domingo, 29 de março de 2015

Ana Malhoa



Ao contrário da maioria da malta, simpatizo com a Ana Malhoa. É uma mulher inteligente, parece ser bem formada, foi fazendo o seu percurso sem pisar os outros. Longe vão os tempos do Buereré, é certo, mas a imagem dela só a ela a prejudica. Não ofende ninguém. 

Acho que, a certa altura, resolveu cortar radicalmente com a sua imagem de infância e tornar-se numa espécie de bomba sexual. É pena que tenha optado por um visual de gosto duvidoso - mas, mais uma vez, isso só a ela prejudica, não ofende ninguém.

A sério que me custa ler comentários em tudo o que é rede social a gozar com ela. Chamam-lhe vaca, isto e aquilo. É casada há anos com o mesmo homem. Tem uma filha que já é adolescente. Acho que as pessoas perdem demasiado tempo a ofender uma mulher claramente trabalhadora e que apenas cometeu o crime de vestir uma roupinhas feias e com aspecto duvidoso. 

A sério que isso é uma coisa assim tão digna de ofensa?

Engraçado que as estrelas internacionais podem vestir as mesmas coisas horrorosas e cantar coisas bem piores e ninguém as critica... muito pelo contrário. Nicki Minaj é só um exemplo.

38 comentários:

  1. Numa coisa vou discordar S* se me permites, a imagem dela não a prejudica...aliás, prejudica é a mentes pequenas que se sentem incomodadas, logo parece que ofende e muito as pessoas entendes? Pois ela, a família dela, estão-se a c*agar para o que os outros dizem! Tu dizes que o visual dela é de gosto duvidoso, eu descrevo-o como alternativo, e acho que lhe assenta muito bem, mas eu não o faria por gosto pessoal, e porque não tenho a personalidade dela, mas acho que ela é uma mulher com "power" e tudo lhe fica bem, as tatuagens dão-lhe muito "cenário", mas são gostos, mas nada de duvidoso, que essa palavra na minha terra é pejorativa...

    Mas em comparação com a Nicki Minaj, ela (Ana Malhoa) suporta muito mais o tipo de roupa e estilo, mas isso sou eu que digo. lol Não entendo nada da coisa! ;)
    Mas olha que as estrelas internacionais também são bem criticadas, pelo menos eu oiço falarem bem mal! eheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marlene, eu não gosto mesmo nada do estilo... acho chunga, admito. Mas acho que aquilo é só mesmo para o espectáculo, provavelmente nem é assim no dia-a-dia.

      Eliminar
    2. Claro, eu também não gosto! Apenas me referi ao facto de a "defenderes" mas depois utilizares também tu o termo duvidoso...mas se calhar entendi mal...sorry lol
      Também me parece que é mais para o espectáculo, mas pronto...não leves a mal eu ter feito este comentário! :))

      Eliminar
    3. Acho extraordinário que, quando dizem que as tuas roupas são feias, te apresses a dizer que isso é subjectivo e que ninguém tem direito de achar que o seu gosto é que está certo e mimimi. Dizer que as roupas da Ana Malhoa são feias e o estilo é chuva já pode. Esta benzinho

      Eliminar
    4. Eu acho que o novo cabelo lhe fica muito bem! Mas como não gosto da sua música, não oiço, mas também não acho que a senhora seja uma vaca, apenas muito azeiteira.

      Eliminar
  2. Já vi o vídeo e... fez-me lembrar a Amber Rose (esta sim, tem atitudes menos próprias no seu dia-a-dia).

    ResponderEliminar
  3. tenho de concordar que ser piroso nunca foi crime, no maximo uma pessoa pode sentir vergonha alheia

    ResponderEliminar
  4. Eu não gosto da Ana Malhoa.Ponto final.O resto são as pessoas que querem pretextos para alimentar a má língua...A Ana põe-se a jeito e,porque se expõe,tem que sujeitar-se à coscuvilhice alheia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta maneira de pensar (pôr-se a jeito) é tão triste... Quer dizer que todos nos pomos sempre a jeito de qualquer coisa, não há mesmo hipótese. LOL

      Eliminar
  5. Quando era pequenina adorava a Ana Malhoa e sabia todas as músicas... realmente não entendo porquê criticar tanto... nunca faltou ao respeito a ninguém...

    ResponderEliminar
  6. Não creio que seja só pela maneira de vestir. O que ela canta e a forma como se insinua devem contribuir para isso.
    Acho que nunca a ofendi porque, como dizes, isso é lá com ela. Mas não a acho inteligente, isso não. Acho que é muito sem noção e tem um ego demasiado inflamado. A realidade dela não é a mesma que a nossa. Há algo ali que não bate certo, na minha modesta opinião. Mas ela que continue, não me estorva! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sofia, eu só falo da imagem pública dela, nunca a conheci nem creio que vá conhecer. Ela não se insinua, perdoa-me o reparo... o sexo vende. Caso contrário, tudo é que é mulher se insinua, no mundo artístico. JLo, Beyonce, Rihanna, Shakira... todas elas, só para citar alguns nomes, vendem através do corpo - o que não invalida o talento que possam ter (ou não). :)

      Eliminar
    2. Pronto, corrijo então: Todas essas se insinuam e resulta. Com a Ana Malhoa não. Demasiado forçado.
      Mas é a mesma coisa com a Niki Minaj, nunca nesta vida a acharia sexy!

      Eliminar
  7. As roupas dela são reles, feias, de prostituta de rua.
    No entanto a Ana Malhoa não me parece nada reles, nada feia e em termos de comportamento é o oposto de uma prostituta de rua.


    Tenho muita pena que ela opte por seguir esse registo estetico. Acho que o talento que ela tem e a pessoa que ela parece ser são mil vezes melhores que a forma como ela se vende.

    E sim tambem acho reles qualquer cantora internacional que use a imagem do sexo para se venderem.
    Só necessita de abrir as pernas (ou insinuar que vai abrir as pernas) quem tem falta de talento e muitas dessas artistas até têm talento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, infelizmente assim é. Poucas são as cantoras de grande sucesso que não têm de promover o corpo. Os homens também vendem a beleza, mas não de maneira tão óbvia. Meio triste...

      Eliminar
  8. Assino totalmente por baixo! E apesar do gosto duvidoso, a sua carreira manteve-se com sucesso regular e o show montado atrás dela tem qualquer coiso de curioso e inteligente do ponto de vista de marketing e negócio, que qualidade musical à parte, interessa muito!

    ResponderEliminar
  9. Concordo contigo, S*. A Ana Malhoa também não faz o meu estilo mas a verdade é que não há nada nela que seja digno de reparo: que se saiba, leva uma vida decente e honesta, pouco dada a escândalos. Já outros, com fatos de bom corte e gostos requintados, não podem dizer o mesmo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual. Se o defeito dela é vestir-se assim e cantar "encaixa baby encaixa", pouco lhe temos a apontar.

      Eliminar
  10. Concordo, apesar de não gostar do estilo de música que ela canta, acho-a uma grande mulher!

    ResponderEliminar
  11. Eu acho que por ela ter um estilo tão dela e tão diferente é que faz com falem dela sempre par o mal...

    ResponderEliminar
  12. Eu já simpatizei mais com ela, mas não a critico. Cada um faz as suas escolhas e certamente que ela não irá agradar a todos. Mas sinceramente acho que ela não está nem aí :)

    ResponderEliminar
  13. Será caso para dizer: O que é nacional não é bom?!

    http://opsidascoisas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Eu gosto da Ana Malhoa que lá fora, no Caribe e paises latinos, faz um sucessão que ninguém sonha! Concordo plenamente com este post.

    ResponderEliminar
  15. Na minha opinião ela tanto quer tanto quer que se estragou um bocado, o famoso "less is more" nunca se aplicou à rapariga nem ela deve fazer ideia do que isso é.

    ResponderEliminar
  16. A Ana Malhoa percebeu que num país como Portugal ela tinha de marcar a diferença de qualquer maneira para vingar no meio, optou pelo Latino Urbano, foi a escolha dela, se repararmos (apesar de eu não gostar pessoalmente) foi uma escolha inteligente... estão todos a falar e para falar estã oa ver e do nada ela começa a vender.

    ResponderEliminar
  17. E ela fica bem bonita de cabelo rapado!! Nós portugueses já nascemos apontar o dedo aos outros...enfim!! Gosto muito dela e faço comentários no facebook dela positivos :D

    ResponderEliminar
  18. O povo diz que quem não quer ser lobo não lhe veste a pele. A Ana Malhoa veste-se como uma stripper, faz vídeoclips que pouco deixam à imaginação, de cariz altamente sexual, vulgariza-se e objectifica-se, que reacção espera do público? Quanto ao exemplo que deste, não podia discordar mais, o que não faltam aí são críticas à Nicky Minaj (e também à Amber Rose, que também já foi referida aqui), basta seguir os sites e orgãos de comunicação americanos.
    A música dela é má, o que é pena porque ela até tem uma voz boa, tem mesmo de se despir para ver se alguém se lembra dela, é um exemplo claro de "bem ou mal, o que importa é que falem de mim", pois quem não aparece esquece.

    ResponderEliminar
  19. Eu pessoalmente não aprecio o estilo porque ultrapassa um pouco o que considero bom gosto, e todos temos os nossos gostos. Mas realmente chamar vaca à mulher, é abuso.

    ResponderEliminar
  20. Não tenho grande opinião formada sobre o assunto. Conheci a Ana Malhoa há muitos anos, pareceu-me uma miúda simpática. Não a conheço, não conheço as músicas dela (tirando aquela do AEIOU que achava muito gira quando era criança), não vejo nada de mal na forma como se veste - cada um é livre para vestir o que quiser, e eu não sou nenhuma entidade na moda para opinar sobre o bom gosto dos outros.

    Mas pensei numa coisa quando li o teu texto, e gostava de trazê-la para a discussão. Dizes que a chamam vaca nas redes sociais e depois 'defendes' com o argumento de que ela é casada com o mesmo moço há anos (segundo a wikipédia, desde 1998) e que tem uma filha. E eu pergunto: se ela tivesse tido cinco filhos de pais diferentes, as pessoas já a podiam chamar de vaca?

    Não é de todo um ataque a ti ou à tua opinião, mas de facto hoje em dia é fácil atacar alguém na internet de forma gratuita, sem qualquer espécie de consideração sobre o que quer que seja (e certamente tu perceberás isso, tendo em conta que também és frequentemente vítima desse tipo de situações).

    O que quero dizer é que não se deve defender a rapariga com 'ah ela até é boa moça e só teve um marido', mas sim com 'chamar nomes a alguém que não conhecemos de lado nenhum é errado e pronto'.

    Tendo ela um marido ou vinte mil, ninguém tem nada a ver com isso ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joana, tens razão, expressei-me mal. O que eu queria dizer é que, na verdade, a conduta dela NADA parece ter de reprovável. Mas, mesmo que tivesse 10 crianças de 10 pais diferentes, poderíamos achar reprovável (é um direito que nos assiste!), mas nunca ofender.

      Eliminar
    2. O conceito de ofender é tão relativo que deveria ser usado com mais moderação. Hoje em dia defende-se que se pode dizer tudo mas sem ofender. O que é ofender? É um acto deliberado ou só existe no receptor do discurso? É que parece-me que algumas pessoas ofendem-se com pouco, o que talvez signifique que dão esse poder a quem com elas dialoga.
      No meu caso, para me sentir ofendido é necessário que dê valor às palavras do outro, de resto, se essa pessoa me é indiferente, porque havia de me causar mágoa? Pensem nisso!

      Eliminar
  21. Mesmo sério que anda para aí um sururu por causa do videoclip?
    Felizmente a Nicky Minaj em termos de bardajice continua a pôr a Ana Malhoa a um canto...

    ResponderEliminar
  22. Sempre adorei a Ana Malhoa! Com um corpão de fazer inveja mas não peço assim tanto, mas ela é poderosa!

    beijinhoss

    ResponderEliminar
  23. Verdade. Sabemos que faz mal a saúde, que é desarmônico e tal, mas foi a decisão dela. Somos seres com livre arbítrio.

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderEliminar
  24. Este texto poderia ser meu! Concordo com tudo! E adoro a Ana Malhoa, muito menos foleira que muitas que andam por aí.

    ResponderEliminar
  25. E agora vou ter de pesquisar e descobrir quem é a Nicky Minaj!

    OK, já pesquisei e ... não gostei!!!

    ResponderEliminar