8 anos

A 25 de setembro faz oito anos que conheci o meu homem.

Naquela fase, eu não queria namorar. Ele não queria namorar. A ideia era irmos "namorando".

Vai daí, quando o conheci, foi tudo tão simples, tão fácil, tão "sem pressões".

Primeiro encontro, ida à Meo (sim, não tive problemas em levá-lo à Meo, porque queria arranjar um cartão). Jantar básico no Mcdonalds. 

Tudo muito relaxado. Sem aquele objectivo de agradar ao outro...

Mas eis que me apaixonei por aquele homem de tshirt cinzenta com caveiras - tshirt que ele ainda tem, mas que agora serve de pijama. Três encontros aconteceram antes do primeiro beijo. Um ano e três meses juntos antes de juntarmos escovas de dentes. Demoramos um ano e cinco meses a adoptar as nossas duas primeiras gatas - entretanto, mais duas gatas e um cão. Precisamos de seis anos e meio para sermos pais.

Agora, prestes a chegar aos 8 anos de relação (foi mais ou menos por esta altura que nos conhecemos no amigo Facebook), só posso agradecer-lhe. Agradecer-lhe o Amor, a amizade, o companheirismo, a infinita paciência. Acima de tudo, agradecer-lhe por me fazer sentir amada dia após dia. 

Em quase oito anos, nem por um minuto senti que não era amada. Se isso não é sorte, não sei o que seja.

Comentários

  1. Que lindos :) continuem assim. Por aqui também fomos namorando e olha, 11 anos de namoro já ca cantam :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 11 anos a namorar??? até podem cantar, mas a vossa "música" está muito longe de ser boa.

      Eliminar
    2. Anonimo, a S* tambem ja explicou aqui que se tivesse dinheiro casava ja. Eu tenho um casal de amigos que namoram ha 13 anos e se vao casar em Agosto de 2019. Ela nao queria prescindir do casamento de sonho e so agora têm dinheiro para isso. Por isso nao acho estranho quando as pessoas dizem que namoram 11 anos, pode estar tudo bem, ate queriam casar mas nao têm possibilidades, por isso continuam namorando. E sim, eu sei que se pode casar legalmente sem fazer a festa, mas ha pessoas para quem isso nao faz sentido.

      Eliminar
    3. Porque é que casar é tão forçoso? Desde quando é que isso é uma garantia de que o relacionamento funciona? Não é suficiente viver na mesma casar? Suponho que o título de marido/esposa é que faça toda a diferença.

      Eliminar
    4. Para algumas pessoas é a parte religiosa. Eu era incapaz de morar junta a longo prazo sem me casar, tal como quando tiver um filho será batizado. Para mim é como nao estar registada perante Deus, é tipo estar “ilegal”. Para outras pessoas é a questao legal, por ex nas heranças. Uniao de facto nao da os mesmos direitos do que o Casamento. E depois ha quem ligue á questao da festa, no sentido de afirmar publicamente que se ama aquela pessoa e se quer ficar com ela para o resto da vida.

      Eliminar
    5. música longe de estar boa é a vida de quem se preocupa se ela é casada ou "amigada"! E alguém que entenda que vivemos na Europa em seculo XXI. O casamento tem maioritariamente uma conotaçao religiosa. E cada qual é livre de ter a crença que quiser. Estado Laico, assim o diz a constituição. Mas em suma: cada um faz a escolha que quiser e se forem namorados até à morte, muito bem! Aos que fazem comentarios sem sentido: as melhoras e revejam o vosso casamento. Se fosse uma uniao feliz não teriam tempo para vir para a internet com merdas.

      Eliminar
  2. E que assim seja por muitos mais anos. Sorte, saúde, amizade, companheirismo e Amor!
    Ou seja, o vosso Padrinho é o Sr. Facebook! ;)
    Beijinho, Carolina

    ResponderEliminar
  3. Já passaram 8 anos!! Eu lembro-me de estares sozinha, agora já tens a casa cheia e com uma criança! Parabéns e continuação de muitas felicidades! Eu tenho andado fora do mundo dos blogs, mas como já estou um bocado farta das futilidades do Facebook, estou a pensar em entreter-me mais para o lado de cá! O Facebook tem coisas boas, como encontros e reencontros entre pessoas, mas também tem já aborrecer ver o que essa gente come e onde toma café! looool

    ResponderEliminar
  4. Nós não nos conhecemos no facebook, mas foi na noite e também não havia nenhuma expectativa. Nenhum de nós estava interessado em manter uma relação séria com o outro, pelo que, lá está, não havia pressão. Talvez tenhas a tua razão e seja por isso que tenha resultado :)

    ResponderEliminar
  5. Já te leio há tanto tempo que me lembro da fase inicial, em que tinhas outra bloguer sempre a implicar contigo por causa do atum, por causa do namorado, do emprego, enfim a cachopa implicava com tudo, até criou um blog a denegrir-te que já nem sei qual era... realmente como o tempo passa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não era só uma blogger. Eram várias. Atirem atum à foca

      Eliminar
    2. Não sou desse tempo mas isso é gente que estava muito mal com a própria vida, não ?

      Eliminar
    3. També sou desse tempo… era a salto para a lua acho eu. Completamente demente essa pessoa. Tentou fazer parte do grupo "in" da blogosfera, mas com mentiras, a meter conversa com umas a dizer ser amiga das outras. Mas "girls talk", e deu barraco. A blogosfera era mais divertida nessa altura :)

      Parabéns S. Que contem muitos mais.

      AnaC

      Eliminar
    4. AnaC....ainda te lembras da salto para a lua???? Hum....porque será?....ahahahahaha

      Eliminar
    5. Sim era a "Salto para a lua" acho que ela parou com as criticas depois de ter casado mas já passou tanto tempo que já nem estou bem certa. O trabalho que ela tinha com fotos a criticar todos os posts da Sónia.

      Eliminar
    6. Pois lembro, ela era completamente tresloucada. Não entendi a insinuação! Eu lembro-me de muitas situações caricatas já antigas, como o Samsung diva e as montagens no paint da luna. Da guerra entre a pipoca e a Kitty fane. Daquele blog colectivo de escarnio e maldizer com várias participantes "in" da blogosfera etc etc etc

      AnaC

      Eliminar
    7. Sinceramente, não levem a mal, mas agradecia que não usassem a minha caixa de comentários para referir (e assim divulgar) gente nitidamente desequilibrada e que não merece consideração.

      Eliminar
  6. Já cá estou desde antes disso e é bom ver a evolução e como a tua vida parece ser tão feliz. Parabéns aos dois. Que contem muitos mais.

    ResponderEliminar
  7. Lembro-me de te ler falar dele. Dos inícios. Do teu sorriso. Do juntar escovas. Do adotar oe do tornarem-se pais. O tempo passa, a história da nossa vida constrói-se.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. E ainda que tenha desaparecido da blogosfera durante alguns tempos, também me sinto de certa forma um privilegiado por ter acompanhado o teu blogue desde essa altura e ter testemunhado o nascimento desse amor. Parabéns a ambos. :)

    ResponderEliminar
  9. Tão giro estarmos por aqui a acompanhar tanto da vossa história. Deste lado estamos prestes a fazer dez anos de casados, tantos quanto o blog (meio morto por agora, eu sei, mas acho que é exactamente por acompanhar tanto de nós que não consigo fechá-lo de vez). Felicidades querida

    ResponderEliminar
  10. Que venham muitos anos cheios de felicidade!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  11. Quando há expectativas há pressões e quando há pressões não pode ser bom ;) Sejam felizes!

    ResponderEliminar
  12. Lindo de ler :)
    Parabéns e que somem muitos mais!

    ResponderEliminar
  13. E que bom, uma relação assim! Que seja por muitos anos :)

    ResponderEliminar
  14. Acho que há encontros assim, que se dão sem querer e são para ficar.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares