quinta-feira, 17 de maio de 2018

Já avisei o mais-que-tudo...

Do próximo mês não passa.

Sou mulher para comprar coisas variadas, admito. Gosto de me mimar e vou comprando coisas pequenas, de custo baixo ou médio, mas nunca (nunquinha) gasto mais do que algumas dezenas de euros numa peça. Acho que soutiens são mesmo as coisas mais caras que compro. Custa-me mesmo gastar, sei lá, mais que 50 euros numa peça de roupa. Abro a devida excepção para calçado, que gosto de ter bom calçado e umas boas botas atingem facilmente os 100 euros - e prefiro ter poucas, mas boas.

Mas oh minhas amigas e meus amigos... Desenvolvi, nos últimos dois meses, uma fixação por esta mala/saco da Cavalinho. Quero. Quero e vou ter.

Foto de Cavalinho.

Junho, mi aguardji.

31 comentários:

  1. Olha, deves investir em "para-quedas" de qualidade, porque eles podem salvar-te a vida. Ou as mamas... eheheh

    ResponderEliminar
  2. Olá? Inicio dos anos 2000? Ligaram a pedir a pancada por malas da cavalinho de volta. Não entendo, juro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah Mas a mala não é bonita?

      Eliminar
    2. Muito sinceramente não gosto dos detalhes em pele. Mas vá, não é o pior dos modelos, aqueles com o estampado da marca em todo o lado é terrível. A minha imbirração é com a marca em si, não com o modelo escolhido. Tive uma oferecida, para aí há 15 anos, nunca usei, meti naqueles contentores de doação de roupa.

      Eliminar
    3. Não é pancada! São boas e duram uns bons anos sem se romperem forros ou outras coisas que tais.

      Eliminar
    4. NÃO! E essa marca é coisa de pessoa com mais de 50 anos!

      Eliminar
    5. Não sou a anónima anterior, não gosto das Cavalinho (são feitas de chumbo?), mas de facto é uma mala bonita.

      Eliminar
    6. "essa marca é coisa de pessoa com mais de 50 anos!" determinou quem? Não li esse estudo...
      Vocês vão buscar cada estereótipo, Cavalinho = marca de valha= nunca olhar para tal coisa. Que disparate, mente aberta, às vezes conseguem surpreender-se se saírem do 'ai não gosto da marca'.
      Quanto à mala, é gira sim. Gosto das cores, bem harmoniosa.

      Eliminar
    7. Também não sou fã da marca. Creio ter mais 4 ou 5 anos que tu, mas também associo a marca a uma imagem pesada de senhora clássica. Nem digo de avozinha porque a minha avó não usaria.
      Este saco de facto é um pouco menos pesado, a menina ali na foto com calça de ganga também lhe dá um toque mais jovem. Gosto do tom bege e gosto que não tenha aquele logótipo redondo gigante em metal, que além de não gostar pessoalmente acho que dá um ar mais pesado e envelhecido.
      Também preferia que não tivesse as aplicações em pele (gosto pessoal, não gosto dos padrões cobra e crocodilo) , que espero honestamente que não sejam genuínas. Não sou fundamentalista e nem sequer sou vegetariana, acho normal que se use couro como aproveitamento de um animal que comenos, mas cobras e crocodilos é outra conversa. Eu não compraria peles dessas verdadeiras.

      Dito isto, o gosto é teu, o dinheiro é teu, compras o que quiseres.

      Eliminar
    8. Joana, óbvio que não é pele de cobra. :)

      Meninas, eu também não sou fã da maioria das malas da marca... mas ESTA é totalmente do meu gosto. Não stressem com isso.

      Eliminar
    9. Eu por acaso não gosto da marca porque a acho cara para a qualidade que tem. Pelo mesmo preço compro melhor e para ter a qualidade da dita qualquer marca tem, a pelo menos metade do preço.

      Eliminar
  3. A mala é super gira, adoro esses modelos de franzir mas há qualquer coisa que, não sei, não fez o meu coração suspirar. De uns tempos para cá perdi um bocado o entusiasmo com as malas da Cavalinho (e era mega fã da marca, aliás, várias vezes fui "apedrejada" no meu blog por defender a "marca de velhota" como lhe chamavam) mas hoje encontro opções mais modernas noutras marcas, acho sempre mais minimalistas e com melhor durabilidade.

    Exemplos de marcas que também tem esse modelo bucket bag: Furla (tens outlet), Michael Kors (só compro em saldos), Bimba y Lola (saldos again) e Coach (tens outlet também). Basicamente, compro apenas malas em saldos porque só gosto dos modelos caros e se puder poupar, melhor para o meu bolso =)

    Nada melhor do que nos mimarmos um bocadinho (ou muito). Tu mereces, força nisso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tirando a Furla compro as mesmas marcas no Freeport ou Mindelo (a Michael Kors tem outlet no último).

      Eliminar
  4. Acho que fazes muito bem! Nós merecemos mimar-nos de vez em quando e eu tbm faço o mesmo! :)

    Beijinho *

    ResponderEliminar
  5. Acho muito bem nos mimarmos, mas o mal de uma mala dessas cara, é o facto de depois não podermos variar muito...

    Mas se é o que gostas só tens de avançar!!

    Beijinhos
    https://titicadeia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. A maioria das malas da marca Cavalinho sao um susto de feias. Acredito que muitas senhoras de uma idade mais avancada gostem, agora miudas como tu? I don't get it !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas e esta, é um susto de feia? É que eu falo DESTA...

      Eliminar
  7. A mim o que me chateia em comprar uma mala tão cara é que por norma eu "farto-me" rapidamente de andar sempre com a mesma mala. Gosto de mudar de acordo com a estação, a roupa que vou usando e até com o humor. Acabo sempre por optar por malas mais baratas para poder ir trocando sem sentir aquela "obrigação" de usar porque gastei um dinheirão nela :/
    Mas concordo que esse modelo em particular é muito bonito!

    ResponderEliminar
  8. Oh! :D
    Olá S*! :D
    Vim rever maltinha que seguia há uns anos!
    Fico tão feliz por ver que vocês se mantêm firmes!
    :D

    ResponderEliminar
  9. Nao gosto, mas como quem tem que gostar és tu, força aí 😊😊

    ResponderEliminar
  10. A comprar uma mala mais cara compraria uma intemporal.

    ResponderEliminar
  11. Cuidado com a duração delas, não duram assim tanto (tenho duas), é preciso ter bastante cuidado para não romper
    Acabo por não usar no dia -a-dia :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou seja a qualidade deixa muito a desejar para o preço praticado, não?

      É precisamente essa a ideia que tenho da marca.

      Eliminar
    2. São materiais/tecidos mais delicados, menos robustas para uma bolsa do dia -a dia (trabalho, compras, etc)

      Mas uma ou outra vez por semana utilizo e tento ter mais cuidado

      S* se gostas compra, vais adorar a sensação dps <3

      Eliminar
  12. Quando há amores assim, não dá para contrariar :)
    Aproveito para avisar que te deixei um desafio lá no meu cantinho!
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  13. Não tenho "pancada" por malas, pelo que é coisa com a qual gasto o que considero razoável, desde que goste mesmo mesmo muito (acabo por não mudar muito de mala). Mas a cavalinho nunca gostei mesmo, tem ali qualquer coisa que para mim não é intemporal, mas demodé. Mas o importante aqui é: se gostas, se podes, se queres, força!

    ResponderEliminar
  14. Não é o meu estilo pessoal, mas se gostas força, parece-me intemporal e que se pode usar com muitas cores de roupa. Apoiar marcas portuguesas é sempre uma coisa muito boa.

    ResponderEliminar
  15. Não acho que esse modelo em específico seja feio ou pesado, mas também associo sempre essa marca a pessoas com mais idade. Confesso que também pensei que não se adequa muito a uma pessoa jovem como tu, mas obviamente é sempre uma questão de gosto pessoal.
    Eu não usaria, não é de todo uma marca que eu valorize ou ache bonita. Há modelos menos maus, mas parece-me ter muito mais fama do que qualidade. Digo eu, que apenas as vejo em lojas e nunca tive nenhuma, portanto não posso afirmar com toda a certeza que assim é, mas é a ideia que me transmite. E acho caras. Por esses preços já se compram outras marcas de igual ou melhor qualidade, mais modernas.

    ResponderEliminar