terça-feira, 22 de agosto de 2017

Odiozinho de estimação


Gente que adora regatear preços.

Incrivelmente, parece que só decidem exibir a arte de regateio no comércio tradicional, mais pequeno e com mais dificuldades. Nunca ouvi falar em gente que pede "descontinhos" numa Zara, numa Worten, numa marca grande. Optam sim por pedir "uma atenção" no comércio pequeno, que já tem a corda no pescoço.

Hoje fui fazer as minhas unhas, como é habitual, de três em três semanas.

Entra uma senhora que já tinha marcação para extensão de pestanas. Sei que quando se marca pela primeira vez, são informados do custo. No entanto, ela disse: "Afinal qual é o valor? É que vi agora, ali atrás, um outro preço". "40 euros", responderam-lhe. "Bom, agora que já aqui estou, fico aqui. Mas ali atrás vi que faziam a 25 euros", acrescentou. Nem lhe responderam.

Até eu, que não tinha nada a ver com o assunto, fiquei incomodada. Acho uma lata vir falar dos preços das outras lojas. Ainda mais lata acho quando o discurso traz uma crítica ímplicita. Pior ainda quando a diferença é que no sítio em questão (onde eu estava) os produtos estão ligados a uma marca internacional, não sendo naturalmente os mais baratos, mas certamente sendo de maior qualidade do que os da loja "ali atrás".

26 comentários:

  1. Até dá vontade de dizer à pessoa que se ponha a andar dali :)

    ResponderEliminar
  2. Na minha loja o outro dia uma "sra" queria uma atenção por levar 2 camisolas que estaban a 50%. Foi indelicada e arrogante mas teve resposta a altura. Mesmo assim não deu conta do indelicada e estúpida que estava a ser.
    Odeio esa mania. A loja esta toda a 50% e mesmo assim querem atenções.
    Andrea

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na minha irmã é diário. Se soubessem o preço dos sacos, embrulhos, etiquetas, cartões, podia ser que ganhassem vergonha na cara.

      Eu sou incapaz de semelhante.

      Eliminar
  3. Bem,

    Eu costumo regatear na Worten, mas diga-se de passagem que normalmente nem paro lá muito nesse campo compro muito on-line.
    Curiosamente no comércio tradicional não regateio, sei que às vezes até fazem uma atenção, mas não é por me fazer menos uns € que eu fico mais pobre, e sei de casos onde faz a diferença para o vendedor...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tímido, nunca ouvi falar de cadeia de lojas que fizesse desconto a pedido do cliente...

      Eliminar
    2. Na Worten fazem, mas tem que ser com autorização do chefe de loja e normalmente é nas alturas em que a concorrencia também está com promoções.

      Eliminar
    3. Trabalhei numa sapataria onde os preços já estavam inflacionados de modo a que quando pediam desconto podia tirar 15% ao valor marcado.

      Eliminar
    4. Comércio tradicional

      Eliminar
    5. exactamente! eu também não gosto nem tenho jeito de regatear.. mas conheço lojas que têm realmente os preços inflacionados de modo a que os clientes peçam uma "atençãozinha".

      Eliminar
  4. As pessoas fazem e dizem coisas ridículas por ninharias... Se ali custava 40 e atrás custava 25, pegava nas suas perninhas e voltava para o sítio que fazia mais barato, se era o que queria. Que falta de chá. Discutir preços é coisa que me deixa um bocado incomodada. Se acho caro ou não posso pagar, não compro. É simples. Não vale a pena vir com "no sítio x é mais barato". ótimo, então vá lá! É muito fácil. Em vez de irem chatear as pessoas e incomodá-las com questões deste género quando falamos de diferenças de qualidade e tudo, vão ao sítio onde podem pagar e pronto.

    ResponderEliminar
  5. Detesto essas coisas de andarem a regatear e a pedir descontos e graças a Deus que não tenho nenhum estabelecimento porque se me viessem com essa conversa de que ali é mais barato do aqui dizia logo para a pessoa em questão ir ao sitio mais barato... detesto essas coisas.

    ResponderEliminar
  6. É um pouco diferente mas... Por acaso, fiz uma coisa dessas, há uns dias, num Leroy Merlin (mas referindo preços de uma outra loja da mesma marca). Tinha pago, por um determinado produto, há relativamente pouco tempo, um preço significativamente inferior e comentei com o vendedor. Ele confirmou com a loja em causa, e fez-me o preço que eu tinha pago anteriormente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Completamente diferente. Isso não é pedir desconto, é pedir o mesmo preço que pagou dias antes na mesma marca.

      Eliminar
  7. Se fez a marcação era porque sabia o preço que praticavam, se achava caro para que é que marcou? Eu realmente fico estúpida com a atitude de certas pessoas -_-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei o que esperava. Que a senhora dissesse "ai sendo assim, para si faço a 25?". Ahah

      Eliminar
  8. Extensões de pestanas, esse bem de primeira necessidade que uma pessoa tem de virar a carteira do avesso só para poder adquirir algo vital à nossa subsistência! Entende-se, claramente, a necessidade de se pedir descontinhos xD
    Sempre aprendi que quem não tem dinheiro não tem vícios.

    O comercio tradicional é mais flexível (e ainda bem!)... ah e tal uma pessoa é conhecida da loja e fica a dever um ou dois euros porque não trazia suficiente mas paga no dia a seguir e há atenções feitas aos clientes frequentes. Agora há gente sem vergonha na cara! Abusos destes é gozar com os coitados do comercio tradicional que se esfalfa para fazer frente às grandes superfícies.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual. Pedir descontos em pequenos luxos é caricato.

      Eliminar
  9. 25 Euros? Eu até faço mais barato ainda!
    Não garanto é que a senhora consiga manter as suas pestanas no final... :)))

    ResponderEliminar
  10. Porque é que não ficou "ali atrás"? Podia ser que lhe colocassem umas extensões em pelo de rabo de burro. lol

    ResponderEliminar
  11. Os pequenos comercios sao mais pessoais, dai as pessoas atentarem mais ao ato de conseguir algum desconto. Eu particularmente nao peco. Dane-se! Se acho que o preco e justo, pago, se nao sigo em frente.

    ResponderEliminar
  12. S* trabalhei numa loja de retalho grande e lá também todo o santo dia pediam descontos. Não é só mal do comércio tradicional! Acho que a diferença é que muitas vezes quem está atrás do balcão do comércio tradicional é o próprio dono e pode sentir uma maior pressão por causa desses pedidos, do que um mero funcionário do retalho.. mas concordo contigo: regatear preços não fica bem, muito menos na situação que descreveste. Não estamos em Marrocos (por exemplo) onde os preços ja são inflacionados para depois serem regateados.

    ResponderEliminar
  13. Se querem regatear que vão à feira!!

    ResponderEliminar
  14. O mesmo se passa no sector de veterinária! Quantos e quantos não entram porta adentro da clínica e refilam com o preço ou pedem o descontozinho.
    Uma teve a lata de me dizer que só vinha ali vacinar no cão porque achava que era mais barato... É triste
    Um beijinho grande*
    Novo blogue! Vinte e Muitos

    ResponderEliminar
  15. tenho que ir à loja da cartier a ver se me fazem desconto. é que ali na esquina tem uma multimarcas que vende tudo mais barato ;D

    ResponderEliminar
  16. quando estive em portugal pedi à minha mãe que me marcasse a esteticista (que lhe ficava no caminho do trabalho)e ela foi e marcou mas ligou-me logo "ai filha liga para lá que eu vi no vidro a dizer 70€-promoção" telefonei e expliquei à senhora o que passou e ela disse "menina 70€ é a laser a sua mãe marcou a cera" e ria-se como uma perdida. acabei por ir lá e ainda recomendar (o atendimento foi bom) e eram apenas 15€ no final mas deixei a mais pelo mal entendido que a minha mãe tinha feito e pela chatice de ter que estar eu a ligar e perguntar e tudo mais( e a dona ainda dizia "cobrem 70€ a essa menina" e riam-se quando eu saía) eu pergunto os preços de tudo antes de "adquirir" digamos assim e já me aconteceu ao comprar lãs me dizerem "menina se levar x eu faço desconto" e eu disse "não obrigada" por saber que o preço ali estava inflacionado e que mesmo com o desconto não ia compensar. mas assim, se eu acho uma falta de chá o cliente regatear também acho uma falta de chá o vendedor subir o preço para depois poder oferecer desconto. mas vá é como tudo, cada um com as suas ideias e em sendo educado está tudo bem

    ResponderEliminar