Avançar para o conteúdo principal

Mimalha

No início de uma semana que promete ser do caraças por muitos e variados motivos... E que começou com um stress imenso, com ansiedade, nervosismo... 

... Ainda por cima ajudando pequenos negócios da cidade. Neste caso, a Kotka...

... E para variar das discussões sérias (e muito válidas) que o post anterior gerou...

(fotografia da loja)

Bem... Não é que precise de motivos... É mesmo só porque eu quero e mereço. 

Boa semana. Projetam-se e protejam os vossos.

Comentários

  1. Nesta altura de pandemia não precisamos de tanta tralha nova, mas tu lá sabes...
    Eu em 2020 não usei metade da roupa/calçado/acessórios que tenho... e 2021 já vai pelo mesmo caminho.
    Falo por mim claro, mas sei que não sou a única.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As pessoas encontram conforto em diferentes coisas. Não há nada de mal nisso. Em tempo de pandemia também devíamos ter mais pudor em apontar dedos e julgar os outros. Eu conforto-me diariamente em chocolate, a S* encontrou conforto numa peça nova. Talvez esta peça nova lhe tenha dado esperança em tempos diferentes, dias mais livres e de passeio.

      Eliminar
    2. Eu usei tudo, porque voltei ao trabalho a 18 de Maio e estive sempre a trabalhar 'normalmente' desde então... A realidade não tem sido igual para todos... :)

      Eliminar
    3. Estou como a S*, não noto que tenho usado ou comprado menos coisas em 2020. Após o confinamento de março e abril voltei a fazer a vida normal - com as devidas restrições, claro, mas saía de casa todos os dias.

      Eliminar
    4. No trabalho uso uniforme e passeios não há com a pandemia, por isso, no meu caso muito menos compras.

      Eliminar
  2. Vi este post e lembrei-me: O que será feito da Pepa? A outra da mala. 😂
    Lol eu tenho sérios problemas...

    Já agora ó S*, já usaste a echarpe da promoção do outro dia? 😹 desculpa, não resisti!
    Daqui a pouco estão aqui as defensoras e ofendidas da Sónia a atirar pedras.
    Uma pessoa já conhece tão bem o fado que até já incendeia na caixa de comentários de propósito. 🤣🔥

    Olha, fizeste bem, um miminho sabe sempre bem.

    ResponderEliminar
  3. essa bolsa é bem gira... preço?

    ResponderEliminar
  4. Um miminho é sempre bom. O pior é que esses miminhos ocupam espaço e custam €.
    Aos 20s tinha estipulado uma determinada quantia de mimos por mês. Sabia tãaaaaaaao bem.
    Agora? Perdeu a piada.
    Nesta fase só peço um "mimo": ir a casa dos meus pais, sentir o ar puro e a liberdade da minha terra. :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aos 20s também comprava várias malas/carteiras, muitas coisinhas...
      Agora a meio dos 30s prefiro apostar em malas melhores, em peças melhores de joalharia e menos bijuteria.
      E também sinto, mesmo, falta da liberdade de verdade e de viajar.

      Eliminar
  5. 25 euros uma mala dos chineses??? Nem dada! Só tens lixo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lixo é o seu comentário.

      Eu acho que a S* compra muita bugiganga, mas o dinheiro é dela e o gosto é pessoal.
      Daí a dizer que “só tens lixo”...
      Dispare o seu azedume para si!

      Eliminar
    2. Já estou habituada a estes mimos. Não posso comprar nada, bom ou mais fraco, que recebo sempre os comentários do costume...

      Eliminar
    3. Sim porque as malas caras são boas porque são caras 🙄🙄

      Muitas até nem usam o mesmo material e a metodologia da subcontratação para vender malas dos 100€-2000€ mas depois o material é de origem duvidosa e o tipo de condições laborais anda nos níveis de mundo subdesenvolvido...

      Vocês vivem debaixo duma rocha e passam-vos ao lado os escândalos das malas de luxo??

      Eliminar
    4. anonimo das 15:15, nao foi nada disso que se disse. Se no seu caso so compra malas entre 100€ a 2000€ entao claramente está completamente fora do seu contexto, eu explico: pode comprar malas nos chineses e na feira, que são entre os 5€ os 15€. essas são de fraca qualidade, estragam-se mais rapidamente e ve-se perfeitamente pelos acabamentos que são más. Se for por exemplo a uma Parfois ja tem malas de 25€ que são muito melhores que as dos chineses e vê-se bem a diferença. E depois terá outras marcas acima, até aos 100€ em que a qualidade ainda é melhor e vê-se.

      Portanto concordo consigo que malas de 100€ a 2000€ não têm diferença na qualidade. Mas malas de 5€ a 100€ têm bastante diferença e foi isso a que o primeiro anonimo se referia ao querer dizer que era uma mala baratucha dos chineses.

      PS: Não faço ideia se é ou se não é, e obvio que o primeiro anonimo foi mal-educado. Só estava a tentar explicar a ideia

      Eliminar
  6. Às vezes também temos de nos mimar ☺️☺️

    ResponderEliminar
  7. Fizeste muito bem! E é muito gira


    E confesso que estou meio chocada com a quantidade de 'anónimos' que vieram aqui comentar só para criticar e ofender. Não sabia que compravas coisas com o dinheiro dos anónimos ahah. Que gente triste.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.