Avançar para o conteúdo principal

Last days

Estou numa fase desafiante da minha vida. Mas finalmente mudei o 'chip' e, por isso mesmo, estou tranquila e determinada quanto ao futuro. Por agora, têm sido dias de sol, com muitos bons momentos.

Nenhuma descrição de foto disponível.
Trouxe croissant do Lidl para o lanche. Mas ao menos vou acompanhar com chá detox. 
Coerência acima de tudo.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e ar livre
Sebastião Salgado no jardim marginal da nossa cidade. Quinze minutos depois, esta juba de leão foi à vida.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e criança
Esplanadar - provavelmente a minha actividade favorita.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e ar livre
Há quem desfile na passerelle. Nós desfilamos pela vida fora. 
Viana não teve Romaria d'Agonia, mas gente não faltou...

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e grande plano
Sentir as Festas d’Agonia.

A minha pequena sorte grande.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, mesa e interiores
A guardiã. A minha mais velha e - definitivamente - mais especial.

A imagem pode conter: cão e ar livre
Parceiro de caminhadas nocturnas. Passamos horas por semana a caminhar... Vá, pelo menos umas 3 ou 4 horas!

Os nossos convívios continuam muito reduzidos a família e ar livre. Mas tem sido muito bom!

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Sónia Silva Sá, criança e ar livre
Ontem fomos ao Zoo de Santo Inácio. Crianças felizes, pais felizes!

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e sapatos
Esta fotografia tem duas horas. Meu companheirão. Passamos cada vez melhores horas juntos. :)


Comentários

  1. Sim, ja sei que nao olhas para todos os animais da mesma forma mas so queria dizer que concordei a 100% contigo no post sobre o gato, em que defendias que animais felizes sao animais livres. Por isso nao consigo compreender como é que levas o teu filho a uma prisao de animais.
    Defendes uma coisa e praticas outras. Acho que devias repensar na mensagem que queres passar ao Rafael - ou os animais sao amigos e merecem respeito e liberdade ou estao aqui para nos servir.
    Zoos, circos, touradas, zoomarines , fotos com tigres e cobras, passeios de camelo e burro, etc etc sao exploraçao animal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque pode ser ingenuidade minha, mas não ponho tudo no mesmo saco. O Zoo onde fui é amplo (obviamente que nunca amplo o suficiente para leões, tigres e chitas), especialmente para os cães da pradaria, os animais da quinta... Não sendo o ideal, entendo o seu propósito. Não posso, de todo, aceitar comparações com touradas, que matam animais. Fotos com tigres, cobras, passeios com animais são pura exploração animal, sim. Sei bem que os zoos não são o ideal para os animais, mas não comparo com essas situações que referiu. Vi animais bem cuidados, bem alimentados, 'soltos' na medida do possível. Se deveriam existir zoos? Não, à partida, não. Mas acredito no 'olhos que não vêem, coração que não sente' e sei que os zoos pretendem chamar a atenção para a existência destes animais e angariar fundos para os mesmos.

      Eliminar
    2. Percebo perfeitamente com o ponto do Anónimo, mas tenho de concordar com a S. Certamente que existem Zoos que não são bons e onde os animais são explorados e isso é deplorável. Mas existem vários Zoos que são a salvação de várias espécies animais (como os Pandas ou os linces) e o Zoomarine é um óptimo exemplo nacional, porque eles salvam várias espécies em perigo devolvendo-as de novo ao seu habitat natural. Não deixa de ser um negócio, é claro, e eu pessoalmente também não gosto de ver os espectáculos com golfinhos ou araras, faz-me confusão. Mas devemos ter o cuidado de não meter tudo no mesmo saco.

      O mundo está diferente e isso significa que nem tudo pode ser deixado no seu habitat natural, uma vez que os mesmos nem sempre existem hoje em dia. Tal como um cão é mais feliz numa casa sem as portas sempre abertas do que deixado ao relento, os pandas e as focas também podem ser mais felizes num Zoo com boas intenções.

      Eliminar
    3. Anónimo das 12:08, percebo o quer dizer mas não concordo.
      O zoomarine nunca pode ser um orgulho nacional se em nome da preservação de espécies, explora outras.
      Para se salvar uma tartaruga que ficou ferida com plásticos, vamos sacrificar 10 golfinhos e condená-los a uma vida de abusos e confiná-los a uma piscina minúscula que em nada representa as distâncias percorridas diariamente no seu habitat natural?
      Acho que uma coisa não justifica a outra.
      Depois, como é que podemos distinguir os zoos "bons" dos maus? O que é ser bom? Dar comida e um teto a um animal? Assim voltamos à conversa anterior em que a maioria concordou que um animal precisa muito mais do que comida para ser feliz.
      Eu não concordo mesmo nada com a existência de zoos e zoomarines e oceanários, para mim são tudo prisões de animais.
      Infelizmente já visitei alguns (em criança, com a escola) e não acho de todo que seja educativo mostrar às crianças que os animais para estarem "bem" têm que estar em jaulas.

      Eliminar
    4. Na realidade, o Zoo de Santo Inácio ajuda na conservação de espécies e não tem espectáculos de exploração animal - https://zoosantoinacio.com/zoo/

      Eliminar
    5. Do que li, os "espectáculos" eram alimentar os leões, alimentar os pandas vermelhos... Ou seja, o tratador alimentava e o público assistia. Vimos o espectáculo das aves, onde traziam uma ave durante uns dois ou três minutos, solta ou a voar, para a apresentarem. Não fiquei minimamente incomodada com nada. Admito que, por exemplo, ver ursos no zoo de Lisboa já me pareceu excessivo, porque a área não era grande para um animal daquele porte. No geral, o Zoo de Santo Inácio é o que me parece reunir melhores condições. Muito menos animais, mais área...

      Eliminar
  2. Estiveste pertinho de mim quando vieste ao Zoo Santo Inácio ;)

    ResponderEliminar
  3. Também estou numa fase semelhante na minha vida. Custou perceber mas agora, depois da decisão tomada, sinto-me muito melhor. Eu sabia o que devia fazer mas faltava-me ação, até que ganhei coragem...
    Que corra tudo bem contigo!

    ResponderEliminar
  4. Tão bom quando chegamos a essas fases tranquilas e que nos deixam de bem com a vida. 😊 Nada como aproveitar.

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.