Avançar para o conteúdo principal

Olha o esquisitinho!


Combinamos em tudo, menos na comida.

Ele é fã de arroz e batatas, eu sou mais massa. Aliás, toda eu sou fã de massa. Eu adoro molhos, ele gosta da comida seca. Ele não gosta de moelas. Nem de frango - só gosta de frango de churrasco. Não gosta de carne de porco. Não gosta de assados. Não aprecia almôndegas por aí além. Não gosta de legumes. Diz que come sopas muito passadas, mas quando as faço come metade e diz que está "cheio". Peixe também não aprecia - eu gosto, mas não sou boa a prepará-lo. Ele devora pão, enquanto que eu só como pão ao pequeno-almoço e eventualmente ao lanche. Queixa-se que o arroz de tomate tem demasiada cebola. Ou que a massa penne com cogumelos e tomate seco tem demasiado tomate seco.

Hoje anuncio que o jantar será massa guisada com carne (bem boa, da Bimby) e ele suspira um "que desilusão".

Raisparta o esquisito. Dá bem mais trabalho pensar nos menus para a semana do que preparar as próprias das refeições! 

Comentários

  1. Dá-lhe 500 paus e ele que vá comer onde quiser. eheheheheh

    ResponderEliminar
  2. O meu é mesmo com o peixe. Mas no verão comecei a fazer peixe no forno com mel, laranja e alecrim e ficou fã.

    ResponderEliminar
  3. E tu não o metes a cozinhar? Não me leves a mal, mas eu tenho pouca tolerância a pessoas assim (sejam elas homens ou mulheres). Se não cozinham, então bico calado. Querem melhor, façam elas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ontem fez ele a jardineira na Bimby. E tem razão, na maior parte das vezes faço o que quero e ele come e cala. Ou então come pouquinho e diz "ah, já sabes que eu não aprecio...". Ora, problema dele!

      Eliminar
    2. Nem mais! Não gosta? Faça melhor.
      O meu marido era igualmente esquisito, mas desde que casamos teve de se adaptar. Quer melhor? Traga da casa da mãe que eu nem me importo nada.
      Em 6 anos de casados foram raras as vezes que se queixou, aliás sou eu quem mais crítica. Só sei que a comida está boa qdo repete.
      Até o miúdo (4 anos) o faz comer cenouras e bróculos, para ficar com os olhos lindos. :p
      SM

      Eliminar
  4. Uiiii! Isso dá trabalho, dá :/ Esperemos que o vosso filho não saia ao pai xD

    ResponderEliminar
  5. Adoro massas...e preparo-as na perfeição!
    Costumo dizer que se não nascesse em Portugal teria forçosamente que nascer na Itália. Adoro comida italiana...polvilhada com imenso queijo parmesão ralado e algumas folhas de manjericão fresco. Hummm miam miam, só de pensar nisso parece que já fico com fome. :)

    Quanto ao seu companheiro, não se trata de esquisitice, são apenas gostos. E que seria do azul se todos gostássemos do amarelo...

    ResponderEliminar
  6. Onde é que eu já vi isto? :)) Não com o marido, mas com os filhos.
    Ele que faça os menus, vais ver que resulta :)

    ResponderEliminar
  7. Conjugar gostos nesse sentido é muito difícil! Põe o homem a cozinhar durante uma semana, a ver se não lhe passa a esquisitce e começa a apreciar as comidinhas que fazes :) Ninguém é obrigado a gostar de tudo, obviamente, mas quando percebemos o trabalho que dá, reclamamos menos :)

    ResponderEliminar
  8. O meu só mesmo com o peixe de resto come tudo 😊

    ResponderEliminar
  9. Experimenta metê-lo a cozinhar ;) Eheh Beijinhos*

    ResponderEliminar
  10. Manda-o fazer a ele, passa-lhe logo a esquisitice.

    ResponderEliminar
  11. Tem homem guloso que come de tudo; enfim...

    ResponderEliminar
  12. Então... é simples, ele que cozinhe :P

    ResponderEliminar
  13. Enquanto vivi com os meus Pais comia de tudo, até daquilo que não gostava. Não morri por causa disso.
    Quando comecei a viver com o meu Namorado de então (e + os 2 filhos dele) deparei-me com esquisitices: não gosto daquilo, e do outro e de tudo e mais alguma coisa. Que gente com tão pouca cultura alimentar!!!!
    O meu Namorado (agora Marido) não comia coelho porque a ex não gostava e, ele, sempre comeu em casa dos Pais. os filhos nunca tinham comido. Pois passaram a comer quando comecei a fazer.
    Só gostam de arroz branco (daquele k + parece para doentes). Como seria se fossem comer a casa dos meus Pais ou dos meus Irmãos? Que remédio tinham que comer aquilo que estava na mesa....o que já aconteceu!!!
    Não entendo pessoas que dizem que não gostam de bacalhau/polvo/salmão/legumes/saladas/etc e tal quando nunca provaram porque a mãezinha nunca fazia.....Mas o bom é comer hambúrgueres e salsichas e pizzas e arroz branco de doente.
    O meu Marido passou a comer + coisas porque eu sempre as comi e faço-as.
    Os filhos? Não gostam? Paciência! Faço almoço e jantar e se ñ gostarem, que façam eles o almocinho/jantarinho deles. Mas o Paizinho também tem culpas no "cartório" porque deixou estas coisas acontecerem no passado....

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.

Facto

Apaixona-te por alguém que te tire fotografias "só porque sim" .  Esta é novidade para mim e admito que fico sempre algo comovida. Acho muito bonito.