terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Ingratidão... ou então não!

 

Anda por aí uma polémica que até me enerva.

Na semana passada, a Sic fez uma grande reportagem (salvo erro, de três episódios... apesar de eu só ter visto um) sobre os ex-jogadores de futebol que acabam na miséria, apesar de terem ganho milhões.

Um dos casos foi o do ex-jogador António Veloso, que jogou no Benfica. Veloso pai é o progenitor de Miguel Veloso filho, que pelos vistos é o segundo jogador português que mais dinheiro faz por mês. 400 mil euros por mês, julgo que foi o que li.

Então as pessoas ficaram muito indignadas. Fui espreitar o Facebook do Miguel Veloso e fiquei chocada. "Tem vergonha na cara, ingrato, não cuidas do teu pai". "Filho és, pai serás, a vida vai castigar-te". Entre muitos insultos, acusam o rapaz de ser um ingrato, por alegadamente não ajudar o seu pai.

O que esta gente sem vergonha parece desconhecer (ou então sabem e não acham relevante...) é que o Veloso-pai fanou os dois filhos. Eu não quero saber se o homem gastou o dinheiro em mulheres e bebidas (que é o que consta). Não quero saber se trocou a esposa por outras mulheres. Isso são erros, mas tudo bem, perdoa-se.

Agora roubar os filhos? Pelos vistos o Miguel Veloso até aceitou enquanto foi roubado... Ainda tolerou que o pai andasse a viver às suas custas (pronto, se o filho podia, tudo bem). Mas o Veloso pai, coitadinho, homem tão digno, teve a lata de roubar os 25 mil euros que a filha mais nova (irmã do Miguel) tinha numa conta. Dinheiro que era para a rapariga estudar.

Pois certamente que o Miguel tem muito mais dinheiro para investir na irmã... Mas o gesto do "pai" é chocante. Isto não é de pai, é de crápula. 

As revistas adoram escrever artigos com títulos apelativos como "Miguel Veloso deixa o pai passar fome"... Mas esquecem-se de contar tudo o resto.

49 comentários:

  1. É mesmo só para vender que fazem isso. É a bela imprensa que temos e os opinantes de bancada.

    ResponderEliminar
  2. Também já conhecia a história, ele chegou a comentar no facebook dele quando a polémica aconteceu aqui há uns meses. E disse que agora ajudava a mãe e a irmã, e que o pai deixou de o ser quando fez o que fez à irmã (e também teve um filho fora do casamento, não sei se isso ajudou à festa).
    E acho muito bem. Eu faria o mesmo. Igualzinho.

    ResponderEliminar
  3. Esquecem-se que se o filho tem obrigações para com o pai, mais devia ter o pai para com os filhos.
    Já tinha ouvido qualquer coisa, mas não sabia pormenores.
    Já aqui há uns anos aconteceu o mesmo com o "Pequeno Saúl". O puto ganhou uma fortuna com o bacalhau quer'alho e o pai esturrou tudo. Dito pelo Saúl, na televisão, quando foi ao banco tinha 12€ na conta. É preciso ser uma pessoa muito vil para fazer isto a um filho. Devia ser deixado a morrer à fome, com o raio que o parta. :$

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JS, tal e qual. Os laços de sangue não toleram tudo!

      Eliminar
  4. Não é nada comigo mas até me incomoda ver o que as revistas escrevem para vender revistas. Que o Miguel tenha muito sucesso e que não encontre, ao longo da sua vida, gente parecida com o seu pai.

    ResponderEliminar
  5. Ora aí está algo que eu não sabia e aqui me confesso igual a tantas outras, porque o meu pensamento foi esse mesmo, se o Miguel veloso até ganha bem, porque raio não há-de ajudar o pai, mas depois logo mordi a língua e pensei, deixa-me ler o resto, se calhar até estão zangados.... Não fazia a mínima ideia.... Ser figura pública deve ser bem complicado, ser sempre alvo de escrutínios e julgamentos, sem se ter acesso a todas as partes e versões envolvidas em cada situação.... :(

    ResponderEliminar
  6. Um destes jogadores ao qual a SIC fez reportagem, eu conheço pessoalmente, sei toda a historia, todo o percurso até aos dias de hoje. Ganhou muito, muito mesmo, grande fama por essas terras, mas... ignorou toda a familia, era ele e mais nada. Hoje teve que voltar para a familia. Eu no caso da familia, se calhar voltava-lhe as costas, ignorava-o, mas sei que o receberam de braços abertos, mas isso é uma historia diferente. Neste caso aqui da historia eu concordo totalmente com o Miguel Veloso, pelo que me apercebi, o pai quase nunca estava presente, eram festas e outras companhias, e pior ainda, roubou quem nunca deveria de roubar, os filhos. Mas sabes como são as revistas cor de rosa, adoram mexericos e quando mais drama/choro mais escrevem sem olhar a meios.
    xoxo JoID

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jo, fico revoltada. Essa gente nunca muda.

      Eliminar
  7. As letras servem apenas para dar de engodo aquilo que as pessoas procuram. Infelizmente. Eu soube mais ou menos desta história e cheguei a falar no blog numa altura em que o próprio Miguel desabafoiu no facebook.
    Acho triste isto poder acontecer entre pais e filhos, acho muito triste um pai conseguir fazer aquilo aos filhos e muito mais triste são as pessoas que não interessa o teor, interessa chegar a um sitio onde conseguem escrever e mandar uns bitaites para se sentirem bem...

    ResponderEliminar
  8. Eu não sabia que ele tinha roubado os filhos....!! Se calhar pensava que por o filho estar a ganhar tanto dinheiro ele também teria o direito de gastar o dinheiro do filho como quisesse...ainda tem é muita sorte de ir almoçar todos os dias a um restaurante onde não paga nada...:-)
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Laura, ele nem precisava de fazer mais nada... bastava-lhe ser um verdadeiro pai.

      Eliminar
  9. Enfim... esta gente muito gosta de julgar.

    ResponderEliminar
  10. Que crápula... Ora se fosse meu pai eu também o mandava plantar batatas se me fizesse isso. Chamem-me ingrata...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer. Era o que me havia de faltar.

      Eliminar
  11. Uma estupidez fazerem isso ao rapaz. Enfim.

    ResponderEliminar
  12. Tipico da imprensa cor-de-rosa portuguesa!

    ResponderEliminar
  13. Para mim isso é o carma do Veloso-pai e não a premonição do que acontecerá ao Veloso-filho!

    ResponderEliminar
  14. A imprensa só conta o lado da história pior... Arranja maneiras de distorcer a realidade para ganhar mais audiências...

    ResponderEliminar
  15. Infelizmente é a mais dura realidade, adoram falar sem conhecer e julgar sem perdão.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  16. Não o terem metido na cadeia já é uma sorte!

    ResponderEliminar
  17. As revistas são uma vergonha. Os comentadores de internet em fúria também. É o fim dos tempos!!!!

    ResponderEliminar
  18. não sabia deste lado da história. realmente é revoltante!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  19. O Veloso pai nunca foi o chefe de família exemplar que queria fazer transparecer quando jogava no benfica. A minha mãe conhece bem a mãe do filho que este teve fora do casamento e enfim, é bem traste o senhor. O Miguel Veloso não me parece o tipo de miúdo que deixasse o pai passar necessidades se não tivesse razões de força muito maior. Achei ridícula essa reportagem em que o Veloso de veio fazer de vítima e a imprensa ainda lhe deu tempo de antena sem expor todos os contornos da história. Enfim...

    ResponderEliminar
  20. Pelo que dizes...então nãoooo!!!! Revistas... e mau jornalismo...então simmm!!!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  21. Infelizmente, muitas pessoas pensam que basta partilharem o mesmo ADN para que lhes seja tolerado tudo. Na minha opinião, os laços de sangue não se devem sobrepor ao respeito.

    ResponderEliminar
  22. Não tenho pena nenhuma do Pai-Veloso. A única coisa de boa que, aparentemente, fez foi o filho e mesmo aí teve ajuda.

    ResponderEliminar
  23. Esta comunicação social publica mentiras e o que o público sabe fazer é condenar e julgar sem sequer se preocupar em ir informar-se sobre.... :|

    ResponderEliminar
  24. as pessoas às vezes [muitas vezes] falam do que não sabem :) talvez o senhor só tem o que merece

    ResponderEliminar
  25. haha, inacreditável. Também já tinha ouvido uns rumores do Pai-Veloso-Ladrão. Comentários no facebook só com estupidezes é o mais normal, então nestes casos ninguém perdoa!

    ResponderEliminar
  26. Eu com um pai assim também não ajudava. Sou sincera!

    ResponderEliminar
  27. Qual é o pai que rouba um filho?
    Por favor.
    Não tenho pena do pai!
    ***

    ResponderEliminar
  28. Ainda por cima o Miguel Veloso apoiou logo a irmã e a mãe assim que a família entrou em rotura, e tanto quanto sei continua a apoia-las, se ele fosse assim tão mau tinha virado as costas á família toda.

    ResponderEliminar
  29. Hummm, pois tb há a versão contrária. Veloso-pai terá tido um problema no mundo empresarial e passado tudo para o nome dos filhos. Posteriormente terá tentado reaver, nomeadamente a casa, porque tinha ficado com uma procuração para poder recuperar o bem e aí deu-se a confusão. Qual das versões será a correcta? Não sei, mas acho triste. Também eu acho que os laços de sangue não são tudo e tenho exemplos disso mesmo muito perto, mas muito perto mesmo. Sinceramente, essas reportagens com os jogadores deixam-me com sentimentos contraditórios. Se por um lado, tenho pena, por outro, acabo por culpá-los pelo seu infortúnio. Ganharam mais dinheiro num mês do que muitos de nós num ano e sem quase saberem ler ou escrever! Não procuraram tornar-se mais educados, não usaram o dinheiro para adquirirem mais formação, gastaram em carros e vida faustosa e quando acabou a carreira, deitaram as mãos à cabeça. Tenho pena sim de quem nunca teve nada...agora quem teve e não soube gerir, só se pode queixar de si próprio!

    ResponderEliminar
  30. Já sei desta história ao tempo e se fosse meu pai também não lhe dava nem uma codea de pão seco. Ladrão ordinário e vigarista está a ter o que merece. E as revistas tem culpa porque ao escreverem ja estão a julgar o rapaz com esses titulos sensacionalistas e bacocos.

    ResponderEliminar
  31. Estou de acordo contigo, infelizmente familia não se escolhe

    ResponderEliminar
  32. Diz-se que "quem está no convento é que sabe o que lhe vai dentro" e é bem verdade. Acredito que haja responsabilidades e erros de parte a parte e que nem tudo será preto e branco. Sobretudo nas relações familiares, e quando envolve dinheiro, há muitos tons de cinzento.

    ResponderEliminar
  33. As revistas escrevem os títulos que vendem... não se preocupam em saber a verdade.
    Eu não tenho pena nenhuma do senhor... Não é pelo facto de ser pai biológico que pode fazer tudo e ser perdoado... Isto das ligações de sangue tem muito que se lhe diga...

    ResponderEliminar
  34. o que as revistas fazem para venderem mais

    ResponderEliminar
  35. O pai não roubou nada.Pôs tudo em nome do filho e depois voltou a pôr em nome dele.O filho sempre esteve do lado da Mãe que é Jeová e fez sempre a vida no inferno ao Pai.Os mais antigos sabem a história desta família.

    ResponderEliminar
  36. estes assuntos que metem dinheiro, gente famosa e problemas, são ingredientes muito queridos para encher bancas de quiosques.

    ResponderEliminar
  37. O Cadete é meu conterrâneo e quando ouvi falar dessa história, fiquei parva. Acho que já lá vive com os pais em casa e tudo.

    ResponderEliminar
  38. Há muito tempo que o Veloso se vitimiza com essa história. Já fez umas quantas capas de revista.

    ResponderEliminar
  39. Fonix, não sabia dessas parte do Veloso pai!!! Ando mesmo desactualizada ;)

    ResponderEliminar
  40. Verdade! O mesmo diziam na altura, quando C.Ronaldo não ajudava a avó e mais uns quantos que tais. Se as pessoas nunca foram dignas e sim uns crápulas acho muito bem que não se ajude. Não é agora, depois de muito esforço da parte deles, ou seja de quem for, que os coitados têm que ajudar tudo e todos. Não querem, pronto. Estão mais que no direito deles. Eu fazia o mesmo.

    ResponderEliminar
  41. Continuo a achar que nós, do lado de cá, não sabemos da história a metade. E a verdade é que há muitas versões. Por isso atenção às verdades que achamos absolutas, sejam de um lado seja do outro.

    ResponderEliminar