domingo, 4 de janeiro de 2015

Instaweek

Dias de frio.

 
Amores meus.

Fotografias de fim de ano - Princesa.

Evita.

Blackie.

Bella.

Passeio no rio no último dia de 2014.

Esta semana, dissemos 'Adeus' à nossa rainha Sara, com doze anos e meio. Já não sofre mais.

Canecas natalícias.

Noite de fim de ano em Ponte de Lima. Não se deixem enganar pela imagem... a zona de bares estava a abarrotar de gente!

Batido de kiwi. Kiwis ácidos e azedos - lucky me.

Domingo é dia de passeio com os patudos.

As minhas primeiras panquecas, acabadinhas de fazer.


29 comentários:

  1. Esse batido de kiwi deixou-me água na boca.
    Beijinho e resto de bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Fiquei triste pela Sara...tenho um pastor alemão, não sabemos bem a idade dele porque foi adotado da rua, mas temo sempre que ele envelheça...

    ResponderEliminar
  3. As estrelas da casa estão em grande forma!
    Bom ano:-))

    ResponderEliminar
  4. As despedidas são tristes :(
    Espero que seja um bom ano replet de coisas boas *

    ResponderEliminar
  5. Oh a Sara...achava-a tão gira! Mas se já não sofre mais, foi pelo melhor então (embora custe sempre).
    Adorei aquela foto dos "teus" amores, que fofa!

    ResponderEliminar
  6. Eu soube pela tua irmã da partida da Sara e fiquei tristíssima, porque vocês sabem que eu tinha muito carinho pela Sara e por aqueles olhos tão bondosos.

    ResponderEliminar
  7. Pobre Sara :( Eu ja fez mais de ano e meio que tive que fazer o mesmo a minha Jenny e ainda tenho sonhos com ela. Mas penso mesmo, que foi o melhor que ela estava muito mal e não havia tratamento. E, até o Papa Francisco diz, todos os cães merecem o ceú! :D

    ResponderEliminar
  8. Fiquei mesmo triste com a notícia da Sara :( Ela foi de certeza absoluta uma cadela feliz e isso é o mais importante. Vai ficar para sempre nos vossos corações.
    Beijinhos.

    http://pequenos-apartes.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Ohhh, fiquei triste com o "adeus" a Sara :/

    http://comestilomodaebeleza.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Que pena a Sara ter partido... Gostei dos recortes que nos deixaste, adoro espreitar o instagram. Tens sempre fotos extraordinárias :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  11. Opá, coitadinha da Sara. 12 anos é tão pouco... :(
    A minha filha tem uma gata muito parecida com a Princesa e tinha um gato preto, mas teve cancro no estômago e esófago e teve que o mandar eutanasiar.
    Vamos lá ver até onde chega a minha Nina. Em fevereiro já faz 15 anos e está aqui uma rapariga para as curvas. Está surda que nem uma porta e já não vê muito bem, mas hoje já fizemos perto de 4 quilómetros a pé. Agora está ali a ressonar o resto do dia. xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JS, para pastor alemão é atingir o topo da esperança média de vida... mas sim, é muito pouco, se compararmos com outras raças. :(

      Eliminar
    2. Eu sei, mas é pouco para nós. Porra, quando é que a engenharia genética "faz" cães que vivam tantos anos como nós?
      Eu nem quero pensar no dia em que chegar a vez da minha. Esta cadela chegou cá a casa numa altura em que eu comecei a ter tempo. Andou (e anda) para todo o lado comigo. Nós assumimos a tutela dela sem sabermos muito bem o que era um cão, mas depressa percebemos que eles são animais de uma inteligência e uma entrega incomparáveis. Eles são atentos a tudo o que nós fazemos e aprendem tantas coisas... e dão-se incondicionalmente. Só não falam a nossa linguagem, mas para dizerem disparates, mais vale falarem a linguagem deles e nós estarmos atentos ao que eles dizem. E dizem tanto... :)

      Eliminar
    3. Js, é muito complicado. Sempre tive cães e gatos, na minha casa de família. No entanto, só agora tenho um cão mesmo meu, um cão que vive comigo num apartamento, que dorme comigo, que me acompanha. É um amor absolutamente diferente e incondicional. Ele faz disparates, enerva-me e eu bato-lhe. Mas ele nunca me perde o amor. E eu nunca lhe perco o amor. É o verdadeiro cãopanheiro. Não penses nisso... infelizmente sabes que acabará por acontecer, mas desfruta todo o tempo juntos. :)

      Eliminar
  12. Tão fofos os teus animais :)
    Parabéns pelos 6 anos de blog e BOM Ano 2015

    ResponderEliminar
  13. Ela era muito bonita mas quando começam a sofrer temos de pensar no melhor para eles . Mais uma estrelinha no céu.

    ResponderEliminar
  14. Lamento pela Sara, S*... Também já estivemos lá... Dói muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NM, neste caso doeu ter de tomar a decisão. Mas foi uma despedida em família e com muito amor.

      Eliminar
    2. Exacto. Também tivemos de decidir eutanasiar um companheiro de 16 anos... A decisão, o pegar nele e levá-lo ao vet... É horrível.

      Eliminar
  15. A Sara estava doente ou foi de "velhice"? Lamento muito... Olho para o meu gato aqui a dormir ao meu lado e nem consigo imaginar a dor que será... Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As duas coisas, anónimo. Já tinha doze anos e meio, estava a bater o máximo da esperança média de vida da raça. Mas tinha um tumor na barriga que aumentou imenso no último mês e já a fazia sofrer...

      Eliminar
  16. Tadinha da Sara. Mas concerteza que foi muito amada por toda a família e como escreveste já não sofre mais :)

    ResponderEliminar
  17. Aah adorei os amores teus, na caminha.
    Sinto muito pela Sara, mas como dizes, pelo menos já não sofre mais.
    xx

    ResponderEliminar
  18. S*, voltei à blogosfera. :)
    Bom 2015 para ti.

    P.S. Deixaste-me com fome!

    ResponderEliminar
  19. Também fiz panquecas este fim-de-semana :P Que saudades!

    ResponderEliminar
  20. Oh, fiquei tão triste pela Sara. Igual ao meu Rafa de quem me despedi, como sabes, há dois anos.
    De resto, belas fotos dos teus amores e da tua semana. Mil beijos querida

    ResponderEliminar
  21. Fiquei imensamente triste pela sara. Quando o Gil ficou doente essa hipotese esteve na mesa a dada altura e foi um sofrimento que nao desejo a ninguem que tenha verdadeiro amor pelos seus companheiros de quatro patas. Força para voces!

    ResponderEliminar