sexta-feira, 24 de maio de 2013

Pescadinha de rabo na boca

Na passada sexta-feira, fui almoçar com a família. No restaurante, decidi ingenuamente optar por pescadinha de rabo na boca. Eu bem sei que o nome diz tudo, mas - repito - ingenuamente pensava que era só uma forma de expressão.

Quando me meteram o peixe à frente, com os olhos esbugalhados e o rabo na própria boca, fiz um esforço titânico para conseguir comer. Que impressão, senhores!

43 comentários:

  1. cá em casa come-se muito disso..e é tão bom!! xD

    ResponderEliminar
  2. Faz-me arrepios só de olhar para a foto!! :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Há muito tempo que não punha os olhos numa pescadinha de rabo na boca....! Engraçado, nunca as costumo fritar...

    ResponderEliminar
  4. Obrigada por me teres roubado uma boa gargalhada, S*! ahahah!

    Òò...E prepara-te para os comentários do/a amigo/a anónimo/a. Já estou mesmo a ver: "Então, tanto peixe bom para pedir, como o cherne, robalo ou garoupa e tu pedes, logo, o peixe do pobre?!"

    Bem, espero que no final tenha sabido bem, ou que te tenhas vingado na sobremesa :p Eu, pessoalmente, não sou grande apreciadora deste peixe. Acho que em parte é mesmo por causa das características do bicho.

    ResponderEliminar
  5. Lol tu que tanto sabes de comida, não sabias que esse nome é literal?

    ResponderEliminar
  6. Definitivamente não é o meu prato... e eu que sou filha de pescador!

    ResponderEliminar
  7. :)) estou habituada a comer pescadinhas de rabo na boca desde criança mas compreendo o teu "sofrimento" porque ainda hoje me faz alguma impressão :)

    ResponderEliminar
  8. Por acaso gosto desse peixe, por aqui também lhe chamamos de verdinhos

    ResponderEliminar
  9. Este é daqueles pretos em que o nome diz tudo... eu por acaso ate gosto!!
    Se quiseres experimentar o shampoo ainda tenho vales e amostras e posso enviar :)

    ResponderEliminar
  10. looooooooooooool eu não acredito que nunca tinhas comido pescada frita assim.... é mt comum....

    ResponderEliminar
  11. eu não gosto do peixe em si ainda por cima frito

    ResponderEliminar
  12. ah ah ah..Na casa da minha mãe era costume fritar assim o peixe..

    ResponderEliminar
  13. Ah ah não sabias que vinha mesmo assim? A minha avó faz muito esse prato, talvez por isso o conheça bem. Imagino a tua cara quando o prato chegou à mesa :)

    ResponderEliminar
  14. Uiiiiii! o que foste dizer!!! Agora os mais "assanhados" vêem para aqui dizer que já não comes atum e ate vais comer a restaurantes!!!
    Segundo eles tens vida de rainha!!!


    Eu nunca comi, faz-me impressão tb!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou mais fã de fanecas, tenho de admitir. ahahahah Mas o salmão é dos meus peixes favoritos.

      Eliminar
  15. desafio para ti no meu blog :)

    participa! :D

    ResponderEliminar
  16. Porquê? O nome diz tudo, S*. É um prato que faz parte do meu (e acho que de todos os lisboetas) imaginário. Acho até que o rabo na boca terá uma explicação: servirá para facilitar o fitar das pescadinhas, uma vez que geralmente são compridas. E é um prato delicioso :)

    ResponderEliminar
  17. Que riso!
    Eu adoroooooooo esse prato, é muito saboroso, com arrozinho de feijão, humm!

    ResponderEliminar
  18. Boa! Ahahah!
    Não sabias mesmo que era de rabo na boca?

    ResponderEliminar
  19. Aqui em casa a esse peixe chama-se verdinhos ahaha e adoro

    ResponderEliminar
  20. Eu peixe frito nem pensar, gosto dele na brasa!
    Mas se fores olhar sempre para os olhos dos peixes acabas por nunca conseguir comer...mais vale nem veres esse pormenor!
    PS: eu não como as cabeças, é mais fácil assim!

    ResponderEliminar
  21. É tããããããão bom! :D
    (Já não como à anos.... tenho de fazer! Obrigada pela lembrança, hehehehe. ;) )

    ResponderEliminar
  22. Tás a brincar, só pode. Isto é mais tradicional que eu sei lá...

    ResponderEliminar
  23. Realmente corta o apetite. É por estas e por outras que sou vegetariana! :D

    ResponderEliminar
  24. lolololol
    bjs*

    http://se-tu-saltas-eu-salto.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  25. Também nunca percebi esse prato! É sinistro!
    Bj S

    ResponderEliminar
  26. Eu adoro pescadinha de rabo na boca, mas costuma ser um bocadinho mais pequena.

    ResponderEliminar
  27. Já me aconteceu exatamente o mesmo com o pescado, pescada! A diferença estava no modo de confeção, a minha pescada era cozida o que lhe dava um aspeto ainda mais arrepiante...para a tentar beliscar tive que pedir à sra. do restaurante para a decapitar e mesmo assim foi uma tarefa herculeana conseguir comer alguma coisa.

    http://lavarcabecas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  28. Também já me aconteceu mais ou menos o mesmo com o pescado - pescada! A diferença estava na confeção, a minha pescada apresentava-se cozida o que a torna ainda mais arrepiante, para a conseguir beliscar tive que pedir à sra. do restaurante para a decapitar e mesmo assim, foi uma tarefa herculeana conseguir terminar o almoço.

    ResponderEliminar
  29. Eh eh :) a tua expressão de surpresa deve ter sido engraçada :)

    ResponderEliminar
  30. nunca tinhas comido?? eu não gosto de peixe frito mas a minha mãe faz muitas vezes cá em casa...

    ResponderEliminar
  31. Em casa dos meus pais comia-se disso muitas vezes mas nunca foi o meu prato preferido. Também não gosto da impressão que faz :/

    ResponderEliminar
  32. Isso aqui na zona do Oeste é uma iguaria muito apreciada! Nem me faz confusão nenhuma!!

    ResponderEliminar
  33. Na casa dos pais chamam-lhe um petisco mas eu não consigo :S

    ResponderEliminar
  34. Faz tempo que não como, mas gosto bastante principalmente quando estão bem crocantes, a parte preferida é mesmo a cabeça :)

    ResponderEliminar
  35. Sinceramente é horrível. Eu não aguentaria comer nem mesmo ficar a olhar. Pediria para retirar o prato imediatamente.

    ResponderEliminar
  36. Passei uma olhada rápida nos compentário e pelo visto é um prato tradicional.

    Eu penso que os pratos a mesa devam ter beleza e cor. Devam provacar-nos desejo de comer.

    ResponderEliminar