Avançar para o conteúdo principal

Das Conquistas

Hoje é o último dia de creche do meu rapaz.

Andou dois anos numa escola que só me consegue roubar elogios. Três turmas (1, 2 e 3 anos), mas apenas cerca de 30 ou 40 alunos. Ambiente familiar. Muito mimo. Muita cumplicidade. Desde a primeira semana que o meu filho adorava ir para lá. Nunca reclamava, nunca recusava - um dia ou outro pedia para ficar em casa, mas chegava sempre contente à creche. Confiava a 100% na educadora e nas auxiliares. Sempre o vi alegre, bem disposto, bem tratado, acarinhado. Não podia pedir mais.

Apesar de reconhecer que é uma criança muito apegada ao pais (em alguns momentos, demasiado...), o que é perfeitamente normal, gosto de perceber que o meu Rafael é uma criança que confia e que é confiante. Fica perfeitamente bem em qualquer um dos avós e nos tios. Gosta de ficar a dormir na casa das outras pessoas - embora o faça muito poucas vezes. Esteve três meses sem ver o avô paterno e, logo que o viu, pediu para ficar em casa dele. Fica bem, fica tranquilo e seguro. É aquilo que mais me satisfaz, porque nunca quis ter um filho agarrado às saias da sua mãe (ou às calças do seu pai). 

Já sabe que daqui a duas semanas vai entrar numa nova escola e está entusiasmado. Certamente que, no dia, vai ter receio e vai custar-lhe, mas sei que vai correr tudo bem. Afinal, costumo sempre dizer-lhe "tu consegues tudo". E consegue. Basta esforçar-se e acreditar.

Comentários

  1. Esse número de alunos não é o normal? Na creche da minha filha também há a sala do 1 ano, dos 2 anos, dos 3 anos e cada uma só tem um máximo de 10 crianças. Acho que é mesmo obrigatório que as salas dos mais pequenos tenham um número reduzido de crianças (o berçário ainda mais).

    Boa sorte para a escola nova! A minha vai ficar em casa connosco no inverno (tem 1 ano e meio), só regressa na primavera do próximo ano (está sem ir desde março).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que não é normal?? Se falarmos de 30 ou 40 alunos, podem ser os tais 30, 10 por turma... Mas claro que depende do espaço de cada sala. O Rafael acho que teria uns 10 colegas na sala dele, daí eu assumir que exista igual número nas outras salas... Mas, desde que respeite o número de educadores/auxiliares para o espaço existente, não me parece que existam impeditivos de haver mais do que uma dezena de alunos por turma.

      Boa sorte também para essa fase mais caseira. Para os mais pequenos, acredito ser mesmo o melhor. :)

      Eliminar
    2. Eu quis dizer que 30 alunos para 3 turmas seria o normal, como dizias "apenas" parece que achavas pouco ou que era diferente nessa creche das outras!

      Eliminar
    3. Na verdade penso que o limite de cada turma, no caso de ser IPSS, difere consoante a idade das crianças. No caso da minha filha, sala dos 1 anos, tinha 12. Agora vai para a sala dos 2anos e o limite aumenta para 14 ou 16. Tem 2 auxiliares e 1 educadora. Claro que quanto menos meninos mais disponíveis os adultos estarão...

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.