terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Outro facto natalício

Quando as prendas compradas por toda a minha família se juntam, parece o Monte Evereste das prendas! Ansiosa por abrir as minhas. 

6 comentários:

  1. Cusca! Pior que os rebentos que tenho aqui em casa que parece que se plantaram junto à árvore de Natal.

    ResponderEliminar
  2. Por aqui está igual! E somos pouquinhos :)

    www.prontaevestida.com

    ResponderEliminar
  3. hahaha...acho que assim é que tem graça :)

    ResponderEliminar
  4. Deves estar enganada ;)
    O monte Everest está cá em casa ihihiii.
    O chato este ano é que está quase garantido que do monte todo não há nada que realmente «preste». Ou seja: estou ansiosa para ver abrir os meus presentes mas não conto com nada especial de ninguém para ninguém. Pelas conversas que ouvi sobre o Natal e os presentes, com todos a dizerem que estavam mal de finanças e que não tinham muito para gastar debaixo de todo aquele papel e saco bonitos deve revelar-se toda essa "sovinice", por assim dizer.

    E eu não ligo mesmo nada a isso (das prendas terem valor, serem caras, ou de grife etc). No entanto entristece-me só de imaginar, tudo devido ao que ouvi, as lamúrias que escutei e as coisas que cá sei. Porém, daqui a 10h, quando as formos todas abrir, tenho a certeza que irei gostar e apreciar o momento em toda a sua simplicidade e simbologia.

    ResponderEliminar
  5. ahah, é mesmo verdade... e eu adoro estar ali olhar para elas, observar os embrulhos, as etiquetas, de quem para quem e, como não poderia deixar de ser, amo o momento da distribuição *.*

    ResponderEliminar