Avançar para o conteúdo principal

Insta last MONTH

Eu antes fazia um apanhado das fotografias do Instagram todas as semanas... Mas agora a vida é tão repetitiva que não se justifica. Fica então um apanhado do último mês, que é o que faz mais sentido!

Antes da entrada em 2021, um registo dos cães da família. Na frente, o louco Tufão. Depois, a velhota Rosinha. O trio negro completa-se com a Bina, que é a cadela mais doce de sempre. O branco, claro, é o meu Pirata. 

Aquela cumplicidade com os animais que tanto orgulho me provoca.

No início do novo ano, ainda tivemos direito a um passeio de bicicleta a quatro. Traumatizante, só vos digo. Birras e ciúmes com fartura!

A primeira manicure caseira. Foi óptima a intenção. Consegui manter o tom vermelho durante duas semanas, depois mudei para rosa/nude... E entretanto fiquei com o miúdo em casa e roí as unhas todas. Paciência!

Aquele que está sempre ao meu lado.

Seja para estar no sofá, seja para caminhar... Sempre juntos.

O meu rapaz. Já se nota que começa a ficar mais aborrecido por não usufruir dos jardins, dos parques, da praia... De tudo aquilo que, nunca situação normal, faz parte do seu dia-a-dia.

Ah, na cama também nunca estou sozinha.

Para a semana voltamos ao teletrabalho com este ratinho colado a mim. Desejem-me muita sorte e, acima de tudo, carradas de paciência.

Bom fim-de-semana, malta!

Comentários

  1. As sapatilhas são novas? Resiste às compras e faz te mulher

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas o que raio tem a ver com o meu calçado e se é novo ou velho?? Pago as minhas contas sozinha.

      Eliminar
  2. O Rafael está muito bonito.

    ResponderEliminar
  3. O Rafael está muito bonito.

    Eu sei que vão já começar com os comentários do costume, mas o que vou dizer é apenas a minha opinião.
    Não gosto nada, mas nada, de ver os animais de companhia em cima dos lençóis onde depois se vai dormir.
    Mantas, cobertores está tudo ok, porém, lençóis onde eu durmo é outra questão.

    As patas dos nossos bichinhos ainda não andam pelo ar, portanto, eles vão à rua, pisam aqui e acolá... e depois levam tudo para casa, já se sabe.
    Não me venham com a conversa de que são asseados e tomam banho, etc e tal,
    Também tenho e sempre tive animais, mas é a realidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respeito totalmente. Entendo e até concordo... Mas vivo de forma diferente. Nunca partilhei cama com nenhum cão, mas este é diferente, é o meu primeiro cão de apartamento e admito que quebrei muitas barreiras por ele. Passo a vida a lavar lençóis, mas gosto deste mimo.
      :)

      Eliminar
  4. Como é que o anon reparou nas sapatilhas?? Tive que fazer scroll para reparar no pormenor...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai Deus. Coisas que me ultrapassam.

      Mas se quer saber, são novas, são. Baratuchice da MO, 25 euros. Compre online, que na loja já não pode. :D

      Eliminar
    2. As lojas físicas MO estão fechadas. Tem mesmo que ser online

      Eliminar
    3. Tenho um bulldog francês e anda por toda a casa, é um cão de companhia, sai 2x ao dia mas se há uma regra cá em casa é que ele tem o espaço dele, onde dorme, onde se embrulha, mas no meu quarto nem se atreve a ir para a cama e muito menos meter-se nos lençóis. Acho simplesmente falta de higiene e nem o argumento de lavar lençóis e mantas justifica de se se deitar na minha cama. Nesta altura de confinamento, tenho feito algumas comparas on-line porque embora esteja em tele-trabalho há vezes que tenho de sair e sinto-me melhor como "se fosse normal" vestir algo novo. Contenho-me e procuro boas marcas para puderem durar além da pandemia. Quanto o Rafael está enorme e nota-se a cumplicidade com os primos e animais. De resto, unhas e maquilhagem dispenso.. tenho que fazer respirar a pele e por casa uso fatos de treino que tinha e pouco usava, para fazer tudo de forma confortável. Há links que ajudam a manter os filhos entretidos sem a presença de pais.. Compreendo que te mimes.. A única coisa das fotos que me chocam é ver um cão numa cama... jamais o permitiria!

      Eliminar
    4. Faz você muito bem. Entendo perfeitamente o facto de não se querer cão na cama... Mas como é a minha cama e a única que lá dorme sou eu... As regras são outras. :) Entendo, concordo, mas faço diferente!

      Eliminar
  5. Que continues a guardar e a partilhar momentos :)

    ResponderEliminar
  6. Sinceramente, não sei como aguentas alguns dos teus anónimos. Gabo-te a paciência. Beijinhos e bom confinamento

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em comentários de alguns posts até concordo consigo, contudo, aqui não é o caso.
      Nesta publicação não vejo quaisquer comentários desrespeitosos, negativos ou fora de contexto.
      As pessoas apenas deixaram as suas opiniões.
      Exceptuando a alminha que falou das sapatilhas... mas esse é claramente um comentário de alguém que quer apenas “picar” porque sim,
      De resto, as duas pessoas que falaram que não gostam de ver os animais nos lençóis da cama... não vejo aqui falta de respeito nem nada que se pareça.
      Aliás, sou mais uma pessoa que também não deixa o seu cão dormir ou estar nos lençóis da cama.

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.