Avançar para o conteúdo principal

Gestão de conflitos


Não sou uma pessoa de confrontos. Não sou minimamente de discussões. Não gosto de entrar em conflitos. Não sou de perguntar pela veracidade do "diz que disse". Só confronto alguém quando tem mesmo-mesmo-mesmo de ser.

Vai daí, que opto sempre por, de alguma forma, tentar ser superior.

Ai alguém andou a dizer mal de mim? Deixa para lá.

Ai alguém disse que eu disse aquilo que não devia? Acredita quem quer - e quem não me conhece.

Se devia impor-me em algumas situações? Claro. 

Mas o desgaste vale a pena? Não creio. 

Prefiro ir vivendo e ignorando. Sou tão mais feliz assim. Tão mais leve. 

Sorrir e acenar, já diziam os pinguins do Madagáscar.

Resultado de imagem para sorrir e acenar

Comentários

  1. sou igual.. às vezes é bom, às vezes é mau!
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Costuma-se dizer "vozes de burro não chegam ao céu" :)
    Desprezo é a melhor resposta, sem dúvida.

    ResponderEliminar
  3. Tal e qual! Os cães ladram e a caravana passa, já dizia a filosofa Fanny!

    ResponderEliminar
  4. O mesmo por aqui. Não tenho mesmo feitio para essas coisas e detesto discussões.

    ResponderEliminar
  5. Eu sou um bocadinho assim de só confrontar mesmo, mesmo no limite, mas as vezes custa ouvir certas coisas.

    ResponderEliminar
  6. No meu caso depende das pessoas e do que dizem/inventam, se for necessário "passo-me" mesmo e mando-os dar uma curva ou pior.

    ResponderEliminar
  7. Penso exatamente assim, o que importa é a minha consciência e aquilo em que eu acredito. Beijinhos*

    ResponderEliminar
  8. Filha, desde o comeco da blogosfera tu ja deixaste comentarios bem estupidos e esdruxulos em inumeros blogs, textos, assuntos e afins. Entao nao precisa ficar dando uma de alma elevada, enxerga-te!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nop. Há que separar as águas. Nunca fui conflituosa. Nunca procurei conflitos.

      Se já fiz comentários mais idiotas e desnecessários? Claro. Entretanto cresci e amadureci.

      Você, pelos vistos, não.

      Eliminar
    2. Entao e no trabalho? Se forem falar mal de ti ao chefe, com esquemas, a denegrir o teu trabalho e o teu caracter? Tb n fazes nada?!

      Eliminar
    3. Anónimo, trabalho é situação que tem mesmo mesmo de ser. Isso já aconteceu num trabalho anterior... E eu só soube meses depois... Felizmente, o patrão acreditou tanto como nada.

      Eliminar
  9. Sou tal e qual, só muito esporadicamente é que confronto a pessoa .

    ResponderEliminar
  10. Eu também sou igual... prefiro ignorar... detesto conflitos e discussões!

    Beijinhos
    Margarida

    https://minhacasadopatio.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  11. Às vezes devemos nos defender das calúnias!

    ResponderEliminar
  12. Não sei se é bom se é mau, mas sou assim também. Beijinho

    ResponderEliminar
  13. Eu antes era muito de confrontar, chatear-me, até perder o sono com a ansiedade causada pela raiva. Hoje em dia já não. "Nenhuma guerra vale a tua paz".

    ResponderEliminar
  14. Nunca comentei mas sigo-te já há algum tempo...mas hoje mal vi a imagem do "wave and smile" tive que comentar...Sou eu sem tirar nem pôr :)
    Não tenho paciência para o diz que disse e para a maledicência; acredito naquilo que vejo e ouço directamente, não pelo que me querem "picar"...E então a minha postura é mesmo esta do "wave and smile...as más acções ficam com quem as praticam, já atingi uma patamar em que, desde que eu esteja de bem com a minha consciência, o resto é só o resto...
    Bjs

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.