sábado, 15 de fevereiro de 2014

Mais mudanças

Por motivos muito nossos, andamos a ponderar seriamente mudar de casa. Nos tempos de correm, é complicado deixar uma casa onde vivemos à borla, mas queremos fazê-lo, mais dia, menos dia.

O meu receio é meter o meu cão num apartamento... Eu sei que imensa gente tem cães em apartamentos. Também sei que o meu cão nem sequer é grande. Mas ele é demasiado mimado e a verdade é que está habituado a ter sempre companhia. Tenho medo que ladre, que incomode os vizinhos, que arranje problemas. Por outro lado, alugar uma casa sai mais caro e obriga-nos a sair mais da cidade.

Muitas dúvidas. Mas estou ansiosa por arranjar um cantinho meu, decorado ao meu gosto, com as minhas coisas. Há males que vêm por bem.   ;)


67 comentários:

  1. Boa sorte para isso S.
    Bom fim-de-semana :D

    ResponderEliminar
  2. pode ser um processo complicado mas vai valer a pena! :)

    ResponderEliminar
  3. S*,

    Só desejo que sejas feliz, quanto ao cão não me parece um problema, os animais adaptam-se às situações...

    Beijo

    ResponderEliminar
  4. É sempre complicado ter um cão num apartamento...principalmente quando ele ainda não está muito bem ensinado a fazer as necessidades cá fora! E claro que também há a parte do ladrar, nunca sabes quem é que apanhas como vizinho.

    http://miscelaneathesecond.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Ter o nosso cantinho é muito lindo, mas as mudanças são uma coisa do diabo...ando a mudar de casa e não desejo isto a ninguém :/ beijinho

    ResponderEliminar
  6. Eu e o meu namorado também andamos a procurar casa, mas ainda não optámos se vamos comprar ou arrendar. De qualquer forma, ando super entusiasmada a procurar ideias, a fazer excursões à zara home e à loja do gato preto :)
    Pelo que contas dos episódios do teu cão, não há de ser fácil...
    Mas

    ResponderEliminar
  7. O teu cão tem muita energia e vai precisar de a queimar. Para isso vai precisar de passear. E não serão os passeios higiénicos de 10 minutos que o vão satisfazer. Vai ser preciso pô-lo a correr e a cheiretar uma boa meia hora logo pela manhã e ao final do dia, no minimo, outra meia hora. Vai precisar de correr, saltar, cheirar e confraternizar com outros cães.
    Amo cães de paixão, mas desde que vivo em apartamento que não os tenho. Sei que não teria tempo nem a disciplina para esse compromisso diário faça chuva, faça sol. Obvio que mesmo tendo vivenda eles precisam de saír à rua, mas não é como estar confinado no apartamento.
    Esse canito não é fácil e tu sabes disso, e o apartamento pode ser um desafio muito, muito grande! Ponderem a hipotese de outra casa...

    ResponderEliminar
  8. Não aconselho nada mas mesmo nada. Fala a voz da experiência quanto ao cão. Mas também não gostava de viver num sítio que não fosse decorado e aconchegado por mim. Boa sorte!

    ResponderEliminar
  9. é muito bom termos o nosso cantinho! e vais ver que ele se adapta rápido ;)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Pode ser complicado ao início porque está habituado a ter mais espaço.. Mas como dizes, há muitos cães a viver em apartamento.. Por isso, o Pirata também se vai habituar. :)

    ResponderEliminar
  11. Grandes mudanças que corra tudo pelo melhor amiga!

    ResponderEliminar
  12. É pesarem bem os prós e os contras e tomarem uma decisão.Viver numa casa decorada por nós sabe muito melhor, resta saber se é a altura certa e se não vão ter problemas com muito mais despesa todos os meses.
    xx

    ResponderEliminar
  13. faz bem as contas, pondera bem...
    De certo que vão arranjar a melhor solução.
    bjs

    ResponderEliminar
  14. Decisões... Nem sempre são fáceis de tomar! Mas a seu tempo a resposta certa virá! Boa sorte :)

    ResponderEliminar
  15. Não será mais fácil falar com os teus tios e mudar a decoração da casa? Ou é por gastarem muito dinheiro em deslocações? Realmente o melhor é fazer as contas...e pensar que três animais num apartamento não é a melhor opção, especialmente com um cão assim meio carente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana, eu posso mudar a decoração da casa... mas não quero desmontar móveis enormes, porque não sei se não os estrago. ;)

      Eliminar
    2. Podes sempre contratar alguém que o faça de forma profissional. Desmontar, embalar e armazenar, ficar-te-à sempre muito mais em conta.
      Claro que só vocês saberão o que é melhor para a vossa vida e quais os reais motivos, ms trocar uma casa de borla por uma renda que te leva boa parte do orçamento mensal, no meu ponto de vista requer um um motivo um bocadinho mais forte do que simplesmente saber se o sofá é mais ou menos ao meu gosto ou o armário da sala mais ou mimos antigo.
      Sem falar no tipo de susceptibilidades feridas para quem te emprestou a casa com a melhor das intenções.

      Eliminar
    3. Claudia, a decisão nada tem a ver com a decoração da casa... é bem mais complicado. Vamos ponderar.

      Eliminar
    4. Mas como sabe a Ana, do nada, que moras em casa dos teus tios? Eu não sabia!

      Eliminar
    5. Porquê, anónimo? Achavas que ela tinha dinheiro para uma casa daquelas?

      Eliminar
    6. Mas algum dos anónimos já visitou a casa onde eu vivo e não me avisou?

      Eliminar
    7. Basta acompanhar o que a S* escreve para o saber...enfim.

      Eliminar
    8. É o que dá expor a sua própria vida num blogue e esquecer-se que isso fica visível para toda a rede. Fotos, lembras-te? Estás farta de publicar fotos.

      Eliminar
  16. Por um lado, apesar de em regra as casas serem mais caras que os apartamentos, o facto de se distanciarem da cidade também acaba por "embaratecer" a coisa, e podes jogar com isso, procurar algo intermédio.
    Em relação ao cão, podes sempre ir treinando confiná-lo numa certa área da casa, no caso de ires mesmo para um apartamento, para que se habitue a um menor espaço. Não é só o facto de ele necessitar de diminuir o seu espaço e incomodar os vizinhos, tens de ter também em conta que ele pode estragar mais a casa por se sentir com menos espaço, o que não é nada bom quando temos de prestar contas a senhorios...

    Boa sorte para a próxima fase :)

    ResponderEliminar
  17. A minha cadela (era pequenina) esteve a vida toda num apartamento, foram 15 anos. Contudo, foi sempre educada a não fazer barulho e a verdade é que ninguém dava por ela (e até deixou entrar uns ladrões)! Contudo, sei que seria mais feliz se tivesse um espaço maior.

    Boa sorte para a tua decisão! :)

    ResponderEliminar
  18. Penso que não existe lugar perfeito, mas existe melhor lugar. Se fores para um apartamento que satisfaça as tuas necessidades, pode ser muito bom.

    ResponderEliminar
  19. eu dava tudo por poder morar numa moradia com o maravilhoso jardim e quintal que tu tens! mas cada um sabe de si :) boa sorte!

    ResponderEliminar
  20. Acho bem que tenham o vosso espaço e que seja mesmo vosso. Às vezes, não obstante serem família chegada, ao fim de uns tempos de "favor" também os cansa e compreendo que queiram um sítio que possam chamar de vosso. E se não for nada disto, não interessa, porque se o estão a ponderar é porque a situação atual não é a preferível. Mas quanto ao cão, acho que devias procurar o veterinário dele e expor estas angústias porque pode haver formas de o acalmar ou entreter enquanto não estão. Nem que tenham - se for possível - que esperar mais uns mesitos para uma mudança.

    Em todo o caso, a maior das sortes!

    ResponderEliminar
  21. Arrenda-se bens imóveis. Aluga-se bens móveis. Portanto: arrendar uma casa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cheira-me a caloiro de Direito...

      Eliminar
    2. Mel, cheira-me a pessoa sem muito para fazer.

      Eliminar
    3. olha e tu tbm deves ter muito que fazer... andas smp no blog... e essa mel tbm deve ter mt que fazer, sempre a defender... coitadita

      Eliminar
    4. Está-me no sangue sair em defesa, sou advogada! eh eh eh

      Eliminar
    5. Cheira-me a uma pessoa informada, mais nada. Este blogue é um poço de maldade, principalmente por parte da autora. Enfim, eu gostei de aprender a diferença. Isto dos blogues não pode ser só fotos de comidas e de cães.

      Eliminar
    6. Ao 2º anónimo: embora admita outras interpretações, o meu comentário não teve pingo de maldade, embora o reparo feito esteja certíssimo, é um erro banal entre os não juristas e a correção banal entre os que começam a dar os primeiros passos. Reparo sempre neste erro (por exemplo, quando leio anúncios) mas nunca faço reparos. Demasiado banal. Faz-me alguma confusão quando dito por quem tem o dever de o saber de modo irrepreensível, mas não quando "o comum mortal" o diz. Quando andava na faculdade, eram os alunos do 1º/2º ano que se apressavam a corrigir. Daí o meu comentário, tive um deja vu! Sem maldade que, não obstante o "coitadinha" que me atiraram, muito raramente me assola. Nem sequer vi maldade no comentário do anónimo acima, mas acho que se queremos corrigir alguém em público, faça-mo-lo com algum tacto.

      Quanto ao que deve ser um blog, pois que não lhe sei dizer, nem sequer tenho blog!

      I rest my case!

      Eliminar
  22. Eu recordo-me dos vizinhos do meu sogro terem um cão e com uma bebé a passar lá o dia e a tentar dormir com um cão a ladrar,uivar e a fazer barulho a correr...

    ResponderEliminar
  23. Durante o dia ele fica fechado em casa ou deixa-lo vir para o jardim? É que se está habituado a estar fechado em casa, não lhe vai custar tanto a habituar-se, mas se pode andar livremente pelo jardim, vai ser muito complicado.
    Fala com a veterinária e vê se te sugere alguma coisa...

    ResponderEliminar
  24. Bem,tens de o educar para um apartamento...

    ResponderEliminar
  25. Querida, é mesmo arrendar que se diz :). Aprende, senhora sabichona ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Patetice o q? A senhora teem razao. É arrendar

      Eliminar
    2. Leia lá de novo. A patetice é a última frase. ;)

      Eliminar
  26. E achas mesmo que o pirata se vai aguentar num apartamento sem fazer barulho? É que pelo que contas ele não é um cão fácil nem sossegado.

    AnaC

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AnaC, eu acho que ele vai acalmar com a idade... acho!!

      Eliminar
    2. O problema é que enquanto não acalma os vizinhos não têm obrigação de o aturar. Eu tive um vizinho que arranjou um cãozito que ladrava noite e dia. Só durou uns dias porque eles já tinham alugado uma casa, e por 7 ou 8 dias a coisa aturou-se, mas acredita que ninguém estava disposto a aturar por muito mais tempo. E olha que eu gosto de animais, mas há situações em que tem de prevalecer o bom senso. No vosso caso eu tinha medo de enfiar um cão com esse perfil num apartamento.

      AnaC

      Eliminar
    3. AnaC, se nao achasse o mesmo não estava com dúvidas... ;)

      Eliminar
  27. Eu tomei a opção, há pouco mais de um ano, de sair de uma casa que não pagava, e que partilhava com namorado, mano e cunhada, para ter mais privacidade e termos as coisas à nossa maneira.
    Claro que custa pagar renda quando tínhamos a opção de não o fazer, mas há coisas que o dinheiro não paga, e eu não me arrependo nem um segundo da opção que tomámos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gelatina, podes crer. Há coisas que não se pagam. <3

      Eliminar
  28. Apaguei um comentário por lapso. :(

    ResponderEliminar
  29. Pareces uma miúda ajuizada e com bom senso por isso creio que refletirás bastante para não te precipitares. Porque não uma solução intermédia tipo apartamento com terraço? Os meus vizinhos têm um retriever e ele aguenta-se bem no apartamento. Também há caniches que infernizam a vizinhança toda, não há como saber á partida se vai correr bem ou mal, mas ele ainda é novo pode adaptar-se

    ResponderEliminar
  30. Olá! eu tenho 3 cães pequenos num apartamento; tenho um grande terraço, mas eles gostam mesmo de estar dentro de casa. Nenhum dos meus cães me parecem ter o feitio do teu. Os meus cães são passeados 4 vezes por dia, voltas relativamente rapidas e higiénicas. Eles precisam é de amor e carinho, o espaço, penso, não será tão importante. Importante sim, é teres tempo para ele e para passear com ele. Como é muito ativo, precisa de gastar as energias. Como já foi castrado, deve acalmar entretanto. A minha experiencia com animais (cães) diz-me que eles se habituam rapidamente. Desde que estejam com os donos, estão bem! Boa sorte na decisão! Cláudia F.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo. O problema é que o mais-que-tudo trabalhou em casa durante vários meses e o Pirata esteve sempre com companhia. Será difícil desabituar-se...

      Eliminar
    2. Ai.. reza para que o teu Pirata tenha juízo :D

      Eu tive uma experiência bastante desagradável com cães em apartamentos.. Ao meu lado vivia uma senhora já muito velhinha e o seu neto, mas como ele estava pouco tempo em casa, arranjou-lhe um cão para fazer companhia. Acontece que ela faleceu algum tempo depois e o cão, como se sentia sozinho, ladrava noite e dia, só quando o dono chegava a casa, às tantas da noite, é que acalmava.. foram ANOS disto. Piorava quando os restantes cães no prédio decidiam juntar-se à sinfonia..
      A minha sorte eram as horas que estava fora para trabalhar, que o cão fazia uma barulheira infernal.. aos fins-de-semana tinha que sair de casa porque às vezes já não aguentava mais. Eventualmente começou a ficar sossegado, mas demorou demasiado tempo.

      Nunca cheguei a fazer queixas às entidades competentes porque gosto e tenho respeito pelos animais, mas acredita que não foram poucas as vezes que isso me passou pela cabeça, em desespero.. :/

      Eliminar
  31. Muito bom, isto tudo: é claro que como a mana se vai mudar, tu também tens que te mudar. Não consegues ter um pouco de personalidade própria?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só me copia, mesmo!!!

      Aqui a mana vai mudar por necessidade de poupar uns trocos numa renda altíssima, ela vai mudar porque quer e quando for possível.

      Mas uma coisa é curiosa, talvez pelo facto de sermos gémeas: muitas das coisas mais importantes da nossa vida aconteceram em simultâneo. Não é por querer, é por coincidência. Coincidências essas que começaram logo em pequeninas e que fazem a relação de gémeos uma coisa tão especial. :)

      Eliminar
    2. Há gente que nunca vai entender.

      Eliminar
    3. Tu és muito melhor do que ela. Em tudo.
      Ela imita-te. Em tudo o que pode/consegue. No que não pode/não consegue, esforça-se (bastante) por fazê-lo. É essa a razão pela qual muitas das coisas vos aconteceram em simultâneo.

      Eliminar
  32. Caramba pá há comentários que enervam! Para quem nunca teve a viver "de favor" pode não saber mas nem tudo é um mar de rosas. Eu tive no apartamento duns tios do meu marido, restauramos o apartamento consoante as nossas posses (estava desabitado há 20 anos), colocámos tudo o que podíamos, fizemos o nosso melhor, pedimo-lhes que nos fixassem uma renda e no final nós é que sabemos o que passamos. Afinal depois de estar restaurado já era "novo" e já era bom demais para nós.

    Se fosse hoje jamais teria aceite tal coisa, jamais teria gasto o meu dinheiro na casa dos outros (andávamos a tentar pagar o favor) e no final ainda tentaram dizer mal de nós (safou-nos a família e os vizinhos que repuseram a verdade perante muitas pessoas a quem eles andaram a mentir e a inventar).

    Por isso, não falem do que não sabem. Vocês sabem lá quais as motivações para ela ir mudar de casa. Irra!

    S* espero que tenhas sorte e que o pirata se habitue. Quanto a mudar de casa pensa nos prós e contras e lembra-te que há coisas que não se pagam e a nossa felicidade e privacidade é uma delas. Boa sorte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não vivo por favor, vivo porque o meu tio tem todo o gosto em me ceder uma casa que estava desocupada. Mas por coisas cá minhas, pretendo mudar quando as finanças o permitirem. As pessoas exageram logo, caramba. Posso mudar-me no próximo mês ou daqui a um ano... não há pressa. ;)

      Eliminar
  33. Vivo onde quero e tenho sorte em estar numa casa boa. O que decidir daqui para a frente é cá comigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o que eu acho também. Por essa mesma razão é que não percebo porque publicas no blogue.

      Se achas que ninguém tem nada a ver com o assunto e não te queres sujeitar à crítica, porque vens para aqui escrevê-lo?

      Se vens para aqui contar a tua vida, então depois aguenta-te à bronca!

      Mas, pronto, depois de a tua irmã falar em mudanças, tu não te podias deixar ficar atrás, não é?

      Eliminar
  34. Eu vim viver para uma casa que é dos meus sogros, mas não tinha móveis nem nada, fomos nós que a decorámos. Apesar de nos terem feito a proposta de ficarmos aqui sem pagar nada, eu fiz questão de pagar renda como qualquer outro inquilino e ainda bem porque as coisas entretanto azedaram entre nós e era mais uma coisa para me atirarem à cara. De qualquer modo também não vejo a hora de sair daqui, apesar de não dever nada a ninguém e de ter a casa decorada como queria, não gosto de estar num espaço que é deles. Agora tenho outro problema, vou ter de arranjar uma casa em conformidade com os móveis que tenho, não vai ser fácil. Já vi algumas e não dá, as divisões são pequenas.

    ResponderEliminar