quinta-feira, 10 de outubro de 2013

A solidão

Se há condição que me assusta, é a Solidão. É aquele vazio de afectos, sentirmos que estamos sozinhos no mundo, mesmo que por rodeados por milhões de pessoas.

Cada vez mais se ouve falar em velhotes que partiram desta vida numa total solidão, sem que alguém desse sequer pela falta deles. O problema é que já não só os velhotes. Muitos jovens vivem em situações miseráveis e, por vergonha ou por feitio, acabam por se esconder do resto da sociedade. E a sociedade fecha os olhos, faz-se de cega, surda e muda. Esta frieza do mundo assusta-me.


36 comentários:

  1. Existem muitos mais do que aquilo que imaginamos ... E e tão triste....

    ResponderEliminar
  2. Há 3 meses que estou sózinha, tenho noites impossíveis.

    ResponderEliminar
  3. Se há coisa que me assusta é a solidão :(

    ResponderEliminar
  4. E a mais estranha forma de solidão é aquela de pessoas, supostamente com vidas normais, e que apesar de trabalharem, terem família com quem vivem, terem amigos e ainda mais algumas actividades extra, quando olham para dentro de si mesmas sentem-se perdidas na solidão. Arrepiante... Beijinhos e boa quinta feira...

    ResponderEliminar
  5. Eu acho que hoje em dia o numero de idosos que sofrem de solidão não deve ser mais alta do que o numero de jovens que sentem a mesma coisa!
    Infelizmente é o que se vê mais hoje em dia! As pessoas só querem saber de sí próprias, e mais nada!

    É umas das coisas que eu tenho mais saudades do meu país. É a felicidade em que as pessoas viviam. Claro que, se eu sai de la, foi porque alguma coisa não estava bem. E não, não estava... A insegurança é o pior de lá!

    Um beijinho *.*

    ResponderEliminar
  6. como eu concordo com o que escreveste...é terrível.

    Paulinha

    ResponderEliminar
  7. Bom dia S*

    concordo plenamente no que dizes, acho que a solidão é uma morte lenta e infelizmente hoje é o que mais se vê na nossa sociedade.

    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Assusta de facto, mas não é impossível viver com ela ainda que torne a vida aparentemente impossível!

    ResponderEliminar
  9. a solidão só é boa qd é opcional...qd imposta é provavelmente o que me assombra mais também. adorei este teu texto!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  10. Uma grande verdade e é mesmo assustador como a pessoa pode se sentir tão só nos dia de hoje.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  11. a solidão infelizmente faz companhia a muita gente.

    ResponderEliminar
  12. Como eu te compreendo.
    A solidão a mim também me assusta =S
    bjs*

    http://se-tu-saltas-eu-salto.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. As pessoas são, na sua grande maioria, egoístas e egocêntricas.
    Elas podem ter passado por momentos sofridos de solidão. Mas basta-lhes encontrar uma zona de conforto que se tornam fechadas aos outros. Já têm o que precisavam, para quê mais? Desde que elas estejam bem, o resto não interessa.

    A solidão tanto é imposta como é consequência. Mas é mito achar-se que, na sua versão consequência, isso se deve a maus comportamentos e posturas do indivíduo solitário. Tenho concluido ao longo da vida, por observar e reflectir: muitas pessoas com uma certa idade, isoladas na sua solidão são deveras interessantes, e o que mais as caracteriza é serem possuidoras de uma boa alma, a par de uma lucidez geral de impressionar. Concluí que é a bondade, em muitos casos, o altruísmo para ser mais precisa, que faz com que estas pessoas acabem solitárias. Deram tudo, quem recebeu teve tudo e por isso é capaz de "voar". E voam para longe, sem noção da solidão que deixam para trás e do quanto lhe devem. Em alguns casos, também se aplica à solidão jovem, pois tudo começa na juventude. Na infância.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não consigo ser uma pessoa fria. Preocupo-me demasiado.

      Eliminar
  14. E pensar que vivemos num Mundo cada vez mais distante... :(((
    Assusta!

    ResponderEliminar
  15. Gostei muito do teu blog. Cada vez mais o mundo é um lugar frio mas também tem coisas bem quentes temos é de seleccionar o que realmente importa e dedicarmo-nos ao que importa e a quem importa. Temos de ir construindo o nosso mundo e no nosso mundo não há solidão ;)

    ResponderEliminar
  16. Grammar nazi: "ouve" e não "houve".
    Eu não posso deixar de pensar no porquê de estas situações acontecerem, será que enquanto pais/mães falharam redondamente e agora os filhos pouco de importam?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, que gralha feia!

      Não. Eu acho que nada tem a ver como terem falhado como pais. Infelizmente todos sabemos que existem filhos muito bem criados e amados que, enquanto adultos, viram poços de egoísmo.

      Eliminar
  17. É muito complicado, algumas pessoas têm tendência a isolar-se ao extremo.

    ResponderEliminar
  18. Não podia estar mais de acordo S*... Aqui há uns tempos fui a um café com o meu namorado, estava pouca gente, mas percebi que chegou um senhor mais velho, que se movia com alguma dificuldade, sozinho. Sentou-se, pediu o seu café. Enfim, nada que me tivesse chamado muito a atenção, afinal todas as pessoas têm direito aos seus momentos sozinhas, sabe bem até. Mas às tantas percebi que o senhor estava a chorar. Silenciosamente, é certo, mas notavam-se as lágrimas a correr... Não sei a história do senhor. Nem sequer sei se choraria por qualquer outro motivo... Mas imaginei logo ali um caso desses de solidão... Fiquei com um aperto no coração.

    ResponderEliminar
  19. Assuta muito sim e nem imaginas que tenho conhecido algumas facetas desta palavra e custa tanto... bjs saudades!!

    ResponderEliminar
  20. Não me consigo imaginar sozinha. Faz-me imensa impressão. Mas sim, há muita gente que também "se esconde" da sociedade.

    ResponderEliminar
  21. a pior das solidões é essa mesmo, aquela em que estás rodeada de pessoas :S

    ResponderEliminar
  22. Esse S* é o meu MEDO, podemos passar sem muita coisa e viver com muito pouco, mas não deverá haver nada pior que a solidão. Podemos perder empregos, amores, comodidades, mas enquanto conseguirmos manter a sensação de sermos amados tudo se aguenta.

    ResponderEliminar
  23. E pode haver solidão acompanhado/a. Depende como vivemos connosco.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  24. Há várias situações que levam ao isolamento do indivíduo, no entanto muitas delas tem a ver com o seu próprio temperamente. Pessoas menos participativas socialmente, que se recolhem em seus lares, se lhes falta o/a companheiro/a, terão tendência a manterem-se isolados. Se não tiverem filhos por perto, será pior ainda.

    ResponderEliminar
  25. Infelizmente "vivemos" todos de costas uns para os outros...

    ResponderEliminar
  26. Infelizmente vivemos num pais/mundo muito individualista...

    ResponderEliminar
  27. e muitas vezes, essa solidão apenas conduz ao suicidio.
    vivo sozinha há quase 3 anos, por natureza sou depressiva, há casos de suicidio na familia e não vou negar que já pensei no mesmo muitas vezes, talvez vezes demais, por outro lado... estou presa numa terra que não é minha e como tal não dá para viver acompanhada...

    ResponderEliminar
  28. É muito assustador mesmo. Até porque os velhos começam a ser ostracizados e vistos como um peso pela própria família...e claro que a solidão também afecta os jovens, mas quando se tem muita idade já não se consegue lutar contra isso como um jovem poderá ainda ter possibilidades de fazer.
    Um tema muito importante.

    ResponderEliminar
  29. É mesmo... e juntando a isso a falta de respeito que as pessoas têm umas pelas outras e principalmente pelos mais velhos, é verdadeiramente assustador :(

    ResponderEliminar
  30. Como sabes, eu tomo conta de uma velhota, que - se não fosse eu (e a minha mãe) - vivia quase na solidão.

    Mas sendo eu ainda nova, acredita que já senti solidão... :-(

    ResponderEliminar