Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2018

Da Dedicação

Considero-me uma pessoa empenhada. Gosto de dar o meu melhor naquilo que faço, independentemente de achar que podia ganhar mais e melhor (não achamos todos?) e que podia e devia ter melhores condições no trabalho (repito: não achamos todos?).  É bom, depois de anos, ver o esforço compensado. É mesmo bom. Eu mereço e nada me deixa mais orgulhosa do que o sentimento de dever cumprido. Que venha Abril... Será um grande mês, certamente!

Da Vida

A minha vida anda uma loucura. Eu nem sei explicar. Parece que estou ligada à corrente eléctrica, dou por mim a barafustar, a dizer uma quantidade enorme de palavrões, a correr de um lado para o outro. Está tanto a mudar e ainda falta mudar muito mais. Ansiosa pelas mudanças, mas com medo das mesmas. Já vos disse que me roubaram o carro? Anda aqui uma pessoa a falar de malas Cavalinho e de vaidades, de coisas parvas e que não importam... E quando saio para o trabalho, o meu carro tinha desaparecido. Porra.

Vaidades

Quero muito, muito, muitoooo.

Dos canis

Aqui há uns dias o meu mais-que-tudo estava a 'discutir' comigo porque eu lhe disse que recusava comprar um animal. Não tenho absolutamente nada contra quem compra animais de raça, mas eu já visitei um canil - completamente diferente de visitar as maravilhosas associações que tenho a sorte de conhecer. No caso, conheci o Canil Municipal do Porto, há uns 8 ou 9 anos, para um trabalho de licenciatura - que nunca consegui fazer, foi-me negada entrada para filmagens. Para meu azar, resolvi ir ao canil num qualquer dia e recebi como resposta "hoje não é um bom dia, menina... hoje é dia de camião". .. Eu não percebi bem, mas efectivamente vi um camião branco... até que uma outra alma me explicou que estavam a retirar os cães e gatos que tinham sido abatidos. Era preciso um 'camião'. Não sei se era prática habitual ou não, agora os canis supostamente já não são de abate. Tive de pedir lá sei quantas autorizações para entrar e filmar o canil e nunca me permiti

Maravilhas da maternidade #nãoseiquenúmero

Antes lavava roupa umas duas vezes por semana, para encher a máquina. Agora, se não lavar roupa duas vezes por dia, já vou com sorte. É roupa e mais roupa. Toalhas. Lençóis vítimas de acidentes em forma de mijinhas. Mantas invadidas pelo pêlo da bicharada cá de casa.  Se a minha anterior máquina de lavar durou cinco anos e meio, esta desgraçada vai morrer certamente de forma (ainda mais) prematura.

Ser Pai

Desde o momento em que começamos a tentar engravidar que não tive quaisquer dúvidas que o meu companheiro seria um super pai. Admito que duvidei que se fosse pôr a pé à noite, para zelar pelo menino, sempre que fosse necessário... Mas é bom poder afirmar, passar quase 10 meses, que me enganei redondamente. O meu homem é um Pai infinitamente paciente. Infinitamente presente. Nunca, nestes meses que já são quase dez, o ouvi queixar de algo. Nunca disse que estava cansado. Nunca disse que queria descansar de estar com o bebé (já eu, digo-o muitas vezes!). Nunca se negou a fazer algo. Nunca resmungou. Nunca reclamou. Nunca se privou de ser Pai. É absurdamente apaixonado pelo nosso menino. Incrivelmente meigo. Estupidamente paciente - mesmo quando o pequeno grita que nem um bezerro enjeitado ou se torce e retorce enquanto se muda a fralda. É o primeiro a levantar-se quando o Rafinha acorda de noite. O que anda horas e horas com ele ao colo, se for preciso. É ele quem me diz &

Proud mom!

Ourivesaria tradicional cá da cidade. Da Pampa Mia . Bijuteria com significado , peça em aço inoxidável. Porta-chaves daqui , das  Deemak Twins. .  Em 9 meses de bebé já tenho três colares, uma pulseira e um porta-chaves alusivos ao pequeno.  Quando ele entrar para a primária devo estar em condições de abrir uma loja de bijuteria 'familiar'.

Já perdi a vergonha toda...

Antes ainda disfarçava e aguentava ao máximo... Mas agora quero lá saber. Ontem fui dormir às 21h30 (mas não dormi, malditas insónias!) e hoje são 22 horas e eu já estou a delirar com a ideia de ir para o vale dos lençóis. Sou oficialmente uma velhota dorminhoca no corpo de uma 'jovem' de 29 anos.

Diz que estamos constantemente a mudar...

E eu agora só quero camisas, camisas e camisas... e blusas. Da Mango. Esta fica-me tão bem. :) Amo. Amo. Amo! Só me falta é tempo para ir às compras. Tempo e euros, entenda-se.

Please.......... Grendha!

Quanto a vocês, não sei, mas eu estou desejosa de sol. Com o pequeno a querer começar a andar (mas não passam de intenções!), vai-me saber bem poder ir à praia, ao jardim, a todo e qualquer lado onde possa usufruir da natureza e deixá-lo brincar à vontade. Além disso, já tenho as minhas novas Grendha, numa edição especial e limitada, criada em parceria com a Ivete Sangalo. São lindas, maravilhosas e cheirosas. Quero usá-las! A Grendha e a Ipanema são as minhas marcas predilectas para calçado de Primavera/Verão. A Ipanema mais informal, mais chinelo, mais praia... a Grendha numa versão mais "sofisticada", perfeitamente adequada aos dias de trabalho (para quem não trabalha em coisas demasiado sérias!) e até para alguns looks mais festivos. GRENDHA IPANEMA

9 meses

9 meses (com desconto de três semanas) cá dentro, 9 meses cá fora. Meu pequeno príncipe a encantar mais e mais a cada dia que passa. Boa sexta-feira!