sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Cineasta


Era a profissão ideal para mim. Faço imensos filmes. Vejo coisas onde elas não existem. Vejo sentimento onde ele não existe. Os meus olhinhos vêem amor em todo o lado. Sonho acordada. Passo o dia a imaginar situações, diálogos e emoções.

Faço a festa, atiro os foguetes a apanho as canas. Tudo sozinha.

31 comentários:

  1. E já somos duas... Join the club!

    ResponderEliminar
  2. Bom dia S*,
    então somos duas sonhadoras!!
    Abraços grandes
    com carinho
    Sairaf

    ResponderEliminar
  3. Bom dia S*,
    então somos duas sonhadoras!!
    Abraços grandes
    com carinho
    Sairaf

    ResponderEliminar
  4. Antes também fazia muitos filmes, agora faço menos...mas continuo a sonhar acordada, demais.

    ResponderEliminar
  5. Lado errado da janela. Em vez de realizadora devias ter ido para actriz. O realizador trabalha sozinho, toda a actriz tem um actor com quem contracenar, mas é bom fazer filmes, sonhar acordado - o pior vem depois quando a nuvem da realidade vem tapar o Sol. Mesmo assim continuo a preferir acreditar nos sentimentos, mesmo que até lá tenha de continuar a apanhar as canas sozinho.

    ResponderEliminar
  6. Ainda agora falava com uma amiga sobre esses sonhos que sonhamos... não nos levam a lado nenhum, só nos fazem acreditar em coisas que não são nada assim... bjs.

    ResponderEliminar
  7. Se precisares de uma argumentista ajudante avisa ;)

    ResponderEliminar
  8. argumentista era de facto uma profissão para mim... diálogos imaginados, filmes, novelas.Só não tenho jeito para aquelas mini-series de 3 ou 4 episódios, onde fica sempre tanto para fazer e dizer. Para longas metragens sim.
    Por isso, percebo-te bem! Até cansa o cerebro, não é? :)

    ResponderEliminar
  9. isso é que é polivalencia....


    :P


    beijoquinhas

    ResponderEliminar
  10. Gostei muito, mas mesmo muito do texto, do que transmitiste, porque:
    1- muito directo
    2- muito claro
    3-muítissimo divertido
    4- trambém sou assim

    ResponderEliminar
  11. ainda vais a tempo de seguir esse rumo :) ou entao fica-te pelos filmes que fazes da tua vida, que esses dao sempre trabalho =P

    ResponderEliminar
  12. agarra na câmara e mãos-à-obra!

    ResponderEliminar
  13. e entao? ja que ninguem faz a festa por nós, fazemos nós sozinhas :D

    tenta escrever um guiao, quem sabe nao encontres alguem interessado :P :)

    beijinho

    ResponderEliminar
  14. Oi
    Também sou desse modo, não sei o porque. Mas gosto de ser assim, acredito que tu também.
    Isso me faz ser mais feliz, a cada dia e instante.

    Beeijo

    ResponderEliminar
  15. Bom, os cineastas não trabalham sozinhos. E um dia, vais ver que arranjas alguém para fazer filmes contigo :-D

    ResponderEliminar
  16. ehehe olha que isso é bom... :) ainda não se paga impostos por sonhar :) ♥ Dá um espreitadela na minha colecção do "Dia dos Namorados". Bjinho ♥

    ResponderEliminar
  17. Penso que todas nós, mulheres, nascemos com uma veia (pelo menos uma) de cineasta, que nos faz fazer filmes, até quando não há argumento!
    Está-nos no sangue e não há nada a fazer xD

    Beijo*

    ResponderEliminar
  18. A tua obra-prima cinematográfica seria, nada mais nada menos que a tua vida :)

    ResponderEliminar
  19. Faz os filmes que te apetecer! É muito bom para animar os dias e as noites. Depois, quando quiseres e puderes, podes pôr em prática o enredo sem pensares duas vezes!
    :-)Bjnhs

    ResponderEliminar
  20. Thank God for dreamers! Que seria do mundo sem eles

    ResponderEliminar
  21. Eu também sou assim! E acho que esse é o meu pior defeito. Pelo menos é o que me magoa mais.

    ResponderEliminar
  22. Não diria mais. Nem melhor. Sou tudo isso e mais alguma coisa. Pensei que passasse com a idade mas começo a achar que não...

    ResponderEliminar
  23. Como eu te compreendo!!!
    Dava jeito um antídoto...Isto por vezes cansa!!

    ResponderEliminar