Avançar para o conteúdo principal

Ups

Ontem, enquanto lavava as mãos na loja da minha irmã, "afoguei" acidentalmente o telemóvel dela. Como temos telemóveis iguais, tratei logo de trocar os cartões e ela ficou com o meu.

Agora, o afogado telemóvel está dentro de uma caixa de plástico, no meio de dois quilos de arroz, a ver se se cura da bebida. Que merda. Aquilo foi caro.

Comentários

  1. Acabei de eliminar inadvertidamente dois comentários, peço desculpa.

    A senhora Ana perguntou se a minha irmã conseguiu guardar contactos. Os contactos costumam ir directamente para o cartão SIM. mas penso que sim!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá se foi a minha receita de arroz de marisco. eheheheheheh

      Eliminar
  2. Ai boa sorte com isso, bolas... mas a garantia não cobre esses pequenos acidentes? Pgto isso, pq comprei um que cobre esses pequenos acidentes mas tbm não sei se foi um seguro à parte ou se é mesmo da garantia do tlm.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu tem garantia, o da minha irmã já não... e não, não cobre o facto de o ter afogado. :P

      Eliminar
  3. Acho que posso dizer que é rara a pessoa que na sua vida não teve nenhum problema que junte água e telemóvel, no meu caso foi com a água do mar que ainda é pior, mas essa ideia do arroz parece me bem, o secador de cabelo em modo frio também ajuda, boa sorte:-)

    ResponderEliminar
  4. Ai, não me trates por senhora :) É que um familiar meu também está num processo de secagem de telemóvel :p E era para saber com o que contar...
    Ele tinha alguns contactos mais recentes guardados no telefone e, claro, num smartphone perde-se muito mais que os contactos. Também ainda não experimentamos o cartão de memória, tinha lá muitas fotos e recordações :-/

    ResponderEliminar
  5. Junta umas gambas e umas pernas de sapateira e fazes um arroz de marisco. eheheh

    ResponderEliminar
  6. ahah o meu caiu no bidé há uns tempos. literalmente me saltou das mãos, mas como o tirei logo ainda consegui salvá-lo! beijinho e espero que ele sobreviva!

    ResponderEliminar
  7. Se for um Nokia sobrevive de certeza! (se eu te contasse as vezes que os meus Nokia fizeram natação...)

    ResponderEliminar
  8. Pois é o que dá seres desastrada;)

    ResponderEliminar
  9. Eu deixei cair um na sanita, uma vez, sim, na sanita. Dias depois estava apto a funcionar.

    ResponderEliminar
  10. Deixa lá, acidentes acontecem! Pode ser que o estrago não seja assim tão grande.

    http://miscelaneathesecond.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Olha, boa sorte. Incrivelmente, alguns telemóveis são bem resistentes à água. Com sorte, esse é um deles!

    ResponderEliminar
  12. A minha filha já afogou dois, um no mar, outro na sanita. O mais recente está apenas rachado...:-(
    Nunca vi coisa que escorregasse tanto das mãos!
    Esperemos que esse recupere do susto.
    xx

    ResponderEliminar
  13. o meu marido tambem afogou o dele no mar, ao saltar para o barco onde trabalho.. mais vale o telemovel do que ele ^^
    são coisas que acontece...

    ResponderEliminar
  14. Damn!!!!
    Mas sei q resulta*
    Não desistas!!!!
    :D

    ResponderEliminar
  15. Pode ser que se aguente. Espera uma semana antes de perderes a esperança. Dizem que também resulta apontar-lhes um secador de cabelo.

    ResponderEliminar
  16. O meu lavou na máquina, no bolso dum blusão, a quente durante mais duma hora. Continua a funcionar. Mas também é um basicozinho de 25 euritos. Penso que os mais sofisticados são mais "sensíveis" e "vão-se à vida" em caso de afogamento. É no que dão as grandes tecnologias! Boa sorte, espero que ele "ressuscite", com a ajuda do arroz (dizem que dá resultado).

    ResponderEliminar
  17. O truque do arroz costuma funcionar, uma amiga minha conseguiu curar o seu iphone assim. Espero que te corra tão bem.
    Beijinho!

    http://thelusofrenchie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  18. Se der desmantela-o completamente e seca-o a secador! Eu fiz isso e o meu ficou perfeito.

    ResponderEliminar
  19. oohhh sua mula, logo agora que eu tinha umas fofoca cabeluda pra te contarrr! aiiii agooora não posso te ligaaarrr!

    ResponderEliminar
  20. Só não pode tentar ligar com ele molhado. A bateria vai para o espaço. Espera estar bem seco para ligar.

    ResponderEliminar
  21. Olá bom dia, eu também já ouvi falar est adica do arroz, funciona realmente??
    Bom Domingo.
    Bjinhos ♥
    http://sarranheira.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  22. O meu ipod foi à máquina de lavar a roupa, e deixei-o uns dias enfiado em arroz. Outra coisa que fiz foi colocar o carro ao sol e deixei o ipod mais uns dias lá dentro. O calor do carro funciona como estufa e acabou com o resto da humidade. Agora funciona perfeitamente.

    ResponderEliminar
  23. Arroz? Nunca tinha ouvido. Mas se alguma vez afogar algum vou tentar dessa maneira ressuscita-lo. Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O arroz absorve a humidade das coisas, daí também se colocar grãos de arroz nos saleiros de sal fino para que este não ganhe humidade e não fique todo agarrado e impossível de usar. A ideia é assim que absorva a humidade do telefone e outras coisas. :) Não se deve é tentar ligar o aparelho enquanto ainda tem humidade.

      Eliminar
  24. Depois diz se deu resultado. Nunca tinha ouvido essa dica. Boa sorte.

    ResponderEliminar
  25. Ohhhh mas que gesto bonito o teu. Isso é que é ser uma irmã :)
    Depois diz-me se isso do arroz funcionou.

    ResponderEliminar
  26. Leva-o aos AA, talvez se cure :))
    Agora fora de brincadeiras, muitos acabam por ficar bons :)

    ResponderEliminar
  27. e então o telemóvel resistiu?
    bjs*

    http://se-tu-saltas-eu-salto.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  28. Afoguei o meu fez este domingo uma semana. Caiu no lavatório. Meti no arroz mas não foi o suficiente para o salvar. Agora tenho outro muito lindo e com seguro. Boa sorte para ti. Beijinhos

    ResponderEliminar
  29. Mas tiveste um gesto bocado ao trocares o teu pelo da tua irmã. São coisas que acontecem. Ele há de ficar sem humidade :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.