Born to be wiiiild!


Foi preciso chegar aos 30 anos de vida para comprar um casacão roxo.

Estou cada vez mais "tô nem aí" para os gostos alheios. Que bem que sabe!

Comentários

  1. O importante é tu gostares, não os outros :)

    ResponderEliminar
  2. "Estou cada vez mais "tô nem aí" para os gostos alheios."
    Porque é que está a assumir que as outras pessoas não gostam?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque não é um modelo assim muito consensual... corte oversize, roxo, com carapuço... eu gosto!

      Eliminar
  3. Não percebo. Então tu escreves que tens dificuldade em poupar, que é chapa ganha chapa gasta, mas depois gastas o dinheiro em roupa, lanches, jantares, verniz gel... Até já li aqui algures que todos os anos tens que ter um casaco novo no inverno. Não consigo perceber. Quem é, efectivamente, poupado não gasta dinheiro dessa forma.

    Alguém aqui escreveu que devias aprender a gerir melhor os teus gastos e é verdade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo, o casaco é uma PRENDA DE NATAL. Os meus tios deram o dinheiro para eu comprar uma prenda. No caso, até comprei duas com o dinheiro. Fora isso, as outras prendas serão oferecidas ao gosto de quem as vai oferecer.

      Quanto ao resto, felizmente, a minha situação profissional e económica mudou bastante nos últimos meses. Estaria até bem descansada se não tivesse um casamento para pagar. Como tenho, tenho de gerir melhor as finanças, porque preciso de poupar todos os meses. Não se preocupe, que eu não estou preocupada... Escrevo no meu blogue porque o vejo como um diário, são meros desabafos... claro que, felizmente, não tenho necessidade de mudar para um apartamento mais pequeno, nem deixo de fazer verniz gel ou de me mimar com algumas coisas... se precisasse, pois que remédio. Se me sobra? Não. Mas ainda consigo algumas 'coisinhas' extra nos meses em que os imprevistos não acontecem. Não vale a pena estarem constantemente com essa conversa do dinheiro... eu nunca disse que era poupada. :D Já tive de ser extremamente poupada nos últimos anos... Já me bastou.

      Eliminar
    2. Na verdade ja falastes que eras poupada, que nao gastavas muito, o que obviamente nao e o caso. Mas nao sou a primeira anonima e o dinheiro e teu, entao faz o que bem quiseres. :)

      Eliminar
    3. "Estaria até bem descansada se não tivesse um casamento para pagar. Como tenho, tenho de gerir melhor as finanças, porque preciso de poupar todos os meses. "

      Ou seja, se não tivesses o casamento, não pouparias nada todos os meses? Assim claro que não tens dinheiro poupado.

      Eliminar
    4. Sou a primeira anónima e continuo a não perceber. Vou dar o meu exemplo concentro: não recebo dinheiro de tios, padrinhos, avós como prenda de Natal porque tenho 35 anos e acho ridículo. Peço sempre que não me dêem nada, que ofereçam alguma coisa à minha filha, faz mais sentido para mim. No entanto, a minha mãe faz questão de me transferir um X para a conta bancária todos os anos no Natal. Eu sou casada, tenho uma filha e, graças a Deus, a minha mãe não me empresta ou dá dinheiro para nada porque não preciso. Mas no Natal quer ter este gesto e não dá para a demover.

      Com esse dinheiro, este ano, vou tratar de levar o meu carro ao mecânico, à inspecção e em Janeiro pagar o imposto de circulação automóvel. O que sobrar vai para a conta poupança que eu e o meu marido temos. Podia comprar alguma coisa à minha filha, mas ela já vai ter prendas de sobra no Natal e ainda nem 1 ano tem, portanto entupir a miúda com presentes não faz sentido.

      Durante o resto do ano há oportunidade de comprar roupa para mim e para o meu marido, mas neste momento prefiro precaver-me e usar o dinheiro em questões efectivamente importantes.

      Isto tudo para mostrar que, na minha opinião, ainda te falta um certo nível de maturidade para gerir o teu dinheiro. E volto a referir que devias aprender como o fazer.

      Eliminar
    5. Tenho medo do guarda-roupa de quem acha que comprar um casaco por inverno é muito. Malta cheia de estilo, certamente.

      Eliminar
    6. Anónimo das 17h30, olhe, é muito isso.

      Eliminar
    7. Anónimo das 17:30, não é isso que estamos a discutir. Leia com atenção e depois argumente.

      Eliminar
    8. Depende das prioridades de cada um e dos gostos. Eu nunca compro peças muito típicas da moda daquele ano pq já fica estranho no ano seguinte. Tenho bastante roupa, ocupo dois roupeiros no total 4m lineares de roupa. Mas escolho sempre peças de corte simples, intemporais. E casacos de inverno talvez seja 1 de 2 em 2 anos. Calçado por ex renovo com muita mais frequência, mas os casacos não se estragam tanto caramba!

      Eliminar
    9. Ou seja, acha mais importante ter estilo do que uma poupança para o casamento ou para uma viagem? Eu não mas cada um sabe de si.

      Eliminar
    10. Como assim, não é isso que estamos a discutir? Referiram achar estranho que a Sónia compre um casaco por inverno. Ora, a menos que alguém esteja mesmo MUITO apertado em termos financeiros, que não parece ser o caso da Sónia, comprar um casaco por inverno é completamente normal.

      Eliminar
    11. Depende de qual a sua definicao de apertado financeiro.... a S* num post atras escreveu q nao ia poupar 5€ ate ao casamento

      Eliminar
    12. Depende. Entre fazer uma viagem e comprar uma carteira, preferia a viagem. Mas prefiro viajar duas vezes por ano e gastar dinheiro em moda do que canalizar esse dinheiro para mais viagens, por exemplo.

      Eliminar
    13. Então uma pessoa diz que tem dificuldade em poupar dinheiro para o casamento e depois vem dizer que recebeu dinheiro como prenda de Natal e que em vez de o pôr de parte vai comprar um casaco.

      Alguém me explica?!

      Eliminar
    14. Anonimo das 20:38

      Concordo consigo, mas a S* nem sequer faz uma viagem por ano. E agora tem um casamento p pagar, sendo que passou anos a dizer que nao se casava pq nao tinha dinheiro p a festa. É nesse contexto que se comenta o gasto em roupa vs o q poderia pegar nesse dinheiro p juntar p o casamento ou outra coisa.

      Eliminar
    15. Eu tenho uma taxa de poupança de 40% anual, e quando usei a poupança acumulada foi mesmo para grandes despesas tipo o casamento, comprar carro novo e comprar a casa. Aquelas despesas de saude, seguros, arranjos do carro, etc q nao sendo mensais sao normais ao longo do ano têm de entrar nos gastos mensais normais. Nao compreendo como nao tendo poupança acumulada se anda a gastar o dinheiro em casacos, ficava-se con o dinheiro da prenda e gastava-se numa coisa mais essencial.

      Eliminar
  4. Quero foto! Sou team purple! Adoro roxo!
    https://jusajublog.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Eu não tinha paciência para aturar estas poupadas de meia tijela...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh anónimo, podia agradcer com humildade e não com arrogância. Ou então fiacava só caladinho que era para não dar mais erros crassos como esse.

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares