já o pai... É extremamente zeloso e cuidadoso.
Alcançar o equilíbrio não está a ser propriamente fácil, porque o pai anda sempre atrás do menino e eu gosto que ele ande solto e livre como um passarinho - mas…

Mensagens mais recentes

Aventuras de um Casamento #2

Vestidos!

Sobre os novos programas da televisão nacional...

Do Tempo

(vestindo a capa de Super Mulher)

Aventuras de um Casamento #1

Inspira, expira e não pira!

Odiozinho de estimação

Uma pessoa começa a fazer contas...

Por outro lado...