Avançar para o conteúdo principal

Salsichas frescas


Na quarta-feira fiz salsichas frescas grelhadas.

Não volto a fazer salsichas frescas.

Até não estavam más, as salsichas frescas.

Então por que não voltas a comprar, perguntam vocês?

Porque o namorado resolveu comentar, mais do que uma vez, que pareciam a genitália de um cão. Dispenso.

Comentários

  1. Pois posto esse comentário acho que também não fazia mais :P

    ResponderEliminar
  2. Aahahah tenho uma amiga que não consegue comer salsichas frescas exactamente por dizer o mesmo! Por acaso, quando comia carne, era das salsichas que mais gostava :P

    ResponderEliminar
  3. epah que horror =/ blarck! há anos que não como...mas são tão boas :)! no verão numa churrascada, yhami!

    ResponderEliminar
  4. Pois eu fazia o mesmo, mas tem um pouco de piada:)

    ResponderEliminar
  5. Ò GOD!!! Nãoooo!
    Tens noção que este post desencadeará uma quebra de vendas de salsichas frescas? LOLOL.

    ResponderEliminar
  6. Aqui em casa comemos aos quilos. Adoro com couve lombarda ou simplesmente cozidas em vinho e sal. Com arroz branco é do melhor :D

    ResponderEliminar
  7. Atenção, nós comemos de frango, não de porco.

    ResponderEliminar
  8. Hmmm, percebo o teu namorado, sempre que como estas salsichas vêm-me à cabeça o "mamar a salsicha do cão" lol.

    ResponderEliminar
  9. OMG, mas que abertura de apetite!!!

    ResponderEliminar
  10. Não consigo fazer salsichas frescas!
    Causam-me repulsa e nunca soube bem porquê...estou capaz de aceitar a resposta do teu namorado :))

    ResponderEliminar
  11. Eu adoro salsichas frescas, mas nunca mais as vou comer da mesma maneira, graças ao teu "namorado/marido"
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. ahahahah está bonito!!!!!
    Eu faço mas de perú e nunca associei a nada disso, mas cada maluco com a sua :P

    ResponderEliminar
  13. Ah!Ah!Ah! Nunca tal me tinha passado pela cabeça. A partir de hoje passarei a olhar para as salsichas frescas com outros olhos :)

    ResponderEliminar
  14. Por essa ordem de ideias, não deves conseguir comer morcela, por parecer a genitália de um preto. Ahahahahah

    ResponderEliminar
  15. Não costumo comer muitas salsichas frescas ( se comi 4 vezes na vida foi muito). Não é por não gostar, até porque numa churrascada ou numa grelhada mista fica mesmo bom, mas não tenho o hábito de fazer. E se o meu namorado me dissesse o que disse o teu, aí é que não fazia mesmo...compreendo-te.
    Falando de coisas boas: sigo o teu blog todos os dias e gosto muito;) Aproveita para passar no nosso cantinho e, se quiseres, podes-te tornar nossa seguidora ;) Um excelente verão com muitas churrascadas ( sem salsichas frescas) :P

    ResponderEliminar
  16. Eu de vez em quando gosto! Mas de facto não costumo ter companhia que faz este tipo de comentários... :)

    ResponderEliminar
  17. Das q colocas-te na imagem não gosto mt, mas daquelas mais pequenas picantes grelhadas..... =)~~~~~~~
    Beijinhos

    www.dailylifebysophia.blogspot.com

    ResponderEliminar
  18. Tem graça que quando vi a imagem do post pensei em intestinos :/
    Mas não é por isso que deixo de as comer, são tão boas.

    ResponderEliminar
  19. O S*, isso é só ele a brincar...:-) Manda-o calar!

    ResponderEliminar
  20. Regra geral em casa comemos quando vamos buscar frango a churrasqueira já vem grelhadinhas. Mas o aspecto no talho não é o melhor...
    beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  21. Nem quero saber o que o rapaz diz se comer berbigão...

    ResponderEliminar
  22. Pessoalmente não gosto muito...nem sei porquê!!!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  23. "A política e as salsichas, é bom que não se saiba como se fazem", dizia o chanceler Bismarck... que como bom alemão, não deixaria de se empaturrar com esta iguaria. Eu cá acrescento que é melhor que não se saiba como se fazem as lasagne ou o bacalhau com natas. Ou tudo o que não seja "ao natural".

    Penso eu de que... ;-)
    Giuseppe

    ResponderEliminar
  24. Não como por que não gosto, agora se parece a gaita de um cão ou de um burro... é naquela.

    ResponderEliminar
  25. Ahah!
    Se forem bem grelhadas em carvão, perdem esse aspecto!

    ResponderEliminar
  26. As mais grossas devem parecer um pênis. De fato há alimentos que são fálicos e a mente humana não precisa muito para associar.

    ResponderEliminar
  27. Eu não as consigo comer porque me parecem cordões umbilicais xD Metem-me tanta impressão! xD

    ResponderEliminar
  28. tbm sou a única cá em casa que não gosta de salsichas frescas!

    ResponderEliminar
  29. pá, abstrai-te disso quando as comes... se há quem coma túbaros... anyway, essa piada já é muito batida.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.

Um ano a dois

Como o tempo voa, hoje celebro um ano de um relação calma, que me foi conquistando aos poucos e que, hoje em dia, me dá todas as certezas. Quando nos conhecemos, em Abril do ano passado, viramos amigos. Na verdade, tornou-se meu confidente e aturou-me durante semanas e semanas a "chorar-me" por outra pessoa. Já eu percebi que ele gostou de mim no primeiro café que tomamos, mas como é tão ou mais discreto que eu, nada feito. Ficamos assim, entre avanços e recuos, entre conversas diárias e afastamentos semanais. Ao meu lado quando fui operada e nos dias que se seguiram. Eu ainda sem rumo, à procura de algo que não sabia ainda o que era. Foi no dia 6 de setembro de 2021 que a amizade evoluiu para algo mais.  Desde o primeiro dia que não me deixou dúvidas de que queria estar ao meu lado. Acho que foi exactamente isso que (de forma um pouquinho "umbiguista") me fez apaixonar por ele. Sempre percebi que gostava de mim. Sempre me senti acarinhada, querida e desejada.  Dura

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?