Avançar para o conteúdo principal

Dúvidas, só dúvidas


A minha vida de vaidades divide-se entre o "desta vez tenho de escolher uma blusa diferente, única, especial, que me faça sentir mesmo bem" e o "poça, custa 50 euros, mais vale optar por uma mais básica de 20 euros".

Acabo sempre na segunda opção.

Comentários

  1. Porque não poupar antes para ter essa de 50 euros?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu até posso ter dinheiro para a de 50. É psicológico. ;)

      Eliminar
    2. Eu tenho dinheiro para a de 50€ e já acho 20€ caro para uma camisa.
      O custo dessa camisa numa fábrica é menos de 5€, as operárias fabris recebem um ordenado mínimo nacional e trabalham em condições miseráveis. Por isso, dar 50€ por uma camisa é contribuir para as desigualdades e a ganância pura dos múltiplos intermediários.
      Só a loja tem, pelo menos, 100€ de lucro. No máximo, essa camisa custou 25€ à loja... no máximo!!

      Eliminar
    3. Se aumentarem os ordenados em vez de comprarem um carrinho novo, irem de ferias, entre outras coisas aí eu começo a pensar em gastar mais dinheiro em roupa.
      Enquanto esse dinheiro não servir para acabar com as condições de escravatura pura de quem trabalha numa fábrica em Portugal (já nem falo de países de terceiro mundo) para mim é completamente impensável dar tanto dinheiro. Principalmente em lojas como a Zara, Mango e afins...que produzem no mesmo espaço que lojas como a Primark ;) e a Primark tem lucro. Não é de admirar que a dona da Zara e afins seja a pessoa mais rica de Espanha e não está nada mal no ranking mundial... Mas as pessoas que trabalham para ela?? As condições que têm naquelas fábricas??

      Acho que todos cometemos erros enormes a apoiar grupos assim. É a escravatura do século XXI por ganância pura.

      Eliminar
  2. De vez em quando também te podes mimar com a de 50, nem sempre mas nós tb merecemos mimar-nos :) Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Mas se a de 50€ for mesmo única e especial, certamente usarás mais vezes (e vais-te sentir mesmo bem) enquanto que a outra facilmente poderá ser trocada por outra de valor igual. Eu percebo a parte psicológica, mas quando são peças que adoro mesmo e que sei que vou dar bom uso, não hesito.

    ResponderEliminar
  4. Isso só prova que és uma mulher bem resolvida que não se deixa dominar por vaidades... :)

    ResponderEliminar
  5. Nem todas as blusas de 20€ são básicas. tens de procurar melhor :)

    ResponderEliminar
  6. Já eu opto pela terceira opção: não levo nenhuma! Prefiro não trazer nada que comprar algo que depois já sei que não vou usar e só vai ocupar espaço.
    Mas quando a peça vale meeeeeeeeeeeeeeeeeesmo a pena, aí sim! :)
    SM

    ResponderEliminar
  7. Eu então só compro nos saldos, nem entro nas lojas em época normal.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.