quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Ordem cria "Cheque Veterinário" para tratar animais de famílias carenciadas

"A Ordem dos Médicos Veterinários vai lançar um "Cheque Veterinário" para ajudar famílias carenciadas de todo o país a tratar os seus animais de estimação, iniciando no final do mês um projeto-piloto em quatro freguesias de Lisboa.

"O cheque veterinário tem uma filosofia semelhante à do cheque dentista. Só que, enquanto o cheque dentista é comparticipado pelo Estado, o cheque veterinário é um cheque de apoio da Ordem e dos Médicos Veterinários e de outras instituições que se juntaram para poderem concretizar este projeto", revelou a Bastonária dos veterinários, Laurentina Pedroso."  In JN.

Fico mesmo muito orgulhosa. Deve partir o coração ter de tratar os nossos meninos e não ter dinheiro para o fazer. Infelizmente acontecem imprevistos e gastar dinheiro quando o mesmo escasseia pode ser muito complicado. Muita gente opta pela via mais fácil e abandona os seus companheiros. Outros fazem das tripas coração e tentam pagar as despesas, nem que seja às pingas.

Espero que em breve o Cheque Veterinário seja expandido a todo o país. As boas ideias merecem ter sucesso.

30 comentários:

  1. Uma iniciativa de louvar, sem dúvida! :)

    ResponderEliminar
  2. Excelente! Como dizes, deve ser mesmo de partir o coração não poder tratar um animal de estimação por não ter possibilidades para. :S

    The gLiTtEr Side | FB

    ResponderEliminar
  3. Acho uma excelente ideia.
    Mas a ideia que tenho é que quem menos tem é quem mais dá aos animais. Quem gosta dos bichos não os abandona.
    Há 10 anos quando adotei o meu 1º gato, o gajo adoeceu e a brincadeira ficou-me em 500€ no hospital veterinario do Porto ( depois de ter corrido n vets aqui na terrinha). Só eu sei o que passei para pagar a conta! Os animais são ums responsabilidade e que só tem quem quer. A partir do momento que tem , tem que estar consciente das despesas. nada desculpa o abandono, nada!
    Mas acho bem que esta ideia avance pelo país, há muita gente a deixar de comer para tratar os seus bichos.

    ResponderEliminar
  4. No meio de tanta crise, uma boa notícia :D. Fiquei realmente muito contente :) e que sirva de exemplo para muitas mais coisas que se pode e se deve fazer neste País.

    ResponderEliminar
  5. A OMV está de parabéns! Conheço de perto o trabalho desenvolvido por esta Ordem e creio que são uma classe que, embora haja diferentes ideologias, o bem estar animal é o objectivo de todos. =) Os patudinhos merecem!

    Maria Amor
    mariaawor.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Haja notícias positivas!!! A minha reverência à Ordem dos Veterinários!

    ResponderEliminar
  7. Fiquei super feliz com esta notícia... Acho que a sociedade começa a perceber que os animais são importantes na nossa vida e como tal merecem este tipo de iniciativas.
    http://ourchoices4u.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. oh que maravilhoso :)
    beijinhoos*
    http://thisisbeautydream.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. é um óptimo principio. Porque por muito que se ame o companheiros de quatro patas é muitas vezes complicado pagar os valores de tratamentos uma vez que não são tão baratos quanto isso.
    No outro dia fui castrar a minha cadela, foram 160€ que voaram sem mais lhes por a vista em cima, quando o gato este em tratamento, a meio do processo deixei de fazer contas para não me assustar.

    ...às vezes a inércia dos donos não é por maldade é mesmo por falta de opção.

    ResponderEliminar
  10. Finalmente uma medida decente para os animais e para quem cuida deles!

    ResponderEliminar
  11. Acho muito bem, os animais precisam de cuidados médicos e muita gente não tem dinheiro para ir ao médico, quanto mais ao médico veterinário.
    xx

    ResponderEliminar
  12. CLAP, CLAP, CLAP!
    Isto sim é uma iniciativa de valor!
    Obrigada por divulgares!

    ResponderEliminar
  13. É uma bela ideia!
    Tão bom quando surgem iniciativas destas!
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Apoiado!!!
    Venham mais iniciativas destas.

    ResponderEliminar
  15. Acho uma excelente ideia. No outro dia estava a ver o jornal da noite e estavam a falar que cada vez mais pessoas optam pela eutanásia dos seus animais porque não têm dinheiro para os tratar (e com doenças perfeitamente curáveis). Fiquei tão triste.
    Já que os veterinários/medicamentos/tratamentos são tão caros (há uns meses gastei 250€ para tratar a minha coelha que estava muito doente, e sim sei que muita gente pensa "por uma coelha?!" mas não me arrependo de nada) há que haver iniciativas como esta.

    ResponderEliminar
  16. Esta iniciativa é de louvar. O meu gato já me fez gastar um pequeno balúrdio (e tem menos de um ano). É um bichinho alérgico que tem tendência para ter doenças da pele. Felizmente sempre o consegui tratar. Mas com a crise e a inconstância dos empregos, não se sabe o dia de amanhã. Isto acaba por ser um descanso.

    Quanto àquilo que disse uma leitora mais acima, de as pessoas mandarem eutanasiar os seus animais quando as doenças deles são curáveis... Não entendo como são capazes de o fazer. Isso é atroz e desumano. Quando adoptamos um animal, ele passa a fazer parte da família. Se faz parte da família, não o vamos abandonar, nem matar, só porque o dinheiro escasseia. Há sempre uma solução. Por exemplo, explicar a situação ao veterinário, pedir para pagar em prestações, pedir ajuda a associações de animais, etc, etc, etc. Eutanasiar o animal é simplesmente cobarde e nojento e, honestamente, nem entendo como os médicos veterinários aceitam fazê-lo numa situação destas. Mas enfim... A crise, infelizmente, não é apenas financeira, mas também de valores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo. A ideia de eutanasiar um animal saudável deixa-me arrepiada.

      Eliminar
  17. que boa notícia :D
    eles também merecem!!!!

    ResponderEliminar
  18. Os meus meninos patudos tendem a adoecer quando menos jeito dá. Mas nessa altura "nem vejo se há dinheiro na conta". Pego e vou e pago o que for preciso. Eu, para mim, vou esperando (dentista, lentes de contacto, etc) mas com eles não. Parte-me o coração vê-los mal porque não se sabem queixar. Não sei se é uma mera falta de apetite temporário ou se é algo sério. Acho esta uma iniciativa FANTÁSTICA e que, espero, se alargue pelo país :)

    ResponderEliminar
  19. De louvar esta acção. Fico feliz e aguardo que se estenda à Província. :)

    ResponderEliminar
  20. Fiquei super contente com a notícia. É uma evolução neste país :)

    ResponderEliminar
  21. Como defensora da causa animal e voluntária esta notícia deixou-me mesmo feliz, pois a verdade é que o aumento do abandono de animais também se deveu muito ao facto das pessoas não terem dinheiro. Li até uma notícia que dizia que haviam pessoas a pedir para mandar abater os animais por não terem dinheiro pra tratarem deles. Esta iniciativa é mesmo de louvar.

    ResponderEliminar
  22. Devagar, devagarinho, caminhamos para um país um pouco mais consciencioso para com os animais... Muito bom! Que venham mais iniciativas como esta :)

    ResponderEliminar
  23. É uma iniciativa de louvar! Fiquei mesmo feliz ao ler isto. Nós temos 5 gatos, foram todos abandonados no bairro. É complicado dar de comer e assegurar cuidados veterinários, mas não desistimos :)

    http://miscelaneathesecond.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  24. Estava a ver que não! Uma ideia digna, finalmente. Há cada vez mais donos a eutanaziarem por falta de meios. Deve ser devastador quereres salvar o teu "amigo" e não poderes!

    ResponderEliminar