Ser Criança

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado

Não sendo eu uma mãe extremosa, sou uma mãe que coloca o bem-estar do meu filho em primeiro lugar e que pouco se importa com o "estar bonito".

E porque me lembrei eu disto?

Porque fico verdadeiramente impressionada com a quantidade de crianças vestidas de forma "instagramável"... Mas pouco prática. O meu filho fez dois anos há poucos dias. Tem imensas calças de ganga, calças de tecido mais firme de cores diversas, tem algumas camisas e alguns pólos... Mas acabo sempre por lhe vestir calças de fato de treino, calções e camisolas ou t-shirts de algodão. Ele está numa fase em que só quer brincar, ir ao parque, atirar-se para a relva, atirar pedrinhas na praia... Vesti-lo diferente para quê? Só para agradar os meus olhos?

Ele adora comer, mas não é propriamente uma criança super limpinha e coordenada. Adora beber sozinho, mas entorna sempre um bocado por ele abaixo. 

Faz-me sempre alguma confusão. Não tenho nada contra, mas questiono-me sempre sobre os motivos de ver meninos e meninas pequenos com roupas tão "rebuscadas". Os botões não me parecem nada práticos e, em bebés, faz-me uma confusão danada. Muito menos colares, ganchos e brincos nas pequenas... Que podem ser tão perigosos (a coordenadora técnica da creche onde anda o meu pequeno está sempre a alertar para o perigo de ganchos no cabelo e dos brincos nas orelhas). Se estas roupas têm algum mal? Óbvio que não. Mas não as compreendo bem. 

Gosto que a minha criança seja criança. Que se atire ao chão, que fique com as unhas todas sujas de andar na terra, que ande livre e divertido. Que seja Feliz!

A imagem pode conter: 1 pessoa, a sorrir, sentado, criança e closeup

PS: Este post não é uma crítica, é mesmo um questionamento.

Comentários

  1. Não tenho filhos, mas como eu gosto de andar bem vestida acho que se tivesse também ia pelo menos tentar que os meus filhos andassem com roupas mais "rebuscadas" como dizes. Mas isto é porque eu gosto de golinhas, lacinhos, vestidinhos, jardineiras, fofos, etc. Gosto mesmo de ver miúdos assim, acho muito fofo. No entanto, concordo contigo pois acho que é muito mais confortável para eles andar de fato de treino. Acho que os mandaria para o infantário mais confortáveis mas noutras situações talvez lhes vestisse as roupas bonitinhas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Evidentemente. Eu também visto calças de ganga e camisas ao meu pequeno de vez em quando. :)

      Eliminar
  2. E por falar em julgar as escolhas dos outros... *rolling eyes*
    (Chama "questionamento" chama... No post anterior, os comentadores também só estavam a "questionar"!)

    ResponderEliminar
  3. Gosto muito de vestir a minha filha de modo bonequinha, mas sinceramente é muito mais pratico vestir de outro modo. Deixo a na creche toda boneca mas quando a vou buscar já está toda suja, despenteada e nada composta...
    O que me faz ainda mais confusão nesses looks que falas é ver pessoas a postar fotos dos filhos que nem frequentam creches, estão em
    Casa com avós ou babysitter mas que no entanto andam sempre com roupas impecáveis parece que as crianças vão sempre para uma festa

    ResponderEliminar
  4. Qual é a razão dos ganchos? :) Por aqui nada de brincos, colares ou pulseiras. E a escola não permite cachecóis ou écharpes por razões de segurança.

    Quanto à roupa, acho que todos os pais vestem os filhos com roupa que gostam de os ver. Mesmo tu, vestindo roupa confortável ao Rafael, deves ter algum gosto na escolha dessas peças e não a primeira que te aparecer à frente na loja. :D Por exemplo, eu também gosto de a vestir com roupa confortável mas sem grandes bonecadas por isso geralmente opto por peças lisas ou com padrões discretos. O sujar ou não sujar, acho que também depende dos pais: conheço quem não vista o filho “à Betinho” mas mesmo assim não o deixe livre para brincadeiras para não se sujar.:)

    Tété

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tété, os ganchos porque podem cair e bater com a cabeça e se os ganchos forem duros podem magoar a sério. Porque podem tirar da cabeça e picar outros meninos sem querer. :)

      Eliminar
    2. Interessante, nunca tinha ouvido falar. Eu não os acho práticos porque descaiem no cabelo, por isso geralmente vai de totós e pronto. Mas hoje por exemplo levou dois pequenos ganchos porque queria muito.

      Eu não aprecio ver a Mini-Tété de calças de fato de treino todos os dias. E leggings só mesmo no tempo quente. Ela usa muito jeggings ou calças de ganga que não sejam muito rígidas para de facto estar confortável.

      Tété

      Eliminar
    3. Tété, eu não tenho menina, logo não uso ganchos... mas estamos a falar de creche, crianças dos 1 aos 3 anos... uma criança mais velha já terá outro cuidado. Já um bebé pequeno, com ganchos, pode efectivamente magoar-se... ou pode perder o gancho e outro bebé meter na boca. :)

      Eliminar
    4. A minha filha com 3 anos engoliu um gancho de cabelo, e nem era mt pequeno. Felizmente correu tudo bem, mas para mim os ganchos reperesentam sim um enorme perigo.
      As crianças conseguem fazer coisas que nem imaginamos.
      Paula

      Eliminar
    5. Paula

      Obrigada pela chamada de atenção. De facto não é coisa que me passasse pela cabeça porque a Mini-Tété nunca foi de levar coisas à boca, nem
      mesmo em bebé.

      Tété

      Eliminar
    6. Pois a minha filha também nunca foi de levar nada à boca, mas naquele diz não sei o que lhe passou pela cabeça. A imaginação dos miudos é muito fértil. É-nos impossível prever sempre tudo.
      Paula

      Eliminar
    7. Quando comento no telemóvel é uma treta. Ora os comentários aparecem ou não, nunca sei. Ou dá mesmo erro ou vão para o spam. :D Ma bom, tinha respondido à S* ainda antes de responder à Paula e só um dos comentários passou.

      S*, pensei que estavas a falar de um intervalo de idades maior. Para mim pulseiras e colares em crianças da idade da Mini-Tété acho perigoso. Brincos depende do tipo. E lá está, a escola proíbe cachecóis mesmo nas crianças com 3, 4 , 5 anos...:)
      P.s. Eu também não estava a achar que punhas ganchos ao Rafael, ahah. Estava naturalmente a assumir que falavas de outras crianças - meninas - que vês.

      Eliminar
  5. A mesma máquina e detergente que lava o fato de treino, também lava jeans, pólos e camisas. O meu filho só usa fato de treino nos dias de ginástica. Para mim jeans e um pólo é do mais prático que há. O meu marido acha o mesmo, talvez por andar de fato todos os dias, mas jeans em é suposto ser mais "chique" que calças de fato treino? Não percebi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão não é lavar a roupa, é andar à vontade. Aqui em casa nenhum adulto usa fato de treino, eventualmente o marido ao fim-de-semana para ir caminhar. Mas o bebé é bebé, deve andar à vontade e não me parece que roupa rígida seja o mais confortável.

      Eliminar
    2. Vais desculpar mas hoje as gangas dos bebés não são rígidas.
      Enfim, é discutir o sexo dos anjos. Não há nada aqui para questionar ou compreender. Cada um veste o que quer ao seu filho e é algo que não afeta ninguém. Fala-se demasiado das opções dos outros, o post anterior foi um belo exemplo.

      Eliminar
    3. Anónimo, desculpe, mas há calças de ganga rígidas para bebés, sim. O Rafael teve algumas, que lhe foram oferecidas ou que nós compramos antes de pensarmos que não eram cómodas. Existem gangas suaves e até com elasticidade, mas continuam a existir gangas rígidas para bebés, sim.

      Cada um veste o que quer e eu opino o que quero. Não ofendi ou critiquei ninguém, apenas partilhei opinião. Existe uma grande diferença entre opinar e criticar.

      Eliminar
    4. A roupa do teu filho também é assim um bocado "à puto"... Essas t-shirts com desenhos sem qualquer significado made in China, muita bonecada, calças de ganga ou calções aos quadrados, tudo uma misturada de cores e padrões... Pode estar prático mas mais bonitinho e com bonecada menos foleira. Vê coisas do estilo nórdico! Claro que depois o gosto dos pais se reflete no que vestem aos filhos, daí muita gente optar por peças que tu não escolherias.

      Eliminar
    5. Anónimo, não tem vergonha de fazer um comentário tão pateta, a criticar a roupa de um bebé? :D O meu filho está sempre giro, porque é giro, alegre e saudável! Se você não gosta, feche os olhos e mude de página de blogue. Que disparate de comentário! :D

      Eliminar
    6. O teu filho é giro, mas roupa gira já é um conceito subjectivo.

      Eliminar
    7. Como mãe de um miúdo de 5 anos tenho a dizer que calças de ganga, camisa, pólos, sweats, t-shirts, camisolas, etc, são tão ou mais confortáveis que os fatos-de-treino que o meu filho só usa em dias de ginástica. Nunca ele ficou limitado ou deixou de brincar ou fazer o que quer que fosse pela roupa que trás vestida. Eu olho para ele e gosto de ver um puto giro e arranjado (vê os miúdos da Mayoral e vê o estilo que estou a falar) e vestido de acordo com a idade. Para mim quem veste fato-de-treino todos os dias com a desculpa do conforto é só desleixo e falta de gosto pelos filhos.
      Aquilo que tú chamas de prático eu chamo de falta de gosto e desleixo, a além disso nunca vi uma foto do teu filho onde ele estivesse vestido com roupa gira à miudo, por isso se queres que respeitem as tuas escolhas não critiques as dos outros quando tens telhados de vidro.

      Eliminar
    8. Anónimo das 15h14, desleixo? Oh minha senhora, poupe-me.

      Eliminar
    9. A sério que ainda achas que o teu filho é um bebé? Não tem já 2 anos? É uma criança!

      Eliminar
    10. S*, esse primeiro teu comentário é que foi um pouco disparatado e pateta, desculpa. Meio desajustado. O anónimo não criticou o bebé (nem que era giro ou não) criticou a roupa que lhe vestes. Em última análise, está a falar de ti, nunca do bebé. Não tem de ter vergonha. Sim, acho que foi demasiado acutilante, mas vamos lá ver, criticar roupa que és tu que escolhes, ofende o bebé onde? Por essa ordem de ideias, terias feito o mesmo às outras mães com o teu post. E não irás concordar que seja verdade, não é? Foste a correr defender, mas não era caso para tanto. Relax.

      Eliminar
  6. A minha filha só tem 4 meses e tem muitas peças de roupa gira que lhe ofereceram e que eu tento que ela use todas as semanas. Acho que são um meio termo entre andar só de body+babygrow e andar toda betinha, estando confortável na mesma. Tem casaquinhos de malha, fofos ou blusas que têm botões pequeninos, mas não me parece que isso cause algum desconforto (e só lhos aperto de manhã quando a visto ou ao final do dia quando lhe tiro essa roupa). No meio das pernas tem tudo molas para ser prático mudar a fralda. Tenho gosto em vê-la arranjada e não a parecer que anda de pijama o dia todo, tal como tenho gosto em usar essas roupas que ofereceram e mostrar à família e amigos fotos dela a usá-las, acho querido e lembra-me a atenção que essas pessoas tiveram connosco. Mas não lhe poria algo desconfortável só para "parecer bem", vejo-a sem se incomodar quando a visto ou quando se mexe e brinca, por isso não me parece que seja um problema :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão os botões é... a sua pequena rebola-se e passa por cima dos botões, pode não ser confortável. A sua pequena deita-se e tem botões nas costas, logo pode não ser confortável... O maior risco é perder um botão, ela apanhar e meter na boca. Daí se evitarem os botões. :)

      Mas sim, eu também gosto de ver alguns roupinhas fofas... só não acho prático!

      Eliminar
    2. São botões muito pequenos e normalmente ela tem alguma roupa interior por baixo de algodão, penso que não sente os botões quando está deitada e rebola. Ao contrário de por exemplo meias que às vezes vejo que fizeram marca nas pernas por o elástico apertar um pouco, os botões nunca vi marcados em lado nenhum. É verdade isso de algum se poder soltar, tento sempre verificar e estão todos bem presos, mas um dia pode acontecer um acidente, sim. É uma minoria de peças que os tem, mas ainda há algumas!

      Eliminar
  7. Já eu detesto ver os miúdos de roupa de fato de treino ou de roupa de "andar por casa". Quero que os miúdos andem confortáveis e se sintam bem, mas também não precisamos ser de extremos. Há muita roupa normal entre o "roupa de mini adulto betinho" e "roupa de fato de treino". Se eu não uso fato de treino no dia a dia porque não gosto, não visto nos miúdos. Acho foleiro e dá-me aquela impressão de que nem sequer se tentou ter os putos arranjados. Arranjados não quer dizer embonecados como se fossem à missa ou a uma festa. Também detesto ver miúdos com cores muito gerridas, misturas de cores... Há pais que vestem os filhos com cores e combinações de cores/estilos que as crianças parecem umas palhacinhas. Nem 8 nem 80. Práticos, confortáveis mas giros e vestidos com o mesmo cuidado com que nos vestimos a nós para ir ao trabalho, para sair. Não é porque são miúdos que não devemos ter esse cuidado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também subscrevo, existe um meio termo.

      Eliminar
    2. É isso mesmo! Eu própria, em miúda, andei sempre arranjada e isso nunca me impediu de correr, saltar, brincar na terra, andar de bicicleta, etc.
      Se me enfiassem constantemente em fatos de treino (que nunca tive em 28 anos de vida), tinha um desgosto! As crianças também têm brio e gostam de estar bonitas.

      Eliminar
    3. Exactamente e digo mais, quando compro fatos de treino/roupa de desporto para a ginástica do meu filho tenho o cuidado de não comprar alguns que parece que as crianças andam de pijama, e tem roupa de desporto super gira e usável em dias de "andar mais à vontade" ou a pedido do mesmo, que também gosta de andar sempre giro.

      Eliminar
  8. Concordo. O importante é o conforto.
    Quando era mãe de apenas um filhote ainda tive uma fase em que o vestia com "mariquices" e até trocava de roupa a meio do dia só porque sim. Agora?
    São dois miúdos (5 e 2 anos), mais roupa para lavar/passar/arrumar, quanto mais prático melhor. As mil e uma camisas que a avó insiste em comprar para os netos raramente saem do armário. Roupa pipi que a minha cunhada oferece, mal a usam. O mais novo tem roupa que fica perdida no armário, apesar de eu nem comprar grande coisa (só compro o que precisam).
    Quando brincam, desde que não se magoem (muito), podem brincar à vontade (com juízo). Se sujar ou rasgar... paciência!
    Roupa de "catálogo", naaaaa... deixo isso para as mães bloggers que ganham € com isso.
    E as calças justas para meninos? O meu mais velho pediu-me para não as vestir mais porque não acha confortável (só tem umas oferecidas). Usa fato de treino qdo tem ginástica, o resto dos dias roupas igualmente práticas e as tshirt da escolinha.
    Calças/calções claros só ao fim-de-semana/festas. Nesses dias gosto de vesti-los de igual e eles fazem questão (até as cuecas querem iguais!), mas sem exageros.
    Passado poucos meses a roupa "encolhe" e lá temos de investir novamente...
    SM

    ResponderEliminar
  9. Os meus andam quase sempre de fato treino. Acho que o mais velho tem apenas umas calças de ganga e outras de sarja (herdades de um colega), só as vestes para momentos diferentes e sob chantagem: "Não vestes, não vais à festa" !!!

    ehehhe, a roupa desde que confortável é o mais simples possível.
    Simples a vestir, simples a lavar e passar!

    ResponderEliminar
  10. Concordo que as crianças devem andar sobretudo confortáveis, mas não concordo que porque brincam muito e se sujam muito as crianças devam andar de qualquer maneira. Não sou nada dada a modas mas, tal como em mim, no meu filho a roupa também tem de ser confortável e as peças ficarem bem conjugadas.
    Se suja uma peça troco por outra que combine (ao colocar as roupas extra escolho peças que combinem com as que leva vestidas).
    Não sou de gastar dinheiro em roupas caras, mas gosto mesmo muito de ver o meu filho bem arranjado e por isso ao comprar tenho cuidado com cores e padrões (há peças que parecem giras mas que depois não se conseguem combinar com nada). E ele próprio já tem o cuidado de após se vestir sozinho vir perguntar se está bem assim.
    E o calçado também tem de conjugar com a roupa e até com as meias.

    Mas cada um anda e veste os filhos como quer. Não temos de "repreender" ninguém por isso, excepção feita aos pais que não deixam os miúdos brincar para não estragarem a roupa. Isso, para mim é parvo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente, podia ser eu a escrever este comentário

      Eliminar
  11. Eu não concordo, tenho um miúdo com quase 3 anos que vai ao parque, que se se suja todo e que anda sempre de calças de ganga, polos, camisas e assim. Não gosto de bonecadas, gosto de coisas mais sóbrias (no meu filho, nos outros é me indiferente :D). Calças de fato de treino só para estar por casa, gosto que ande sempre compostinho.

    ResponderEliminar
  12. Que optes por um estilo desportivo, ok, mas podias ser mais cuidadosa na escolha e na coordenação das peças.

    ResponderEliminar
  13. Acho que tem mesmo a ver com o gosto de cada um. Eu gosto de ver o meu filho de calças de ganga e camisa, mas se ele usa muitas vezes? Raríssimo. Ele tem 10 anos, está na escola o dia inteiro, num dia tem desporto, no outro joga futebol, no outro tem uma porcaria qualquer q tbm envolve actividade física... e ele pede-me para levar fato de treino! Simplesmente pq se movimenta melhor. E, francamente, há fatos de treino bem giros... Comprei umas skinny jeans e ele detesta o raio das calças, ahah!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Skinny jeans em miúdos é só brega.

      Eliminar
    2. Depende. O meu filho é magro e as calças estilo adulto ficam-lhe mesmo mal.
      Skinny jeans em rapaz ficam sempre ligeiramente largas, não são tipo leggings nas miúdas

      Eliminar
    3. Anónimo das 19:43 não vale a pena responder ao comentário das 11:02 e por isso é que não o fiz :) é gente que tem palas como os burros e não aceita mais nada senão a sua visãozinha do mundo. Beijinho no ombro

      Eliminar
    4. Aquele comentário passivo agressivo "é por isso que não o fiz", mas na verdade estou a fazer agora. Eye roll. Skinny jeans em crianças é chunga. Nada como o clássico regular jeans.

      Eliminar
  14. É tudo uma questão de gosto! Eu gosto de ver os bebés vestidos à bebé. Têm todo o tempo para se vestirem como adolescentes/adultos. Detesto abonecada, acho feio mesmo. Mas tenho plena noção que há quem tb ache feio a forma como eu visto... São gostos! Nem eu te convenço do meu estilo nem tu a mim do teu.... Passa por muitos padrões de estética que são pessoais... Mas além disso acho as peças únicas muito mais fáceis de conjugar do que duas peças (t-shirt+calças ou calções) e de mudar a fralda, também. Só abrir em baixo e está feito, nada mais prático. E de pegar ao colo sem ficarem com barriga à mostra e todos desarranjados. Uso e abuso de fofos e jardineiras porque por baixo vai sempre um body branco e está sempre bem, ou então sem nada no verão, que maravilha! Claro q ainda é pequeno. Mas detesto fato de treino e acho q não vou ser capaz. Há muitas formas de vestir confortável, mas também bonito, os tecidos das marcas boas não são rígidos e têm o conforto em atenção. Se me dizes que é cara esta forma de vestir, isso já concordo, é uma questão de andar à caça de promoções, nunca compro nada pelo preço original. Porque sim, é uma coisa que me dá gosto e me diverte, são gostos e prioridades! Obviamente sem nunca pôr a segurança em risco.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares