Avançar para o conteúdo principal

Facto

Não gosto de me sentir indecisa. Sou muito "ou sim ou sopas" e detesto sentir-me no "nim". Pensa S*, pensa e decide-te.

Comentários

  1. Bem-vinda ao mundo dos cinzentos. Eu sou sempre cinzenta ou "nim" como dizes. Não consigo ser branca ou preta fico sempre no intermédio... É uma seca ser assim. Penso mil vezes nos prós e contras e entretanto... o tempo passou...

    ResponderEliminar
  2. cheira-me que isto tem a ver com a mudança para a aldeia.. será? :)
    Seja o que for, o que decidires de certeza que será o melhor :)

    ResponderEliminar
  3. Tenho a certeza que vais tomar a decisão certa! Beijinho grande

    ResponderEliminar
  4. Partilhamos o mesmo traço. Também não gosto de "nins". Para mim tem que estar tudo muito bem definido.

    ResponderEliminar
  5. Uns momentos para ponderar também são necessários. Dedica-te a isso e talvez a resposta seja mais fácil do que imaginavas...

    ResponderEliminar
  6. Também não gosto de indecisão. É péssimo. Faz mal para cabeça e para o coração.

    ResponderEliminar
  7. S*, estar a 10 minutos de carro de onde quer que seja não é nada. Eu vivo na cidade, mesmo no centro da cidade e mesmo assim tenho que pegar no carro para me deslocar ao cinema, por exemplo. Isto de estar a 2 passos de cafés e farmácias dá jeito, claro, mas deixa-nos mal habituadas :P

    Uma casa paga, espaçosa em que cabem todos os teus planos e sonhos futuros, tem que possuir essa única desvantagenzinha que é só para se fazer de difícil. Força com isso, vá! :)

    Mira

    ResponderEliminar
  8. Também detesto, fico ansiosa, mas de há uns meses (anos?) para cá tenho uma grande dificuldade em decidir se não me sentir muito pressionada

    ResponderEliminar
  9. POis é também detesto essa sensação...

    ResponderEliminar
  10. Eu também não gosto nadinha da indecisão. aliás acho que tomo más decisões,só para não viver com isso. Para mim, há o preto ou branco, o que por vezes é uma chatice :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Também tenho dias assim de indecisão, mas não gosto nada!
    Com certeza hás-de conseguir tomar a decisão certa.

    ResponderEliminar
  12. Muda-te, S! Só há vantagens :)

    ResponderEliminar
  13. Acho que ninguém gosta, mas creio que faz parte da vida e muitas vezes obriga-nos a arriscar e escolher mais pela acaso do que pela razão!

    ResponderEliminar
  14. Eu também mas às vezes é preciso pensar umas quantas vezes antes de agir. :)

    ResponderEliminar
  15. se for aquilo da casa, acho que o mais lógico é mudares-te. são só vantagens, e o facto de ser mais longe do emprego não é nada quando comparado com as coisas boas :)

    ResponderEliminar
  16. Infelizmente continuo sem rumo, minha gente. :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.

Um ano a dois

Como o tempo voa, hoje celebro um ano de um relação calma, que me foi conquistando aos poucos e que, hoje em dia, me dá todas as certezas. Quando nos conhecemos, em Abril do ano passado, viramos amigos. Na verdade, tornou-se meu confidente e aturou-me durante semanas e semanas a "chorar-me" por outra pessoa. Já eu percebi que ele gostou de mim no primeiro café que tomamos, mas como é tão ou mais discreto que eu, nada feito. Ficamos assim, entre avanços e recuos, entre conversas diárias e afastamentos semanais. Ao meu lado quando fui operada e nos dias que se seguiram. Eu ainda sem rumo, à procura de algo que não sabia ainda o que era. Foi no dia 6 de setembro de 2021 que a amizade evoluiu para algo mais.  Desde o primeiro dia que não me deixou dúvidas de que queria estar ao meu lado. Acho que foi exactamente isso que (de forma um pouquinho "umbiguista") me fez apaixonar por ele. Sempre percebi que gostava de mim. Sempre me senti acarinhada, querida e desejada.  Dura

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?