domingo, 6 de janeiro de 2013

Facto

O namorado fica super cavalheiro quando temos algum carro estacionado mesmo ao lado do nosso. Vem sempre abrir-me a porta. 

É isso, ou então é ele que é um tarado do caraças e tem medo que eu bata com a porta do carro. Será?

50 comentários:

  1. É melhor ficares com o pensamento que ele é um cavalheiro. :) Bjs

    ResponderEliminar
  2. Eu preferia pensar que seria só um acto de cavalheiro... lol :)

    ResponderEliminar
  3. eu acho que é medo que batas com a porta :p

    ResponderEliminar
  4. he he. Há sempre 2 formas de ver as coisas não é?? :D:D
    Eu vou pela do cavalheiro!

    ResponderEliminar
  5. Não é tarado, mas gosta do seu carro. Há BESTAS que estacionam o carro do lado esquerdo de um outro carro (o meu) e eu penso que ou são anormais... ou são anormais que "pensam" que se entra pelo porta-bagagens ou então todo xpto pela abertura no tecto. Eu também costumo abrir a porta do lado do pendura quando vejo que há possibilidade de ser riscada. Não é por mal, mas nem toda a gente tem a noção das distâncias. E fechar a porta também tem que ser suavemente... não é de modo a ferir os tímpanos.

    ResponderEliminar
  6. Não conheço o teu marido, mas se fosse o meu, era mesmo para salvaguardar o carro. Trapalhona como sou!

    ResponderEliminar
  7. Não diria um tarado, só que ele ama o carro que tem, mas ama muito mais a ti.

    ResponderEliminar
  8. eu voto no 2o. o meu so me diz: cuidado ao sair, nao batas com a porta no carro do lado sff hahahaah

    ResponderEliminar
  9. acho que ele quer evitar que risques o carro...

    ResponderEliminar
  10. A sério?! Ó S, ele não tem um irmão solteiro, pá?

    ResponderEliminar
  11. O carro sempre em primeiro lugar, isso é que é cavalheirismo. ahahah

    ResponderEliminar
  12. Pense no "modo" de agir que mais lhe agrada:):):) Para mim é puro cavalharismo!

    ResponderEliminar
  13. Não queria ser intriguista...

    ResponderEliminar
  14. Não queria ser intriguista...

    ResponderEliminar
  15. Ahahahah, essa segunda hipótese tem imensa graça.

    Bom ano***

    ResponderEliminar
  16. Ele é tarado :P hihi! Gostei do novo look :-)

    ResponderEliminar
  17. A sério que ele é assim tão obcecado com o carro? :) Eu não tenho paciência para pessoas assim! Tenho um tio que só não anda com o carro às costas porque é pesado, senão aposto que até isso ele fazia. Os carros não são pra estragar, claro, mas são para nos servir, para fazermos dele o nosso "escravo" e não o contrário. Deu'ma livre de ficar assim :)

    ResponderEliminar
  18. ahahah Eu sei bem a peça que tenho em casa!

    ResponderEliminar
  19. ahahah Eu sei bem a peça que tenho em casa!

    ResponderEliminar
  20. Pelo menos dizem que eles têm muito cuidado com o carro! Deve ser disso :)

    ResponderEliminar
  21. Essinha, tens que pôr à prova a "cavalheirice" dele de outras formas. E, quando tirares a limpo, vingas-te com um risquinho (de nada) no carro dele ;)

    ResponderEliminar
  22. Miú, coitadinho... já descobri um risquinho no carro hoje. :/

    ResponderEliminar
  23. Só por curiosidade...
    Que carro é? :)

    ResponderEliminar
  24. Anónimo das 20:41, é um carro preto. :)

    ResponderEliminar
  25. LOL... Talvez seja apenas "cuidadoso" contigo e com o carro ;)

    ResponderEliminar
  26. Patrícia, e eu entendo perfeitamente, apesar de não ligar nada a carros. :)

    ResponderEliminar
  27. é a segunda.... acredita! eu já te vi a abrir portas de carros! "D

    ResponderEliminar
  28. Oh Puzz. :( Imagino que devas ter-me rogado pragas depois de ter espetado a porta na parede.

    Por isso, sim, admito. ahahah

    ResponderEliminar
  29. foi só uma esmorradelazinha contra granito... já esqueci :P

    ResponderEliminar
  30. Puzz, uma coisinha de nada. :D Obrigada.

    ResponderEliminar
  31. é tão cómico tu dizeres que ele é um tarado do caraças hihihi

    ResponderEliminar
  32. Minha querida, voto na segunda hipótese...

    ResponderEliminar
  33. medusa, não é novo, mas tem poucos anos e ele estima-o muito. :)

    ResponderEliminar
  34. Acho que deve ter medo que batas com a porta...:)

    ResponderEliminar
  35. O T. abre sempre a porta do carro para eu entrar independente da situação e se no início eu dizia "Não é preciso obrigado" agora já nem digo nada pois cheguei à conclusão que não vale a pena estar a falar ;o)

    ResponderEliminar
  36. No meu país jamais isso ocorre!!!

    ResponderEliminar
  37. Não te queria desiludir, mas acho que a resposta é a segunda opção...

    ResponderEliminar
  38. Lol, vamos acreditar que é tudo uma questão de cavalheirismo :)

    ResponderEliminar
  39. O ideal é pensar que é a primeira.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  40. Ahah, não interessa. Vamos imaginar que é por ser um gentleman :P

    Big Kisses

    ResponderEliminar
  41. Ahahahahaha, é com certeza um acto de cavalheiro!

    ResponderEliminar