sábado, 16 de fevereiro de 2013

Coisas de quatro rodas

Agora ando numa de procurar um carro para mim. Preciso de comprar um bolinhas mas como não ligo nenhuma a carros, não sei o que faça. Só sei que quero um em segunda mão, não tenho dinheiro nem vontade para um novo.

62 comentários:

  1. Se tiveres que fazer muitos kms escolhe um a diesel!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida, é só mesmo para ir trabalhar. Não sou fã de condução. :-P

      Eliminar
  2. Não me digas que em breve também nos anunciarás que estás grávida...? :D ahahaha

    ResponderEliminar
  3. Já nem vale a pena (nem compensa) comprar um carro novo. ;)

    ResponderEliminar
  4. Já somos duas, também quero muito comprar um carrinho para andar por aqui...estou cansada de autocarros!

    ResponderEliminar
  5. Eu vontade tenho, dinheiro é que nem por isso. Beijoca!

    ResponderEliminar
  6. Eu adoro conduzir :)
    Vai ao standvirtual, encontras muita oferta. Eu tive durante 4 anos um vw polo de 1996. Nunca me deu problemas. São carros muito fiáveis e não são caros. Apesar de não ser especialista, já tive alguns carros na vida e já percebo o que se deve procurar num carrinho. Se precisares de ajuda diz :)

    ResponderEliminar
  7. Mesmo que seja só para ir trabalhar o importante é que seja estável. Não te metas em acidentes! E mesmo assim acho que a longo prazo compensa um a diesel, a gasolina anda tão cara que chateia.

    ResponderEliminar
  8. Se a condução fosse uma coisa que eu gostasse também o procurava...

    ResponderEliminar
  9. tao procura um citadino economico, se e mesmo so pra ires pro trabalho e q nao te de problemas de manutencao (a malta esquece-se mto desta parte). e q tal um yaris? qto menos gastares no carro melhor
    eu odeio conduzir e na verdade ja nao conduzo ha quase 3 anos, ou vou de transportes ou ele deixa-me no trabalho :)

    ResponderEliminar
  10. Eu também penso nisso, porque faz falta, apesar de eu ter cagufe de conduzir. Mas depois também penso como é que eu vou pagar e manter um carro com o que ganho? Por isso vou deixando andar...
    Bom fim-de-semana =)

    ResponderEliminar
  11. Ando com dúvidas entre um Citroen C1 e um Fiat Punto. ;-)

    ResponderEliminar
  12. Oh mulher, explica-me como vais fazer isso! Não eras tu que não tinhas poupado money nenhum no último ano?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lol

      Deves ter muito a ver com isso... Era o que me faltava.

      Eliminar
  13. Querida S*,espero que encontres um carrinho à tua medida. :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  14. Isso é juntar uns homens numa mesa, com 5 opções à frente deles. Depois dpedires que te expliquem por miudos qual o carro melhor e pior e a razão.

    ResponderEliminar
  15. A Fiat é uma marca de carros que me dá comichão. Nunca gostei daqueles carros seja que modelo for. E foi porque nunca ninguém próximo de mim teve um Fiat. Tenho um ódio aos carros não sei porquê. A tua escolha deve depender dos km's que fazes. Aconselho a que se forem mais de 50km/dia compres um a diesel. E não te esqueças que a partir de um certo ano, já não sei se 2007 ou 2008 carros mesmo com baixa cilindrada pagam imenso de importo de circulação (tenho uma amiga que tem um carro com 2 anos 1.0 a gasolina que paga quase 100€ de imposto). Acho que também é um fator a ter em conta.

    ResponderEliminar
  16. O C1 é um carro lindão! :) Tivesse eu dinheiro para ele e não hesitava!!

    ResponderEliminar
  17. O C1 é um carro lindão! :) Tivesse eu dinheiro para ele e não hesitava!!

    ResponderEliminar
  18. 'Oh mulher, explica-me como vais fazer isso! Não eras tu que não tinhas poupado money nenhum no último ano?'

    S*, não era um comentário maldoso. Não te pedi uma cópia dos extractos bancários. Era uma pergunta. Escusavas de ter respondido de forma arrogante. Até porque tens um blogue em que partilhas as pequenas coisas da tua vida. Não é legítimo interessar-me por elas? Tipo... Sei lá... Assim na loucura gosto de fazer perguntas! Não tenho é pachorra para o mau humor da blogosfera. :p Tem um bom sábado! Diverte-te!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu não tenho pachorra para metediços.

      Bom sábado!

      Eliminar
  19. eu ainda estou a tirar a carta e já ando também a procurar um bolinhas :)

    ResponderEliminar
  20. Deves apostar num carro em segunda mão, pequeno, utilitário e de preferência a gasóleo, sempre gasta menos.

    ResponderEliminar
  21. E um carro a GPL???
    Os carros a gasolina são sempre mais baratos, inclusive a manutenção, convertido ou já comprado é uma boa aposta!
    A legislação mudou, agora já não é preciso auto colante com o símbolo, e o preço, ai o preço, abastecer a 72 cêntimos!!!! Sei do que falo tenho uma carrinha a Gpl!!!! E eu adoro conduzir!!

    ResponderEliminar
  22. E um carro a GPL???
    Os carros a gasolina são sempre mais baratos, inclusive a manutenção, convertido ou já comprado é uma boa aposta!
    A legislação mudou, agora já não é preciso auto colante com o símbolo, e o preço, ai o preço, abastecer a 72 cêntimos!!!! Sei do que falo tenho uma carrinha a Gpl!!!! E eu adoro conduzir!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, todos os que vi até agora eram a gasolina. Prefiro a gasóleo, mas a gasolina costuma ser mais barato. ;-)

      Eliminar
  23. Entre esses dois escolhia o c1, sem dúvida. Mas tens que escolher aquele com que te sentes mais confortável. :)

    ResponderEliminar
  24. Gosto de ler blogs que aceitem comentários de anónimos... Há tanta curiosidade sobre aspectos absolutamente irrelevantes da esfera íntima de quem os escreve, que me questiono: para quando uma pergunta acerca das posições na cama que mais lhes agrada? Pffff

    De resto, de carros não percebo nada! :P

    ResponderEliminar
  25. minha linda minhota tenho um fiat Punto para vender
    kis .=)

    ResponderEliminar
  26. Um de segunda mão esta ótimo!!

    xx
    Tali
    nuasecruasblog.wordpress.com

    ResponderEliminar
  27. para nós ainda nao é uma prioridade mas também tenho que pensar nisso...

    ResponderEliminar
  28. Eu não percebo nadinha de carros,mas espero que encontres um que gostes :)

    ResponderEliminar
  29. Parece que onde está a morar precisa realmente de um. Compre sim, pesquise com calma, mas quanto mais autonomia melhor. ¨Mete os peitos mulher!¨ É como se diz por aqui, no bom sentido, o de enfrentamento. Força!

    ResponderEliminar
  30. Li algo sobre engravidar rapidamente. Tu já imaginaste a blogosfera em agitação a acompanhar a tua gravidez? Minha nossa! Faça um chá de bebê, e por favor me convide, penso que não perderei o acontecimento por nada.

    ResponderEliminar
  31. Eu também gostava de ter um, mas depois há despesas que vão ser sempre a dobrar, então por enquanto contentamos-nos mesmo só com um. Mas se comprasse, comprava um Smart... fácil de conduzir e cabe em todo lado :P

    ResponderEliminar
  32. O comentário do anónimo é legitimo. Pois se expões este tipo de situações do teu dia-a-dia aqui no blog, deves estar preparada para este tipo de perguntas por parte de quem te lê.

    Ao invés de seres bruta a responder, pensa numa forma diplomática de o fazer. Só ganharás a simpatia de quem te lê.

    Além disso, se há tempos te andavas a queixar do pouco dinheiro, não podes agora vir aqui escrever que queres comprar um carro e esperares que não surjam perguntas como a do anónimo.

    Podes sempre dizer que a família ou o namorado te vão ajudar - caso seja isso - a comprar o carro, o que seria perfeitamente normal.

    Enfim, serve este comentário para te mostrar que nem sempre quem comenta é metediço ou antipático ou o que quer que seja. Tu é que deves refrear o temperamento e agires em concordância com o que escreves.

    Bom Domingo!

    ResponderEliminar
  33. Aqui em casa temos um carro e uma mota. Fica mais económico. Mas nem todos se habilitam à mota, por isso, no teu lugar deixaria essa escolha nas mãos do homem. Acima de tudo é importante que o carro não tenha problemas, que seja de confiança, o que nos dias de hoje não é fácil...boa sorte querida!

    ResponderEliminar
  34. Podias ter poupado nas roupasa e já tinhas dinheiro até para um Mercedes.

    ResponderEliminar
  35. Carolina Tavares, ahahah. Pretendo ter um filho apenas em 3 ou 4 anos. Quando acontecer, eu convido. :D

    ResponderEliminar
  36. Maria, oh Maria, vocês podem fazer as perguntas que vos apetecer... eu é que não tenho de responder. O dinheiro é meu, não é vosso.

    ResponderEliminar
  37. Anónimo das 11:51, e, já agora, um Ferrari.

    ResponderEliminar
  38. Mel, querida, lê os novos comments, que ainda são melhores.

    ResponderEliminar
  39. Procuraum com poucos km. Pede ajuda a alguém que perceba de carrinhos*
    Boa sorte^^

    ResponderEliminar
  40. Pessoas, ela acabou de mudar de casa, vai deixar de pagar renda, o que é uma coisa excelente. Além disso, não me lembro de ter lido que vai comprar o carro amanhã, simplesmente disse que precisa de um carro e que quer um em segunda mão. Dá para poupar e comprar daqui a uns tempos. Se não tinha dinheiro ontem, vai ter amanhã. O que é que tem?

    ResponderEliminar
  41. Anónimo das 13:39, nem mais. :) Com o que poupo na renda, posso perfeitamente comprar uma carro às prestações (que é o que toda a gente faz). :P

    ResponderEliminar
  42. Nem toda a gente compra carro a prestações. Há quem tenha poupado para comprar a pronto, como foi o meu caso. Nunca me quis meter em dívidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria o ideal, mas não tenho tempo para isso. Demora muito a amealhar.

      Eliminar
  43. Vou dar-te um conselho útil. Não te iludas com a boa apresentação de um carro em segunda mão, porque quanto mais brilhante o vês pior está, e compra novo, porque há novos e baratos.
    Compra um Dacia, não te importas com o que ouves pela blogosfera, é um ótimo carro tanto para cidade como para a estrada, tem bonita apresentação, é confortável e com bastante tecnologia de bordo, fiável e seguro e ainda por cima é muito económico.
    Pelo preço de oito mil e tal euros ficas bem servida. Conheço uma amiga que tem um com mais de 90000 klms e nunca lhe deu problemas.

    ResponderEliminar
  44. Eu percebo a ideia de não querer ter dívidas mas vamos lá ver uma coisa. Tenho um salário do qual que, pagas as contas, dá para retirar x euro. Trabalho num sítio onde não abundam transportes públicos. Preciso de ir para o trabalho de algum modo. Ora, se só depois de trabalhar posso amealhar e se só depois de amealhar posso comprar o carro, como me desloco para o trabalho? Realmente é melhor pagar a pronto, mas não sendo de todo possível, vale mais comprar a prestações do que não ter como me deslocar para o emprego. Pego numa parcela do que sobra do salário e pago o carro a prestações. Esperar por conseguir amealhar o suficiente iria "incapacitar-me".

    Arrisco-me dizer que a maioria das pessoas, hoje em dia, nunca teriam casa própria de outro modo.

    O endividamento é perigoso, gerou, entre outros fatores, a crise em nos encontramos. As pessoas tinha tanta facilidade em contrair empréstimos que às páginas tantas tinham empréstimos para a casa, o carro, um pc, umas férias, etc etc. 20 euro por mês aqui, outros 100 acolá, 50 além. A dada altura deixaram de ter liquidez e aí começaram os problemas. Os créditos podem representar um problema mas também a solução: os empréstimos podem permitir o crescimento. Mas o uso de capital alheio deve ser devidamente controlado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mel, subscrevo. Enquanto vivia na cidade, demorava menos de dez minutos, a pé, a chegar ao trabalho. O carro nunca me fez falta. Mas não vivo numa cidade grande, a rede de transportes é quase inexistente. Vivo agora a quase 20km da cidade. Não tenho nem autocarro nem comboio. Nas últimas semanas o namorado tem-me levado ao trabalho, mas isso é inviável como solução permanente. Agora não pago renda, posso perfeitamente pagar uma prestação. Não é o ideal, mas não posso estar a poupar durante anos para comprar um carro.

      Eliminar
    2. E tens razão, os créditos podem ser perigosos. Mas, felizmente, neste momento não tenho nenhum.

      Eliminar
  45. Olha, quando comprei o meu, eu avaliei a parte estética e o meu pai a parte mecanica! Leva alguém contigo que perceba do assunto.
    Se é em segunda mão, tem em atenção o ano do carro com o nr de km, se tem inspecção em dia ...
    Das pessoas que conheço com carros de marca Fiat ou Citroen em segunda mão, todos estão contentes. As únicas queixas que tenho ouvido até são em relação a carros em primeira mão (mas também são de outras marcas!)!
    Boa sorte com isso.

    Bjokas.

    ResponderEliminar
  46. Chama o teu amorzão pra te ajudar a escolher, minina!
    Eles adoram!!

    ResponderEliminar
  47. acho que tenho um odio de estimação com os fiat punto. associo sempre aos chunguitas! mesmo os mais recentes.. epá não sei. é um ódio de estimação.

    eu aconselho VW, qualquer um. duram anos e dão pouco estrago :) eu não tenho, tenho um opel(o que tb não acho mauzinho, visto que o meu ainda esta de pé ehe) mas o meu namorado tem um vw polo e diz que é uma maravilha.

    ResponderEliminar