sexta-feira, 2 de maio de 2014

Pérolas

Ontem, com a mãe e a tia, dei uma revirada nos colares da minha avó. Fizemos essa vistoria de forma relaxada, recordando o eterno vício da avó em "poupar" o que era bom, usando sempre as mesmas coisas. Ontem trouxe três colares de pérolas dela. Sempre adorei pérolas - gosto que obviamente me foi transmitido por ela... - mas nunca as usei. Ontem coloquei ao pescoço um colar da avó e senti-me duplamente bem.

37 comentários:

  1. Eu também tenho a mesma paixão pelas pérolas e por acaso também me foi transmitida pela minha avó =) Quando uso alguma dessas peças que foi dela é como se acontecesse um abraço, que infelizmente já não posso ter....

    ResponderEliminar
  2. Também fiz isso com uns colares da minha avó e senti-me muito bem! Além de serem muito giros e de alguns serem facilmente adaptáveis aos dias de hoje! :)

    ResponderEliminar
  3. É o vicio dos mais velhos não usar as coisas boas para uma ocasião importante!

    ResponderEliminar
  4. Colares de pérolas?!..Isso é que é classe!...:-)
    Esperava ver aqui uma foto...:-))
    xx

    ResponderEliminar
  5. E tenho a dizer-te que ele é lindoooo! <3 E ainda mais significado tem :)

    ResponderEliminar
  6. É uma honra podermos dar vida ais nisso que já partiram!

    ResponderEliminar
  7. Eu quando era miúda, adorava ver as jóias da minha avó :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Olá, bom dia! encontrei seu blogue por meio de outros blogues. Primeiro tenho que te dizer que seu blogue é lindo, muito cute** estou lendo-o todo. E, o motivo do meu comentário: pretendo ir estudar Psicologia na Universidade de Coimbra. O que você pode me falar dessa Universidade. Os professores são bons? tem aula de manhã e a tarde todos os dias? Como é a empregabilidade? E outra informação importante: sou estrangeira. Sabe me dizer algo de como é o preconceito com estudantes brasileiros. Desde já, obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Camila. Não conheço a universidade de Coimbra, estudei no Porto. Mas Coimbra é tradição, com uma forte ligação à academia e aos estudantes. Deve ser lindo estudar lá.

      Nunca ouvi falar em preconceito com os estudantes brasileiros. Tive vários e eram tratados com toda a normalidade.

      Boa sorte!

      Eliminar
    2. Obrigada pela resposta! Espero que eu consiga ir estudar em Portugal.

      Eliminar
    3. Camily, desculpe estar a meter-me na conversa, mas como sou de Coimbra, onde também estudei, acho que posso deixar umas dicas.

      Em primeiro, deixo aqui o link da Faculdade de Psicologia da Universidade de Coimbra. Talvez a melhor forma de conhecer esses pormenores dos horários das aulas.

      http://www.uc.pt/fpce

      De resto, acho uma óptima escolha. A Universidade de Coimbra, Património Mundial da Humanidade, é uma das instituições de ensino mais respeitadas e conceituadas.

      De resto Coimbra é uma cidade muito bonita, como pode perceber numa breve pesquisa no Google, e sobretudo estudantil. Tem a mais antiga tradição académica do país, com festas anuais épicas, e uma vida social muito activa, sobretudo nos meses lectivos (Setembro a junho/julho). Está localizada no centro do país, o que será uma vantagem se quiser ir conhecer Portugal de Norte a Sul.

      O que não é tão positivo é a questão da empregabilidade. Neste momento o país atravessa uma grande crise económica que se reflete, obviamente, numa taxa de desemprego elevada e na cada vez maior escassez de emprego, sendo que os recém-licenciados são uma percentagem significativa dos desempregados do país. Ha inclusive cada vez mais jovens licenciados a emigrar, inclusivamente para o Brasil :) claro que isso não significa que quando acabar o curso não possa encontrar emprego! Isto é só uma ideia geral.

      Quanto à questão do preconceito. Bom, regra geral, não me parece que vá acontecer, os portugueses estão muito habituados a receber brasileiros no seu país, há uma ligação muito grande, por motivos históricos mas também por causa do futebol e das novelas :) além disso, Coimbra é uma cidade habituada a receber estudantes estrangeiros, todos os anos, e parece que os números tem vindo a aumentar. Isto não quer dizer, obviamente, que não possa vir a ser vítima de preconceito. Sobretudo pelo facto de ser mulher, o que é uma estupidez - reconheço - mas é a verdade. Enfim, espero que não aconteça!! :)

      Espero ter ajudado e, caso venha viver e estudar para Coimbra, desejo-lhe toda a sorte do mundo.

      Carina

      Eliminar
    4. Vinha cá comentar, mas a Carina já o fez e muito bem. Acrescento apenas que há uns anos (cerca 5) lembro-me de ver uma notícia do bom lugar que o curso de psicologia da Faculdade de Psicologia ocupava, a nível europeu.

      Já quanto à questão do preconceito, acho que não terá problemas. Fui lá estudante (na verdade ainda sou, estou a terminar o mestrado em Direito) e sempre tive muitos colegas brasileiros, não tendo nunca sentido qualquer tratamento diferenciado dos colegas brasileiros (ou de qualquer outro país) por outros colegas e professores. Até lhe digo mais, na minha faculdade os professores costumam gostar bastante de ter alunos brasileiros.

      Por isso, acho que não tem nada com que estar preocupada. Tem uma Universidade de prestígio e excelência à sua espera :)

      Eliminar
  9. na minha familia a pessoa mais vaidosa que existe é a minha tia. acho que sai a ela, apesar de ser tia por afinidade.. beijinho

    Chocolate Rosa Menta

    ResponderEliminar
  10. Colar de pérolas é sempre um clássico e esse com um significado especial
    http://asperolaspreciosas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Para além do gosto pessoal...poder ter ao peito algo de alguém que nos é querido melhora tudo =)

    ResponderEliminar
  12. Um colar de pérolas é um clássico, mas no teu caso é um afecto!

    ResponderEliminar
  13. Os colares de pérolas já são lindos por si só, que fará com este significado.

    ResponderEliminar
  14. Essa é a melhor forma de manteres viva a sua memória.

    ResponderEliminar
  15. Olá. Desapareci uns tempos mas estou de volta. Vim deixar uma beijoca. :*

    ResponderEliminar
  16. Eu tenho um carinho enorme por tudo aquilo que a minha avó me deixou...é como se me sentisse ainda mais perto dela...

    ResponderEliminar
  17. Jóias de família são preciosidades. Use-as sempre com carinho. Amo pérolas. São lindas e muito femininas. Suaves a pele. Elegantes.

    ResponderEliminar
  18. Pena que nunca conheci a avó paterna e a materna morreu tinha eu 3 anos...
    Pior que não ter pérolas, ou qualquer outra coisa, é não ter lembranças (essas tu , felizmente, tens)...

    ResponderEliminar
  19. Só vi agora: um xi-coração apertado.

    ResponderEliminar
  20. Confesso que não gosto muito de pérolas, mas consigo perceber o teu carinho especial por elas :)

    http://miscelaneathesecond.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  21. Os objectos, jóias incluídas, têm para mim mais "valor" real pelo simbolismo, carga sentimental que nos transmitem e que nós próprios depositamos neles também, do que que proprimante o seu valor comercial.

    ResponderEliminar
  22. Para além de adorar pérolas, imagino que te tenhas sentido mais próxima da tua avó. É o que sinto pelas pessoas que amo que já faleceram quando uso ou pego algo que lhes pertenceu ou que me ofereceram.

    ResponderEliminar
  23. Também gosto bastante de pérolas :) Andei anos a tentar comprar uns brincos de pérolas de um formato que achava muito giro, quando os comprei andava sempre com eles. Hoje em dia uso em ocasiões mais especiais! Imagino que te devas ter sentido mesmo muito bem, as coisas que os avós nos deixam são mesmo muito especiais!

    ResponderEliminar
  24. Colares com história são outra coisa. Beijinho grande S*!

    ResponderEliminar
  25. Que bom... e quando são herdados até têm outro valor. Cuida bem delas :')

    Ana, xx
    http://lights-colours-sounds.blogspot.co.uk

    ResponderEliminar
  26. Também adoro pérolas, são intemporais :)

    ResponderEliminar