quinta-feira, 22 de maio de 2014

Aplausos? A sério?

Eu até entendo que as pessoas possam achar a fuga do Manuel Palito um bocado caricata. Tanta polícia, tanta coisa, e o homem esteve mais de um mês fugido.

Mas fiquei boquiaberta quando li que "Manuel Baltazar ouviu assobios e aplausos de dezenas de populares que aguardavam a sua chegada ao tribunal para primeiro interrogatório judicial, esta quinta-feira à tarde, em São João da Pesqueira" (JN).

Aplausos? O homem matou duas mulheres, porra! E só não matou as outras duas porque não calhou. Tenham tino.

60 comentários:

  1. O Manel Palito já tem página de facebook e tudo!!!!
    E diga-se de passagem que está muito bem pensada!!!

    ResponderEliminar
  2. Oh queridinha, os aplausos foram por ter sido finalmente apanhado. Nossa, que é preciso explicar tudo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leia você:

      Horas antes, Manuel Baltazar ouviu assobios e aplausos de dezenas de populares que aguardavam a sua chegada ao tribunal para primeiro interrogatório judicial, em São João da Pesqueira.

      Eliminar
    2. Só uma pessoa muito fachadinha poderá achar que os aplausos eram para congratulá-lo!

      Eliminar
    3. Nem sempre os aplausos são por coisas boas... Um exemplo: jogos de futebol onde já não se suporta o treinador. Aplaude-se e assobia-se e isso não é positivo.

      Eliminar
    4. As pessoas o acham-no um herói.
      Os aplausos eram para o Palito sim, senão vejam a reportagem da Sic e os depoimentos fantásticos daquelas que também deviam sofrer de violencia doméstica e chamarem de heróis aos maridos.
      As pessoas não batem muito bem para estes lados.

      Eliminar
    5. Entendo que fiquem incrédulos, mas os aplausos não eram de felicidade por ele ter sido capturado, senão vejam a reportagem que deu na SIC, única que vi, onde o jornalista fala com esses populares que aplaudiram que o consideram um herói!!!!! Que gente é esta??? Não percebo!! Falta de valores!

      Eliminar
    6. Anónimo, o da queridinha, leia antes de opinar: http://www.publico.pt/sociedade/noticia/manuel-palito-levantavase-de-madrugada-para-perseguir-a-exmulher-1637101

      "À sua chegada, foi aclamado por mais de 200 habitantes locais, que o esperavam. Tiraram fotos com os telemóveis, bateram palmas e também assobiaram, mas numa manifestação de apoio. Ninguém o criticava e alguns até o elogiavam."

      Eliminar
    7. Olha S*, também ia comentar se os aplausos não teriam sido para a polícia que finalmente conseguiu apanhá-lo... mas sendo assim fico estupefacta.

      Eliminar
    8. Eu estou parva... Mas que mundo e' este que aplaudem a existencia de um individuo.... de um assassino????

      Eliminar
  3. Interpretaria os aplausos como sendo pela vitória da polícia e da justiça (que tem finalmente hipótese de ser feita), nem me passaria pela cabeça que o estivessem a aplaudir, não somos assim tão estúpidos.
    -Ana

    ResponderEliminar
  4. Anónimo 1, 2 e 3 ( ;) ), leiam, senhores, leiam! Leiam e não escrevam sobre o que não sabem. Até vos ajudo... agora de outra fonte:

    http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=3928234

    "À porta do tribunal, onde "Palito" está a ser ouvido em primeiro interrogatório judicial, encontram-se cerca de duas centenas de pessoas. Quando chegou, uns não tiveram qualquer problema em aplaudir o homicída. Outros insultaram-no."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, podem ter aplaudido porque finalmente se entregou; porque se tornou uma figura mediática tal foi o circo que as tvs montaram à volta disto; porque são fãs da página de facebook lol; porque em S. João da Pesqueira não há mais nada pra fazer...ou então têm pena do homem (não entendo porquê, mas vi na tv que alguns vizinhos o ajudaram durante a fuga).

      Eliminar
    2. Ele não se entregou.

      Eliminar
    3. Foi apanhado quando foi a casa e aparentemente não ofereceu resistência. Não se entregou oficialmente mas penso que acabou por se render à evidência que não podia continuar fugido na mata ali na zona, sem um plano de sobrevivência. Mas tábem abelha...ups Mel. Ele não se entregou, é verdade. Não concordo é com a visão de que os aplausos seriam para quem o apanhou porque acho que ele se deixou apanhar.

      Eliminar
    4. Não percebi esse "ups Mel". Mas não tenha trabalho a explicar e leve a taça (seja lá pelo que for...).

      (Mas sinto-me importante hoje: já tenho dois comentários dirigidos à minha pessoas em dois blogs :D :D :D)

      Eliminar
  5. Sabe, prefiro mesmo acreditar que os aplausos foram para a policia... Beijinho, Manuela

    ResponderEliminar
  6. Neste país tudo serve para fazermos festa, para gozarmos. Esta é uma situação muito grave e não devíamos ajudar a humilhar as nossas forças policiais, mas enfim...

    ResponderEliminar
  7. Já vi um daqueles vídeos de apanhados em que um amigo classifica um tipo que acabou de despejar o carregador no bucho de outro, por causa de uma discussão de trânsito, como uma pessoa "muito meiga".
    Por isso palmas até nem está mal... o gajo só matou uma pessoa (e a sogra). Ahahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema JS são mesmo as pessoas calmas. Quando uma pessoa engole "sapos" a vida toda, no momento em que lhe saltar a tampa a probabilidade de ser da mais cruel, inumana e pior forma possível.

      A grande maioria dos crimes mais violentos ocorrem por pessoas calmas quando elas se passam.

      Eliminar
    2. É verdade, cuidado com os calados. :)

      Eliminar
    3. Pois, não era o caso do palito; ele passou a vida a atazanar todos, mulher, filho, e filha. Toda a gente sabia que maltratavou a mulher durante a vida toda! E ele dizia a toda a gente o que pensava da sogra. Claro, só poderia dar nisto! E a prova disso, foi o tempo de passou preso e o facto de ter pulseira electrónica. Calado ele não era!

      Eliminar
  8. Até pagina no Facebook...Ai credo.

    ResponderEliminar
  9. Também não atendi o porquê sinceramente, mas pronto, são mentalidades esquisitas!

    ResponderEliminar
  10. Também não consigo compreender ... Vá se lá saber.

    ResponderEliminar
  11. Verdade, aquelas "pessoas" aplaudiram-o, como que congratulando-o por ele ter escapado à polícia durante tanto tempo. Para elas ele foi um herói. Esquecem-se dos crimes que ele cometeu... Aquelas "pessoas" foram as mesmas que aos jornalistas diziam "Eu não o vi, mas se ele passasse na minha casa eu ajudava-o e dava-lhe um prato de comida!" ... Enfim, gente impossível de compreender, sem noção mesmo.

    ResponderEliminar
  12. É o país que temos. Que interesse é que tem ir para perto tribunal só para ver um alegado criminoso, que por ter andado fugido até parece ter-se tornado herói.
    Triste!
    xx

    ResponderEliminar
  13. Olha, desse eu não sabia :/ Há com cada coisa...

    ResponderEliminar
  14. Desculpem lá, mas leram a noticia?
    http://www.publico.pt/sociedade/noticia/manuel-palito-levantavase-de-madrugada-para-perseguir-a-exmulher-1637101

    "À sua chegada, foi aclamado por mais de 200 habitantes locais, que o esperavam. Tiraram fotos com os telemóveis, bateram palmas e também assobiaram, mas numa manifestação de apoio. Ninguém o criticava e alguns até o elogiavam."

    Calculo que a S* tb saiba que nem sempre os aplausos são coisas boas, mas neste caso foi de admiração mesmo....

    ResponderEliminar
  15. "À sua chegada, foi aclamado por mais de 200 habitantes locais, que o esperavam. Tiraram fotos com os telemóveis, bateram palmas e também assobiaram, mas numa manifestação de apoio. Ninguém o criticava e alguns até o elogiavam."

    By http://www.publico.pt/sociedade/noticia/manuel-palito-levantavase-de-madrugada-para-perseguir-a-exmulher-1637101

    ResponderEliminar
  16. Quando soube disso fiquei estupefacta... completamente absurdo!

    ResponderEliminar
  17. Ele, e as pessoas que lá estavam: bestas.
    Só isso.
    Inicialmente ainda pensei que os aplausos se devessem ao facto de o terem apanhado, mas pelos vistos não...

    ResponderEliminar
  18. Ele, e as pessoas que lá estavam: bestas.
    Só isso.
    Inicialmente ainda pensei que os aplausos se devessem ao facto de o terem apanhado, mas pelos vistos não...

    ResponderEliminar
  19. Aplaudiam, porque foi uma criatura que enganou durante muito tempo a polícia. Ou andaram a dormir. Não percebo como um homem daqueles, conseguiu esconder-se te tantos polícias. Até fica mal é para a policia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com tanta gente a apoiá-lo (trogloditas), a ajudarem-no a esconder-se e a alimentá-lo, esperava o quê? Se fosse noutro país com uma justiça decente, essa gentinha, sentava também o rabinho no mocho da justiça, por cumplicidade. Aqui, enfim....

      Eliminar
  20. São as deliciosas contradições da natureza humana, que tornam este mundo tão louco e fazem valer a pena cá andar. Qual foi a parte que não compreendeste?

    ResponderEliminar
  21. Também escrevi hoje um post sobre o mesmo. É uma tristeza, realmente...
    :(

    ResponderEliminar
  22. Não dá para perceber como é que uma pessoa destas é aplaudida depois de cometer dois homícidios e ter feito aquilo que fez há ex-mulher.

    Este país está cada vez pior. Como é que é possível?

    ResponderEliminar
  23. Acho que se perdeu a noção do certo e do errado e isso é mau, muito mau e muito perigoso.

    ResponderEliminar
  24. Admito que fiquei realmente chocada quando vi isso, pois acho que é uma tremenda estupidez e até tenho vergonha alheia**
    Ps: Gostei bastante do blog e segui fofa :'D

    ResponderEliminar
  25. Não me parece que ninguém tenha aplaudido o facto de ele ter morto 2 pessoas, mas sim o facto da vergonha que um único homem fez um batalhão de polícias passar. Afinal esteve "desaparecido" mais de um mês, no meio da serra, com poucos recursos, e no fundo sempre no mesmo sítio. O mesmo sítio que foi batido por homens com jipes, telemóveis, gps's, cavalos, armas e afins.
    Por muito boa que a nossa polícia seja, continua a demonstrar muitas limitações (e já não falo das financeiras, que sim, existem), como no caso dos mais mediáticos desaparecimentos como o da Maddie, Joana e Rui Pedro. Nunca encontraram ninguém, mas também nunca provaram nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Continuo a dizer: ele não esteve no mato, ele não teve poucos recursos. Efetivamente ele esteve sempre no mesmo sítio acoitado por gente igual a ele, que lhe deu comida, agasalho e conivência. A única culpa é da justiça deste país que não castiga exemplarmente quem dá guarida a criminosos e os ajuda a escapar à polícia. Fosse assim e ele há muito que teria sido apanhado! Não ouvem os depoimentos dos amigos e vizinhos? Coitadinho era tão "bom home"! Atrasados é o que eles são. Ele não matou uma pessoa no calor do momento. Planeioo um crime, matou duas pessoas, feriu outras duas, e tinha uma lista???!!!! de mais. É um psicopata e aquela gente defende-o. Sabem se constavam também da "listinha" ou alguém da sua família? Se soubessem que era assim deixariam de fazer figuras tristes e não batiam palmas.Agora é só pô-lo com termo de identidade e residência, pulseira eletrónica outra vez e, pode ser que ele termine a lista.

      Eliminar
  26. Gostava de ver se ele matasse alguém da família dos que aplaudiram!! Que nojo de gente!!

    ResponderEliminar
  27. Isto é um efeito de carneirada. As pessoas aplaudem o que lhes dizem para aplaudir. Nem pensam, aplaudem porque o vizinho também aplaudiu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo consigo. E o "efeito carneirada", ou espírito de rebanho, como eu chamo, encontra-se em todo o lado, mesmo em diversos blogs.

      Eliminar
  28. Estou até agora a tentar e retentar entender esse facto. Mas lá está, nos EUA, há mulheres a escreverem cartas e até a casar com serial killers. Portugal sempre gostou de imitar...

    ResponderEliminar
  29. Podes crer!
    Daqui a pouco voltamos ao tempo das arenas. :s

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há mulheres que são um infero um homem viver com elas, um homem passasse e depois dá nestas coisas, mas isso ninguém está haver.

      Eliminar
  30. os aplausos não eram para ele...eram para os que o conseguiram levar ao tribunal.

    ResponderEliminar
  31. "Tão ladrão é o que vai à horta, como o que fica à porta" - Não acho honesto por parte das pessoas ao apludiram um assassino. Mas afinal que valores é que essas pessoas possuem?

    ResponderEliminar
  32. Nem tenho palavras para expressar a repugnância que sinto por quem tem pena deste "animal", sem querer ofender os animais!

    ResponderEliminar
  33. É preocupante. Mas quem fez esta fantochada toda foi mesmo o governo português, com a tristeza daquelas buscas...

    ResponderEliminar
  34. As palmas não matam ninguém, pelo menos neste caso. E lá porque aplaudiram o homem, não que dizer que tenham vaiado a polícia. São circos que se geram. Mas o maior circo, é vêr o Jardim Gonçalves a escapar impune e rico, com juízes a admitir que não estão preparados para certo tipo de casos e que os advogados são melhores que eles! e ter visto há anos o casal Lagarto a esconder uma criança e a desrespeitar ordens do tribunal durante anos, face à pura ineficiência da polícia ( que agora no caso do Palito tratou de tudo em um mês). As palmas são irrelevantes.

    ResponderEliminar