sábado, 25 de Outubro de 2014

Jajão




O namorado chega a casa deprimido porque o seu Boavista perdeu. Torturo-o só mais um bocadinho com esta. 

Se há uns anos me dissessem que ia adorar kizomba, achava que estavam loucos. Mas adoro. Influências do cunhado!

Sobre aquilo das portuguesas que se juntaram aos Jihadistas e que agora querem voltar...


Obrigadinha, mas não.

Não voltem mais. Perderam esse direito quando se juntaram a uma cambada de assassinos. Se estão realmente arrependidas, tenho pena, mas o país não pode arriscar. Infelizmente, sabemos bem que provavelmente não estão arrependidas.

quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Este país não é para "velhos"...

Se este país está mau para todos, imaginem para uma mulher de meia idade. Mulher essa que não arranja emprego. Desesperada, uma amiga da minha mãe decidiu emigrar para Inglaterra. A sua única preocupação eram os dois gatos. A Sushi, de 8 anos, e o Tininho, de 7 anos. Certamente depois de muito ponderar, pediu à minha mãe para ficar com eles. E a minha mãe, boa amiga como é, não soube dizer que "não" a alguém que precisava mesmo desta ajuda.

E foi assim que, esta noite, entraram mais dois felinos na nossa família.

Tininho, mais medricas

Sushi, assustada mas amorosa

terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Facto

Quando vejo as imagens da transformação (by the way, para pior) da Reneé Zellweger, penso logo que, de facto, não há nada mais bonito do que sabermos amar o que somos. Com defeitos e tudo. Ao fim de 40 anos aquela mulher mudou de cara. Se calhar nem se reconhece ao espelho.

Delicadezas



Uma questão de gosto. De bom gosto.

segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Instaweek

Sorrisão. Este cão tem sempre um ar feliz!

Mousse de chocolate deprimente no dia em que celebramos quatro anos juntos. Bati manualmente a mousse e ficou uma bela cagada.

Detalhes nossos.

Sexta-feira à noite agora é garantia de jantar em família. E vamos rodando a casa. Esta semana na minha, na próxima na da irmã...

Na casa da irmã, meteram-me isto no colo. E eu não resisti.

Melhores amigos.

Passeio de Sábado.

Detalhes meus.

Porto, é sempre bom visitar-te.

No Domingo, por terras de Ponte da Barca.


domingo, 19 de Outubro de 2014

Gone Girl


"Em parte incerta" foi provavelmente dos filmes que mais mexeu comigo. De sempre. 

Adoro o Ben Affleck, é um dos meus favoritos. Rosamund Pike não conhecia assim tão bem, mas uauuu, que mulher linda e assustadora ao mesmo tempo.

Não conto nada, que é para não cortar o entusiasmo do filme. Mas tanto temos pena como sentimos nojo. Tanto achamos que "oh, se calhar ele não é assim tão bonzinho", como achamos que ela é uma cabra da pior espécie.

Vejam. Vale muito a pena. E aquele final? Que nervos!

sábado, 18 de Outubro de 2014

Triste mas verdade

A 10 de Agosto era publicado um cartoon no Diário de Notícias sobre o ébola. Mais do que retratar a violência do vírus, sublinhava a diferença com que os casos registados em África e no Ocidente são tratados pela comunicação social. Ultrapassou fronteiras e chegou a vários países, sob o olhar atento da imprensa, a própria que era alvo de crítica. Nas redes sociais, o cartoon tornou-se viral. Era uma representação “perturbadora”, “precisa” e “verdadeira” de uma realidade que deixou de ser distante e já está na Europa e nos Estados Unidos.

O cartoon de André Carrilho, comentado pelo Público.


Em pequenas coisas se vê como o mundo, esse sacana, é preconceituoso. Enquanto o ébola estava só em África, ninguém ligava. Dezenas, centenas, milhares de casos - tudo calmo. Um caso, dois casos, três casos na Europa - o pânico.

sexta-feira, 17 de Outubro de 2014

A chuva vai embora, regressa o tempo quente...

Nãoooo!

Não depois de todo o trabalho que eu tive a mudar os armários, a enfiar a roupa de Verão em sacos. Não depois de eu ter lavado 5 ou 6 máquinas com roupa de Inverno. Não depois de eu já me sentir aconchegada com a roupa mais quentinha.

Raisparta a instabilidade meteorológica.

quinta-feira, 16 de Outubro de 2014

4 anos

Quatro anos de um amor maior que tudo.

Parabéns a nós. Amo-te. Com todos os teus defeitos, com todos os meus defeitos, somos muito felizes. 

quarta-feira, 15 de Outubro de 2014

Coitadinho do ladrão

Faço panados para o jantar. Vou até à sala, tratar de umas coisas no computador. Regresso à cozinha, vejo uma folha de papel absorvente no chão. Reparo que um grande panado desapareceu.

Chamo o mais-que-tudo, para encurralarmos o ladrão Pirata, escondido debaixo da cama com o panado desaparecido.

Eu ralho, resmungo... o mais-que-tudo ri-se, dizendo que o "coitadinho" só queria um "panadinho".

Arranco-lhe o panado da boca. Está de castigo, mas está bom de ver que com este dono o cão vai sempre abusar.

Sobre aquilo da giraça da Jessica Athayde...

É impressionante como somos nós, meros comuns mortais, cheios de defeitos físicos, os primeiros a criticar os outros. Apontamos o dedo, gozamos, achincalhamos.

Mas depois, lavamos daí as mãos, tal e qual Pôncio Pilatos, e dizemos que é "a sociedade". 

Não, não é a sociedade, aquele conceito abstracto. Sou eu, és tu, somos nós. Se cada um tentar ser um bocadinho melhor, e olhar por si abaixo antes de apontar o dedo, talvez deixemos de ser assim idiotas. 

O que vale é que a Jessica gosta de si e daquilo que é. Mas a maioria de nós não aguenta assim tão bem as críticas. Elas doem.

terça-feira, 14 de Outubro de 2014

Sugestões da S*






Maria Muffins. Só o nome já é uma doçura.

É tudo tão bonito, tão delicado, com tão bom gosto... Estou à espera dos meus dois primeiros fios. Tenho a certeza de que me vou tornar cliente fiel.


segunda-feira, 13 de Outubro de 2014

Coisas boas

Estamos quase-quase a celebrar quatros anos de namoro.

Sábado vamos entregar o Pirata num serviço de dog-sitting (sim, isto existe!) e vamos passear, namorar... e fazer umas compras para o meu aniversário, que é em Novembro. Não sei se ele vai apreciar esta parte do programa, mas vai ter de aguentar.


domingo, 12 de Outubro de 2014

Instaweek

Os últimos dias de férias foram com chuva, algum frio, mas muitas coisas boas.

O quadro de cortiça cá de casa.

Meu pequeno.

Cereais recheados com creme de avelã. 

Botas novas.

Vermelho brilhante.

Freddie Fred, o gato que mais fãs tem, aqui no blogue!

Um bolo Conto de Fadas. Bolo de uma pastelaria da cidade, enfeitado com várias princesas Disney, da Conto de Fadas.

Cookie, a rainha da casa da mãe.

Concertos da banda do mais-que-tudo.

Castanhas, boas mas boas!

Tarte de maçã da mãe.

Lanche/jantar em família, este Domingo.


sexta-feira, 10 de Outubro de 2014

Ainda dizem que os príncipes não casam por amor...

O príncipe Carl Philip, da Suécia, ignorou o sangue azul e apaixonou-se por uma ex-stripper e ex-concorrente de uma espécie de Big Brother sueco. Anunciou o noivado no fim de Junho.


E que bem eles ficam juntos!

E viva a noiva!

Amanhã é dia de ver a irmã vestida de noiva. Vamos vê-la a experimentar vestidos pela primeira vez.

Quanto apostam que vamos fazer cenas piores do que as do "Say yes do the dress"? Aposto que vai haver lágrimas. E sorrisos. Muitos sorrisos. Até eu estou entusiasmada, imagino ela!

quinta-feira, 9 de Outubro de 2014

Love


Abraços peludos. Lambidelas imensas. Ataques de mimo.

Isto também é Amor.

Até amanhã!

Venha a mim essa asma...

Desde o almoço, já dei cabo do Monte Everest de roupa por passar de cá de casa. Monte que incluía roupa que estava à espera de ser engomada há um ano...

Num ataque raramente visto na minha pessoa, resolvi "desfazer" os dois armários (o meu e o dele) e arrumar toda a roupa de Verão. Aproveitei e enchi cinco sacos de roupa para dar. Mais um saco de calçado que está bom para ir para o lixo. Impressionante a quantidade de roupa que temos e nunca usamos.

Aproveitando que já estou com uma crise de asma daqui até à China, e a espirrar de dez em dez segundos, vou limpar a casa.

Isto hoje fica a brilhar!

quarta-feira, 8 de Outubro de 2014

Sobre a polémica do cão da senhora contagiada com o vírus do Ébola em Madrid...

Gente reunida junto ao prédio onde mora o Excalibur 

Eu não peço tratamento especial para os animais. Peço apenas para que tratem os animais com a mesma dignidade com que tratam as pessoas.

Eu não digo que o cão, se estiver doente, não deva ser abatido - por precaução. Não gosto, mas consigo aceitar. Mas digo, e continuarei a dizer, que é cruel abaterem um animal sem sequer saberem se está doente. Não o analisaram, não o estudaram. Limitaram-se a abatê-lo porque pode eventualmente estar doente. Não há garantias. Mas pode estar doente. E se pode, mata-se. Assim, simples, sem pensar nos direitos do animal. Sem pensar nos direitos dos donos do animal.

Não sou fundamentalista. Mas sou defensora dos animais. Eles não são fardos de palha que nós podemos deitar fora só porque nos apetece. 

Quando me dizem que se iria gastar dinheiro e recursos a averiguar se o animal está doente, só me dá para rir. Gasta-se dinheiro em tanta porcaria. Uma vida é uma vida. Não é lixo.

Quando me dizem que se colocaria a vida de médicos/investigadores em risco... bom, esses mesmos médicos também têm de lidar com a dona do cão, que está infectada, não têm? Também têm de analisar o marido da senhora infectada, não têm? Também vão ter de analisar 50 pessoas (acho que ouvi 50...) que lidaram com a senhora infectada, não vão? Então analisar o cão não é um risco maior do que tudo isso.

Quem não percebe que os animais não são menos que as pessoas, não perceberá este texto. É pena. Entretanto, o pobre Excalibur já foi abatido. 

Mais aqui.

Excalibur na varanda de casa, esta manhã