Avançar para o conteúdo principal

Mimos

Já recebi o meu primeiro presente de Natal. Um presente de Natal vindo de uma pessoa muito querida, que conheci nos últimos meses e passei a admirar.


Anel do laço trabalhado a filigrana, em prata rosa. Um mimo!

Comentários

  1. Gosto:), mas não de ver os dois (anéis) juntos:)

    As tuas unhas ficaram fofas:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suricate, nem eu. Mas a "aliança" nunca a tiro, e o único dedo em que me sinto confortável a ter um anel, é mesmo o do meio. :P

      Eliminar
    2. Sempre conseguiste ter um anel de comprometida. :) É giro. E conseguiste fazer com que o rapaz escolhesse e to oferecesse ou tiveste de ser tu a comprá-lo? :)

      Eliminar
    3. Tété, eu queria ter um anel de comprometida, mas obviamente nunca seria eu a comprá-lo. O namorado escolheu sozinho. <3

      Eliminar
    4. É muito bonito (pelo menos por esta foto parece) e é um anel que não grita "aliança" e eu gosto disso!

      Quanto ao dedo do anel, se só gostas de usar no dedo do meio, bem... Tens dois dedos do meio :P

      Eliminar
    5. Mel, por acaso ontem já usei na outra mão. Mas eu sou canhota, por isso dá-me mais jeito usar os anéis na mão direita... à excepção da aliança, claro. :) E tens razão, o que eu mais gosto na aliança é o facto de não parecer uma aliança. Para nós, que sabemos o significado dela, é que o é.

      Tété, obrigada. <3

      Eliminar
  2. Que lindo :)
    Em relação ao post anterior, coitadinho do Pirata... Raio do cão da vizinha precisa mesmo de educação...

    ResponderEliminar
  3. É extremamente irritante e é coisa para me deixar chateada !
    Adoro o anel :) *

    ResponderEliminar
  4. O anel é muito giro mas as unhas batem tudo, adorei e nota-se uma diferença estrondosa desde que começaste a usar o gelinho.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Tão fofinho o anel! =))
    Um beijinho d'A Gata *

    P.S.: Estou a pensar sortear um header feito à mão, tipo o meu, mas bem ao gosto da(o) sorteada(o). Gostavas de ter um? Tens algo idealizado mas que não encontras imagem na net e a solução passa por construir a imagem? Fica atenta, porque em breve o sorteio será lançado! =)

    http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Adoro o anel, lindo lindo!
    Sabes de que marca/loja é? A minha melhor amiga derrete-se por laços e acho que era um presente fabuloso ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O anel? É de uma ourivesaria cá de Viana. É baratinho, julgo eu... 35 euros, penso!

      https://www.facebook.com/ourivesariadeprata

      Eliminar
  7. Que excelente forma de enaltecer e filigrana portuguesa.

    ResponderEliminar
  8. Muito lindo e adorei as unhas.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. As unhas estão muito bonitas e os anéis são fantásticos e maravilhosos,gostei bastante.

    ResponderEliminar
  10. Adoro o teu anel...ou não fosse eu uma viciada em filigrana, tenho um conjunto de fio e brincos comprados mesmo em Viana, terra que adoro, apesar de eu ser do sul.
    Ja so me falta o anel, porque nunca tinha visto nenhum de que gostasse...Até ver o teu...
    É LINDO...
    fui ver o facebook da ourivesaria, mas eles teem la 2 modelos, o teu é qual?o medio ou o grande?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Brigitte, o meu é tamanho médio. O grande é mesmoooo grande, não é tão prático. É lindo, vale mesmo a pena.

      Eliminar
    2. desculpa estar a chatear de novo, mas como é o sistema de tamanhos?é daqueles ajustaveis a qualquer dedo? ou é mesmo por numeros?

      Eliminar
    3. Brigitte, é ajustável ao dedo, pelo que serve a qualquer uma. ;)

      Eliminar
    4. É mesmo o unico senão, não sou fã de aneis ajustaveis, faz-me lembrar aqueles que saiam na Bravo e na Ragazza quando era miuda, e tava sempre a alargar...:)
      Mas continua a ser lindo na mesma.

      Eliminar
  11. Que lindo!!! Já estou a seguir a página no facebook. Têm coisas lindas. :)

    ResponderEliminar
  12. Adoro lacinhos!! Que sortuda, prenda linda!

    ResponderEliminar
  13. o pirata é um castiço!
    bjinho e um natal mto feliz assim como um novo ano 2014 com tudo do bom e do melhor p ti!

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã.

Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte?

Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria.

Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

O que é nacional é bom

Anda Portugal a usar cestas desde sempre e esta vossa S* a usá-las há sete ou oito anos... e vem agora a Carolina Herrera descobrir a pólvora (imagens acima).
Por favor, acho isto verdadeiramente errado. A desfaçatez que é pegar em algo tradicional de um país e de o apresentar como uma "criação"... Ainda por cima chamar-lhe "Aveiro"... E em nenhum sítio dizer que tem inspiração portuguesa.
E a pechincha que está? Quase 500 euros por uma cesta. Não tinha nada contra o preço... se efectivamente fosse um produto de original.
É só googlar "cesta portuguesa" e encontram-se imensos exemplares realmente nossos... E sem custarem quase um salário mínimo.
Querem cestas de classe? Então comprem das nossas. Das verdadeiras. Cópias descaradas? Não, obrigada.
Sugiro a Victoria Handmade. Não são caras, são dispendiosas e têm o preço do que é realmente bom. São feitas à mão, são portuguesas e assentam na nossa tradição. 

Voltar ao início

Depois de quase 9 anos e meio de relação, não vamos fingir que são tudo rosas. Ultimamente, temos até de admitir que têm sido mais os dias maus do que os dias bons. As chatices do dia-a-dia, os remorsos, os ressentimentos, os problemas a que somos alheios mas que nos afectam... Não é fácil de gerir e mentiria se não admitisse que já pensamos "será que vale a pena?".
Da minha parte, apesar dos momentos menos bons, continuo com a nítida percepção de que é um bom homem, com bons princípios, e que dificilmente encontraria companheiro que encaixasse tão bem em mim (que eu sou osso duro de roer, no que toca ao convívio caseiro).
Vale sempre a pena, porque não perdemos esta capacidade de nos reencontrar e voltar ao início. Enquanto soubermos olhar um para o outro e reconhecer o valor um do outro, vale mesmo muito a pena.