terça-feira, 13 de março de 2012

Odiozinho de estimação

Restaurantes com doses mixurucas, diminutas, que nem servem para aperitivo.

Eu como bem, é um facto, não me contento com duas folhas de alface e com uma batatinha. No entanto, a questão nem é essa... Se vou pagar e vou, ao menos que coma como deve ser. Escusam de deixar o prato atafulhado, também não é preciso tanto, mas gosto de ser bem servida. É um dos meus critérios de selecção, na escolha de um restaurante. Gosto de ser bem servida.

23 comentários:

  1. Por acaso ha restaurantes em q por muito pouco que sirvam no prato a quantidade parece sempre a mais acertada pois ficamos bem! =)

    maria

    ResponderEliminar
  2. Também me irrita, não é que goste de ver o prato a abarrotar, mas acho que tem de haver um equilíbrio, por muito que goste de minimalismo em certas áreas, na culinária nem por isso.

    ResponderEliminar
  3. Pior mesmo é comer pouco e pagar um balúrdio. Isso é que eu fico pirursa.

    ResponderEliminar
  4. Também sou assim, por acaso aqui na zona só me aconteceu isso uma vez!! :) kiss

    ResponderEliminar
  5. Concordo. Um prato atolado não, mas que tenha o suficiente para uma pessoa achar que valeu o dinheiro.

    ResponderEliminar
  6. Acabaste de excluir 90% dos restaurantes 5* e 80% das possibilidades gourmet! :)

    Eu também não gosto de uma dose mal servida, mas há restaurantes que exageram no tamanho (extra) dos pratos. Nós comemos demais para aquilo que efectivamente precisamos e quanto mais comemos mais queremos comer, por isso acho que é uma questão de hábito.

    ResponderEliminar
  7. Eu sou daquelas pessoas que não come carne e raramente come peixe, por isso gosto á daqueles restaurantes em que não ficam a olhar para mim quando só peço uma salada e uma travessa de arroz. :)

    ResponderEliminar
  8. Sabes que um prato pouco cheio (ou quase vazio) é mais chique xD
    Brincadeiras à parte, é verdade que há restaurantes que exageram. Há aqueles que comes pouco, mas também pagas pouco. Mas também o inverso, como disse a Miss Lizzie, em que comemos pouco e pagamos uma pipa de massa.
    Por isso é que prefiro sempre ir aos restaurantes mais simples, daqueles quase tipo tasca. A comida é sempre óptima e fome não se passa.

    ResponderEliminar
  9. Nunca ouviste que o que está a dar é a cozinha de fusão? Acho que o lema é menos por mais lol!!

    ResponderEliminar
  10. Risos... esses restaurantes, o conceito, é a apreciação pela degustação dos pratos dos grandes Chefes. ;)

    ResponderEliminar
  11. Então de certa não gostas do serviço a francesa... ahaha, sempre uma porção diminuta. Tu irias de certa gostar da mesa brasileira, sempre muito bem servida e variada.

    ResponderEliminar
  12. Nem parece coisa do Norte do país onde por habito se come sempre bem(muito e bom).
    Quanto aos Gourmet como disseram as doses são mais que suficientes para no final nos sentirmos satisfeitas.

    ResponderEliminar
  13. Ana, nem toda a gente come o mesmo... o que me satisfaz a mim não é suficiente para o namorado, por exemplo. :)

    ResponderEliminar
  14. Esses restaurantes têm um conceito diferente porque basicamente vais lá não para comer mas para degustar. Eu também não gosto, sinceramente, gosto de comer bem.

    ResponderEliminar
  15. Do ponto de vista do restaurante a coisa faz sentido. Por norma eles comem uma boa dose do dinheiro que levas na carteira em relação à proporção da dose.

    Eu acabei com a finesse, só como em restaurantes que servem em tachos.

    ResponderEliminar
  16. Esse é o meu critério de selecção em tudo!

    ResponderEliminar
  17. A partir do momento em que não comemos muito, o estômago tem tendência a "obedecer-nos" e acaba aos poucos e poucos por ir pedindo cada vez menos. E esse menos quase sempre é a dose ideal para nos mantermos satisfeitos, saudáveis e porque não dizê-lo elegantes :)
    É mesmo uma questão de hábito. Eu faço-o desde sempre.
    E não deixo de comer doces e a comida tradicional portuguesa que adoro, só que perco o apetite quando o prato ou a travessa vem a abarrotar.

    http://amanhecertardiamente.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  18. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  19. Há uns anos pedi uma tosta mista num café.Apareceu-me à frente uma tosta com uma metade de uma fatia de pão de forma...cortada ao meio....como tinha 15 míseros anitos,não protestei.Se fosse hoje,armava logo uma algazarra!!!

    ResponderEliminar
  20. Eu em casa como pouco, mas quando vou almoçar/jantar fora gosto de comer bem :) Sou como tu, já que vou pagar e gastar dinheiro é para ser bem servida. Se quisesse comer pouco comia em casa que até sou boa cozinheira :)

    ResponderEliminar
  21. e quem não? eu tb sou rapariga de comer bem nada de batatinha e folhinha de alface isso é para os finnesses
    kis :=)

    (tem um post no meu humilde casebre que deves gostar)
    kis .=)

    ResponderEliminar
  22. depende muito de restaurante para restaurante. há deles em que uma dose dá para mim e para o meu namorado.

    ResponderEliminar