quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Há uma coisa que a minha mãe diz:

Eu posso dizer mal da minha família, falar dos seus defeitos e apontar os seus erros. Se são os outros a dizer mal dos "meus", viro fera.

46 comentários:

  1. É curioso mas a minha mãe diz o mesmo :) e eu concordo.

    ResponderEliminar
  2. Acho que és tu e todas as pessoas, pelo menos eu também assim sou.

    ResponderEliminar
  3. Oh isso todos nós. Eu, que vivo em Espanha, farto-me de dizer mal de Portugal. Mas ai de um cabrón de un espanhol que diga mal do meu país!

    ResponderEliminar
  4. Já te inscreveste como participante na árvore de natal da blogosfera? Só tens até dia 30! :)
    http://arvore-natal-blogosfera.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Às vezes estou furiosa com o meu irmão, por exemplo, e quando desabafo com alguém "porque ele é isto e aquilo...e irrita-me, e põe-me furiosa...", pobre da pessoa que diga "pois realmente tens razão, ele é isto e aquilo"...ui....viro um bicho, era o que faltava... ;)

    ResponderEliminar
  6. Exatamente! Também vejo as coisas assim.

    ResponderEliminar
  7. Eu até aceito bem que me digam os meus, é uma questão de evolução. :)

    ResponderEliminar
  8. tal e qual! sempre disse isso! às vezes queixava-me da minha irmã, mas se alguém se atrevia a fazer um comentário, eu passava-me logo! isso é que não!

    ResponderEliminar
  9. Subscrevo inteiramente!
    Eu viro onça se tocam (ou falam) nos "meus"
    :-))

    ResponderEliminar
  10. Depende do que é "dizer mal"... mas entendo que em 99% dos casos ninguem goste de ouvir dizer mal dos seus!

    ResponderEliminar
  11. Concordo, é algo a que só nós temos direito.

    Big Kisses

    ResponderEliminar
  12. a realidade é que demonstras ser um bocadinho imatura quando contrariada e a tua reactividade torna-se desproporcional à situação, mas eu acho isso genuíno da tua parte embora devas melhorar claro...

    ResponderEliminar
  13. Siga pa bingo que linha já fizeste
    kis :=)

    ResponderEliminar
  14. Concordo!!!! E não só a família de sangue mas também a família de amigos. Ai de quem os venha criticar, mesmo que até concorde :p

    ResponderEliminar
  15. S*, vendo livros de Direiro do primeiro ano da FDUC a partir de três euros (livrosfduc@hotmail.com). Se puderes divulgar agradecia imenso :)

    ResponderEliminar
  16. POis.. custa imenso dizer mal de quem amamos!

    ResponderEliminar
  17. Depende. Se eu souber que estão a apontar um defeito que existe mesmo não me sinto no direito de atiçar as garras. Reconhecer os defeitos dos nossos é um dos principios fundamentais para os aceitar-mos como são e se sabemos que os outros também têm consciência desses defeitos não podemos exigir que os ignorem.

    ResponderEliminar
  18. O Olhar do Lobo, nem vou adiantar discussão. Deves esquecer-te de que vieste insultar para o meu blogue. Amnésias.

    ResponderEliminar
  19. Está visto que é uma frase das mães:):):)

    ResponderEliminar
  20. Eu concordo plenamente com a tua mae :D

    ResponderEliminar
  21. Toda a lógica. Quando somos nós a "falar mal" da nossa familia é mais um desabafo, porque ninguém os ama como nós. quando são os outros há sempre maldade, e ninguém gosta de ouvir falar mal de quem gostamos

    ResponderEliminar
  22. Acho que somos todos assim. Quanto mexem no que é nosso, o caldo entorna.

    ResponderEliminar
  23. Cara S*,

    Fico contente por ver que melhoraste o teu poder de encaixe, é algo bastante útil no dia a dia, quanto a insultos estás enganada, sou educado por natureza, até quando confrontado com fauna da pior espécie...

    ResponderEliminar
  24. O olhar do lobo, olha que eu tenho os comentários guardados... :)

    ResponderEliminar
  25. Isto é tão verdade! Se tem defeitos, têm! mas só eu é que posso enumerá-los!!!

    ResponderEliminar