quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Eu, pecadora, me confesso...

Eu gostei do livro "50 Sombras de Grey". Não é uma obra prima, não tem uma escrita extraordinária, mas achei a história interessante, diferente e sim - cativante. É uma perspectiva diferente de um amor diferente. O Grey é controlador e autoritário, pois que é... mas já li por aí que o segundo livro vai esclarecer os "motivos" para a paranóia dele. 

Venham daí essas pedras, mas estou mortinha para ler o segundo livro. E agora que li o livro, acho que o Jamie Dornan está mesmo adequado para o papel... 


Eu sei que fui a única a gostar. O livro vende melhor que pãezinhos quentes mas, pelos vistos, ninguém gostou. :P

Olhos nos olhos

"Você e ele(a), um de frente para o outro. Por quatro minutos. Como seria? O canal do YouTube SoulPancake juntou seis casais para testar uma teoria científica que propõe que quatro minutos são o bastante para que duas pessoas se apaixonem."

 

Que coisa mais bonita e comovente... Olhar nos olhos é, de facto, a maior intimidade de todas.

Ajudem o gato Rico a ter a sua cadeira de rodas


Um apelo que me chegou esta manhã via Facebook e ao qual eu não consegui ficar indiferente. Grão a grão enche a galinha o papo... são "apenas" 350 euros que podem melhorar imenso a qualidade da vida do gato Rico.

"Conheçam a história do pequeno Rico.....

O Rico (ex Frankie, nome que consta no site da ABRA) foi atropelado e deixado em sofrimento na rua em Braga. Felizmente alguém muito humano assistiu a esta crueldade e tentou que ele fosse assistido numa clinica. O atropelamento trouxe sérias consequências, provocou a fratura da bacia do gatinho. Numa sequência de eventos, o Rico corria o risco de ser eutanasiado por não vir a conseguir andar MAS a sua nova familia, a Susana e o Tiago, que já estavam a ponderar adoptar o Rico, decidiram adoptá-lo assim mesmo. Apesar de ele nunca mais vir a ter mobilidade nos membros posteriores nada o impede de ter uma vida feliz e cheia de qualidade, mas para estar a 100% nesta sua nova condição precisa de uma cadeira de rodas. Apesar do esforço desta familia em lhe dar a ração de gama veterinária própria (que irá ter de comer por toda a sua vida) e os restantes cuidados veterinários, não consegue proporcionar a cadeirinha que o Rico tanto precisa. O orçamento feito pelos especialistas em Portugal na execução deste tipo de equipamento é de 350€, um valor muito elevado para a familia do Rico.

Esta familia mudou a vida do Rico para sempre, e vocês não querem ajuda-los a dar o melhor dessa vida ao Rico? Por favor, ajudem nem que seja só com 1 euro.

NIB: 003501710019772750034"



Já fiz a minha transferência. O sonho do Rico fica assim um bocadinho mais perto. E que tal abdicarmos de um lanche fora e ajudarmos um bocadinho quem mais precisa?

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Oscars 2015 - Os vestidos

Emma Stone in Elie Saab. Esta mulher está sempre impecável. Linda, elegante, e com o vestido a contrastar de forma maravilhosa com o tom do cabelo.

Reese Witherspoon in Tom Ford. Não sou fã do estilo, mas admito que lhe fica muito bem. Loira e com aquele sorriso, fica maravilhosa assim mais "simples".

Rosamund Pike in Givenchy. É uma mulher tão bonita e com um rosto tão poderoso... Já chateava escolher sempre roupitchas fraquinhas. Maravilhosa!

Scarlett Johansson in Versace. Tem aparecido na lista das mais bem vestidas mas nãoooo gosto. Gosto do tom do vestido... e é isso. O decote é horrível, espalma o peito. O colar/a gola é medonho. O cabelo também não está bom. Os sapatos, esses morreram abafados.

Anna Kendrick in Thakoon. Simples e linda. Vestido bonito, corte bonito, cor linda.

Jennifer Lopez in Elie Saab. Um vestido de princesa... JLo absolutamente maravilhosa! O rabo de cavalo é tão amoroso, meio adolescente-meio inocente... está um encanto. Depois de só vermos rabos no seu "Booty", é bom vê-la assim.

Gwyneth Paltrow in Ralph & Russo Couture. Esta senhora acerta sempre. Vestido encantador, até aquela flor fica bem ali... Mas o que eu gosto mesmo-mesmo é do penteado e dos brincos, a encaixarem tão bem no visual.

Jennifer Aniston in Versace. Vestido elegante, cor bonita. Tenho pena que nunca arranje o cabelo... mas tem um cabelo tão bonito que fica bem assim.

Dakota Johnson in Saint Laurent. A mulher do momento. Esperava algo mais... uau! O vestido não a favorece propriamente, fica algo estranho na zona da cintura. Mas gosto da aplicação do ombro. O rabo de cavalo, muito Anastasia Steele, marca pela diferença. Com os lábios vermelhos, gosto muito de a ver assim. Clutch gira! 

Lupita Nyong'o in Calvin Klein Collection. O contraste com a pele dela é maravilhoso... mas ainda não sei se gosto da pedraria ao pescoço... dúvidas, só dúvidas.

Chris Pratt, Anna Ferris. Adoráveis. O vestido dela é um amor... 

Adam Levine e Behati Prinsloo. Ai mulher, com esse jeitosão ao teu lado, podias fazer melhor. Vestido feio, penteado feio, tudo sem graça... Pareces uma estaca. :/

Eddie Redmayne e Hannah Bagshawe. O Eddie é fabuloso enquanto actor. Estavam os dois muito bonitos, muito elegantes. Até os penachos que a senhora dele leva nas ancas são perdoados.

A Nicole Kidman nunca mais conseguiu ser a jovem exuberante de fabulosos cabelos ruivos... Mas até se aguentou mais ou menos, neste modelito. O Keith Urban é um espectáculo, ainda bem que a conseguiu voltar a fazer sorrir - embora ela claramente não seja sorridente.

Esta aqui é só para vos dizer que tenho uma paixão assolapada pelo Edward Norton.

Kelly Preston e John Travolta. Que engraçado... não sabia que o Travolta tinha uma estátua de cera... 


    sábado, 21 de fevereiro de 2015

    Vaidades

    Imagem 7 de CALÇAS ESTAMPADO FLORES da Zara

    Imagem 2 de VESTIDO COM COLARINHO EM V, MOCHO E FRANJAS da Zara

    Imagem 3 de VESTIDO BORDADO da Zara

    Imagem 4 de VESTIDO BORDADO da Zara

    Imagem 4 de M/M SHOPPER PELE BORLA da Zara

    Não sendo em fã da Zara - que não sou -, fiquei a babar com esta nova colecção... Podiam vir estas peças cá para casa. 

    quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

    "50 sombras de Grey"

    Estou a ler, estou a ler! 

    Entrei na febre com sensivelmente três anos de atraso... Saquei o primeiro livro da internet e estou a lê-lo. Estou no início, ainda é cedo para dizer, a tradução é em português do Brasil, manhosa que dói e faltam palavras, pontuação e afins. Mas o conteúdo está lá. Ainda nada de sexo... mas já me enerva tanta mordidela de lábio da Anastasia, a coitada deve ter as beiças roxas de tanto as morder.

    Se me der vontade de comprar uns chicotes e de açoitar no mais-que-tudo, eu aviso-vos. 

    sábado, 14 de fevereiro de 2015

    Love


    No Dia dos Namorados, não celebro o meu namoro com 4 anos e 4 meses... Nunca celebrei, suponho que nunca vá celebrar.

    No entanto, neste dia, como em todos os outros dias, agradeço o facto de termos começado por ser apenas dois cá em casa mas termos feito a nossa família aumentar e agora sermos sete. Namoramos muito uns cons os outros, todos os dias.

    sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

    Insta Last Days

    Princesa preguiçosa - e linda!

    Novidades do mundo Conto de Fadas.

    A minha cidade, sempre maravilhosa.

    Colar da fabulosa Bokwus.

    Almoço de Domingo, arroz de frango e enchidos.

    Super limões!

    Alegria dos cães - correr na praia. Ao fim-de-semana, é certinho, direitinho.

    Colecção de presépios em crescimento.

    Kong da prima Rosinha - mas o Pirata é que adorou.

    Tom nude, para "desenjoar" das cores fortes.

    Meninas do papá.

    Ando doente... e ele mima-me. Mima-me depois de eu muito pedir, mas mima-me.

    Sexta-feira 13 cá de casa.

    Amor de irmãs.


    Minha companheira nestes dias aborrecidos em casa, doente e cansada.


    quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

    Ahahahahah


    "Enquanto se confirma a adaptação das duas sequelas, preparam-se os protestos contra a estreia do filme um pouco por todo o mundo. Nos EUA há cinemas a proibir acessórios sexuais nas salas...", in DN.

    Não sei o que me espanta mais... 

    Se o facto de existir gente bacoca e tacanha ao ponto de protestar por causa de um filme que só vê quem quer e que apenas coloca a sexualidade e as fantasias sexuais em evidência... 

    Se o facto de existir gente que pondera levar acessórios sexuais para o cinema quando já se sabe que as salas vão estar a abarrotar. Não aguentam até chegarem a casa, querem ver?

    terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

    Dear lord...


    Alguém me explique como é que alguma mulher pode achar as unhas bicudas bonitas ou elegantes... 


    segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

    1001 coisas

    Por semana, o mais-que-tudo costuma ausentar-se duas noites, uma para jogar à bola e outra para ensaiar com a banda. Aproveito para fazer aquelas coisas que só faço sozinha - ler e pôr as minhas séries em dia.

    Agora que descobri o maravilhoso mundo das séries disponíveis on-line, não quero outra coisa. Até me sinto, de certo modo, assoberbada com tanta coisa. Tenho de acabar de ler um livro. Tenho a Scandal para ver, tenho o Hannibal, tenho Os Seguidores, as Criadas e Malvadas.

    É tanta coisa que nem sei por onde começar.

    Hasta la vista, babies. 

    sábado, 7 de fevereiro de 2015

    Saturday night fever



    Bôla de carne recheada com fiambre, chouriço e queijo, made by S*. Boa noite!

    Está calor, hein?

    Assumo que ainda não li os livros (mas pretendo ler, para saber se existe motivo para tanto entusiasmo...) nem sequer pretendo ver o filme nos próximos tempos. Mas acho muito bem que quem gosta do estilo vá ver, até porque o Jamie Dornan é um jeitosão e faz de Christian Grey.

    No entanto, tenho aqui uma dúvida... não sou pudica, juro... mas já ouvi dizer que os livros são bastante acalorados... a sério que querem sentir calores no cinema, com centenas de pessoas à vossa volta? Eu cá não sei, mas acho que deve ser filme para ver no recato do lar, com o mais-que-tudo como companhia.



    Brincadeirinha, tá?

    sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

    E assim se gera uma polémica...

    O Papa Francisco, que estou a adorar desde o primeiro dia, defendeu, por meias palavras, que uma palmada justa num filho não tem mal nenhum. Assumo desde já que concordo, que as palmadas não fazem mal a ninguém, dadas na altura certa e na medida certa. Levei as minhas sapatadas, quando fazia asneiras, reconhecia o motivo de estar a levar a palmada e nunca me causaram dor física - mas a dor no orgulho, essa sentia e muito bem.

    A Leonor Poeiras comentou no Facebook ter ficado "perplexa" com as declarações do santo padre. Ups. Tem sido inundada de comentários nas redes sociais. 

    Não defendo dar uma coça nos filhos. Mas defendo o uso da "palmada educativa". Defendo os olhares "ou páras quieto ou estás aqui e estás a levar". 

    Perdoem-me o eventual exagero, mas acho que é por pensamentos destes que as crianças hoje em dia são tão mal educadas. Não se pode ralhar com as crianças para não ficarem traumatizadas. Se são irrequietas e insuportáveis, dizem logo que são hiperactivas (algumas são... mas não todas). Se respondem torto aos pais, os pais comem e calam. Se dão patadas aos pais (já vi com estes meus olhos que a terra um dia irá comer...), os pais nem as repreendem. Falam como querem, dizem o que querem, respondem como querem. Se os pais lhes dão uma palmada, surgem logo as acusações - é porque são maus pais e porque perderam a razão.

    As crianças não são flores de estufa, não precisam de ser colocadas em redomas nem de viver numa bolha de protecção. São os adultos de amanhã, têm de saber que as faltas de respeito não são toleradas. Têm de perceber que, gostem ou não, as decisões são dos adultos e têm de as saber acatar. Têm de entender que um "não" é um "não".

    Segundo a minha mãe, nunca fiz cenas na rua. Nunca fiz birras. Quando começava a querer fazer birras, era repreendida. Com um olhar, com um gesto, com uma palmada, eventualmente. Percebi cedo quais eram os limites e, talvez por isso, nunca os ultrapassei.

    terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

    Instaweek

    Preguiça de Inverno.

    Olhar de desgraçado...

    Momentos de ternura.

    Luta de titãs. As mais novas, Bella e Princesa.

    Vaidades.

    Domingo na praia.

    Fotogénicas.

    Companheiras de leitura.

    Animal print.

    Malhadas camufladas.

    Gordices de terça-feira à noite, na casa da mãe.