sexta-feira, 27 de maio de 2016

Ahahah



Esta é uma daquelas notícias que me faz soltar uma verdadeira gargalhada.

Em São Francisco, lá nos Estados Unidos, um adolescente resolveu pregar uma partida e deixou uns óculos no chão, no San Francisco Museum of Modern Art. Não faltaram pessoas a fotografar os óculos, a admirar aquela obra de arte.

Enfim...

Gostamos tanto de mostrar que percebemos de arte, que somos entendidos na matéria, que conseguimos distinguir arte de uma outra coisa qualquer... e depois fazemos estas figuras.

Quase tão bom como aquelas pessoas que viram, numa galeria, quadros "gatafunhados" por crianças. Não sabendo que tinham sido crianças, inventavam ali umas teorias todas intelectuais... Oh sim, o autor devia estar envolvido num grande turbilhão de emoções. Nota-se perfeitamente os distúrbios emocionais do pintor... Ou então não. Tinham sido mesmo crianças... e os entrevistados estavam mesmo só a fazer uma figura um pouco pateta.

25 comentários:

  1. Oh MEU DEUS! Como é possível? Hilariante, como me ri!
    Beijinho
    www.bloguerosa.com

    ResponderEliminar
  2. Também tinha visto essa notícia e fartei-me de rir =p

    ResponderEliminar
  3. Em Serralves existiu uma exposição que consistia em 3 bolas de cotão dispostas de uma forma, alegadamente, artística. Não percebi qual era o objectivo, como, confesso, não percebo a maior parte das exposições que visito, especialmente as contemporâneas. Esses óculos poderiam, muito bem, fazer parte de uma dessas exposições. Sinceramente, acho que a linha que ultrapassa a arte da vulgaridade é muito ténue. Uns com certeza terão talento para a fazer e perceber outros nem por isso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No museu Reina Sofia, em Madrid, vi uma exposição que consistia numas luzinhas a piscar (tal e qual as de natal), mas em formato de flor. Qual poderá ser a arte disso? Na loja do chinês creio que se encontra igual...

      Eliminar
    2. Arte não é só estética, por isso dizer que se viu igual na loja ou se fazia igual é ridículo. Existem muitos factores que caracterizam um objecto artístico, como a reflexão e a transgressão e, por isso mesmo, este exemplo não deixa de o ser.

      Eliminar
    3. 3 telas em branco foram vendidas por milhares de euros!
      Isso não é arte, é aproveitar-se da ignorância e gozar com uma pessoa!

      Qual é a competência, a capacidade artística de um ser que sabe pegar em 3 telas, meter 3 pregos na parede e as pendurar? Eu diria nenhuma.

      Há arte moderna fenomenal, a maioria das galerias deve ser apreciada somente por quem toma LSD ou afins... é preciso ter a consciência muito alterada para não compreender a diferença entre arte e o pedantismo nas artes de hoje em dia.

      Basicamente parece funcionar assim: bons contactos que vão com a tua cara, até poder fazer m*** e expor que irá ser considerado um luxo e a supremacia.

      Se não forem com a tua cara pode ter competência, inovação, diferença, etc que nada nem ninguém te darão valor.

      E caro anónimo a arte não é só estética mas cotão ou telas brancas não passam disso. Pode-se inventar o que se quiser sobre o conteúdo ou a emoção.
      (faz lembrar uns com umas telas pintadas no gozo, numa galeria, a filosofar sobre os quadros e a tirar grandes ilações quando foram pintados por miúdos)..

      Este tipo de arte é a história do "rei vai nú" no seu maior esplendor: tanta gente a ser ludibriada, a ver mas como é "chique" deixa-me lá fingir que também percebo de arte.

      Eliminar
    4. acabei de perceber que a S* também falou naquele caso hilariante dos quadros pintados por miúdos.

      Eliminar
    5. A venda de 3 telas em branco por milhares de euros, nunca é aproveitamento da ignorância ou gozo da pessoa que comprou. É, antes, um sinal comprovativo do pedantismo exacerbado do comprador. Se propusemos a um idoso com poucos estudos e morador numa zona remota, a compra de 3 telas em branco por milhares de euros, manda-nos dar uma curva. Se propusermos o mesmo a um pseudo intelectual cheio de massa, a desgraça acontece :)

      Eliminar
  4. Ó S* entao foste dizer noutro blog que se fosses solteira ias para outro país? Que aldrabona me saíste kkkkkkkk

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é obsessão por mim. Explique lá onde viu a aldrabice, minha senhora... :)

      Eliminar
    2. Ordinarices que nem merecem ser publicadas como resposta. Está certo, querida anónima. Pode ser que um dia se olhe ao espelho e veja o nojo de pessoa que é. No entanto, com tanta amargura que demonstra, tenho a certeza de que não sabe o que é o amor próprio.

      Eliminar
  5. Ahahah, mas esse estudante é mesmo um artista, fantástico, não fica nada a dever a muitas obras de arte que vejo por aí em algumas exposições, e não tenho problema algum em dizer que aquilo não tem ponta por onde se lhe pegue, basta conseguir colocar o nome no mercado e marcar a peça com um preço que a faça brilhar.

    ResponderEliminar
  6. Oh, gargalhadas daquelas maravilhosas HAHAHAHHAHAHAAHHA
    adorooooo!!!

    ResponderEliminar
  7. Quando não percebemos do assunto, é melhor estar calado e quieto :P

    ResponderEliminar
  8. Ai o que me ri! Realmente as pessoas insistem em querer parecer algo que não são!

    ResponderEliminar
  9. Huuuummmm!!! Já deixei os meus óculos em tanto sitio... e nunca ninguém viu isso como arte... não há direito :/

    ResponderEliminar