segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Homens...

Nunca vi pessoa mais pachorrenta e mais tolerante com os animais como o mais-que-tudo cá de casa.

É tão totó, meu Deus. O cão ferra-lhe as calças todas, ataca-lhe as sapatilhas, mordisca-o todo... E ele limita-se a tentar fugir do bicho, incapaz de lhe dar uma sapatada.

De vez em quando, ainda cai no ridículo de dizer "Olha que eu vou chamar a mamã!".

A mamã, que sou eu, é muito menos tolerante. Reviro os olhos, bufo aborrecida, levanto-me, vou à beira do cão e digo "Não!". Ele abaixa as orelhas e pára quieto.

16 comentários:

  1. Eu sou muito rigorosa com as minhas cadelas xD

    ResponderEliminar
  2. ahahahah
    Imagina quando tiverem filhos. Serás a má da fita! Esperto, ele.

    ResponderEliminar
  3. o meu namorado é mais como tu. E eu também sou como tu. Por isso o nosso bichano está lixado haha. *

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Verbo Abaixar. Não conhece?

      Eliminar
    2. eh eh eh
      antes de passar por pseudo-intelectual googlem :)
      http://www.priberam.pt/dlpo/abaixar

      Eliminar
  5. prepara-te que quando for com os filhotes vai ser igual :P por isso tu é que ficas por má

    ResponderEliminar
  6. Eu com os animais sou como o teu mais que tudo... e usando a tua expressão...Uma Totó do pior!:):)

    ResponderEliminar
  7. Espera para teres um filho:
    Pára com isso ou chamo a mamã!
    Ah ah ah!
    Para o que estavas guardada!
    vidademulheraos40.blogspot.com.

    ResponderEliminar
  8. Ahahahahahahahahahhahahahahahah
    É mesmo de gajo!

    ResponderEliminar
  9. LOL! O teu amor é mesmo um amor!...Mas que às vezes é preciso uma sapatada, lá isso é,,,,:-)
    xx

    ResponderEliminar
  10. As mulheres são sempre a autoridade :-))

    ResponderEliminar
  11. Geralmente os cães atendem mais a voz masculina, pelo timbre, mas por aí é ao contrário. Estou a rir. Por cá também a brava sou eu.

    ResponderEliminar
  12. Cá em casa é exactamente igual, ele é muito mais tolerante com os filhos caninos do que eu :P

    ResponderEliminar
  13. Cá em casa é ao contrário. O cão faz de mim o que quer e com o meu namorado não "faz farinha". Mas com o tempo eles acalmam e muito. O importante é não deixar em cachorros que ultrapassem o limite da brincadeira e comecem a rosnar ou morder para conseguir o que querem.

    ResponderEliminar
  14. Eh eh! Cá em casa é igual com o gato... Não gosta de berrar nem bater e eu que vá fazer de má...

    ResponderEliminar