domingo, 2 de setembro de 2012

Sabes que encontraste "o tal"...

Quando uma das tuas pancas mais recentes é ver vestidos de noiva.

Claro que só teremos dinheiro para casar daqui a dez anos, mas isso não interessa para nada. Sonhar não custa. E já sei que serei como a Carrie, na primeira tentativa de casar com o Mr. Big - vou azucriná-lo com caprichos e mais caprichos, que eu quero o vestido de sonho, a quinta de sonho, as flores de sonho, os convidados de sonho, a lua-de-mel de sonho. Espero é que ele não me deixe plantada à espera dele, como fez o Mr. Big*.



* Nota-se muito que hoje vi novamente "O sexo e a cidade" - o filme?

37 comentários:

  1. Que mal é que tinha, se tivesses visto o sexo e dado uma volta pela cidade? ahahahah

    ResponderEliminar
  2. então experimenta ver aqueles programas do TLC, o "say yes to the dress" (inclusive a versão braidsmades), "rich bride, poor bride"... É que uma pessoa fica logo a pensar como quer que seja o vestido, o sítio para casar, as flores, ... mas depois desliga-se a tv, pensa-se que na realidade a probabilidade de sequer terem possibilidade de irem morar juntos é um pouco remota (dada a situação actual do país e as taxas de desemprego e etc) e passa.

    ResponderEliminar
  3. M, sou mesmo fã do Say Yes to the dress. :)

    ResponderEliminar
  4. Pois... eu ainda não consegui convencer aqui o meu Mr Big ao fim de 11 anos. Acho que já perdi a esperança de um dia me vestir de noiva. Adiante...
    Espero que o teu Mr Big seja mais acessível nesse campo ;)

    ResponderEliminar
  5. Sem querer ser desmancha prazeres, se essa teoria do encontro fosse verdadeira não havia divórcios, porque acredita que uma grande percentagem daquelas que casam/casaram, com sonhos iguaizinhos aos teus, como eu, o julgaram na altura e só mais tarde, muito mais tarde, perceberam quem era "o tal".:))
    Mas, desejo-te sinceramente que tenhas encontrado "o tal", porque felizmente também acontece.:)

    ResponderEliminar
  6. http://greenweddingshoes.com/galleries/

    http://www.stylemepretty.com/

    http://ruffledblog.com/

    São os três sites que me deixam completamente rendida ao casamento!! Conquistam-me pela originalidade. :)

    ResponderEliminar
  7. Anónimo, quando casam, toda a gente acha que é "o tal". Portanto, não me posso pôr a pensar nessas coisas. :)

    Flor, obrigada. :D

    ResponderEliminar
  8. Se nos dissesses qque ias casar eu deliravaa

    ResponderEliminar
  9. sonho acordada com esse dia :) encontrei o "tal" também e quando esse dia chegar será, com certeza, o melhor dia da minha vida.

    ResponderEliminar
  10. Vou ser igualzinha, sem tirar nem pôr! E ele vai-se passar! =) ahahah


    querocafecomleite.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. Depois quero ver as fotos do casamento! =)

    ResponderEliminar
  12. eu e o R. pensamos cada vez mais nesse dia... já não falta tudo ;p

    ResponderEliminar
  13. eu ando num momento de casamentos, por isso se casares avisa para eu me inteirar de tudo, ahah

    ResponderEliminar
  14. Eu fui a noivsa mais tranquila de sempre, sem caprichos típicos. E foi um dia lindo, maravilhoso e inesquecível. Quando é o "tal" é sempre um dos dias mais bonitos da nossa vida, independentemente do vestido e da quinta e afins. Espero ainda vir a acompanhar essa fase das vossas vidas minha querida!

    ResponderEliminar
  15. Não é preciso ser tudo de sonho, basta teres a tua pessoa de sonho ao teu lado.

    ResponderEliminar
  16. Lá isso é verdade :) não há mais ninguém que nos faça querer ver vestidos de noiva a não ser o tal :)

    ResponderEliminar
  17. A minha panca é mais acentuada, já encontrei o tal, que nao sabe q é o tal e vejo vestidos de noivas

    ResponderEliminar
  18. É normal nas mulheres. Antes de ter data de casamento, já via vestidos pelo menos há 1 ano.
    Mas depois quando chega a hora, escolhes uma coisa totalmente diferente!
    Para casar não é preciso muito dinheiro, S! Depende dos caprichos que se queira ter.

    ResponderEliminar
  19. Eu não acho que seja assim tão linear!!! Mais que não seja porque tenho que ir ver vestido de noiva e não ando com grande vontade...e ainda assim eu sei que ele é o tal!!

    ResponderEliminar
  20. ahaha que máximo :) eu também já tenho o casamento todo planeado, apesar de que pelo andar das coisas acho que não será para este milénio :|

    ResponderEliminar
  21. Aperta com ele amiga! :D
    Hihi!
    No meu caso deu-lhe um claque e foi ele quem tomou a iniciativa! (isto de eu andar tempos e tempos a insistir! quando realmente me rendi...ele avançou!)
    Sim! Vestidos de noiva e todas as outras coisas!! Uma delicia de se ver! :D

    ResponderEliminar
  22. Eu também espero que ele não te deixe plantada no altar mas se assim tiver de ser depois encomtram-se outra vez quando fores buscar os sapatos e fica tudo bem!

    ResponderEliminar
  23. Ahahahah, estava a dar na Hollywood, quando fui para ver já estava a acabar.
    Quero muito casar, mas é algo que só vou fazer daqui a loooongos anos. Apesar de já ter encontrado o tal.

    ResponderEliminar
  24. Olá S, tu não queres casar porque vida de casada já tú tens e direitos de casal tens ao fim de dois anos a viver em uniao de facto, tu queres é a festa de um casamento tradicional e de um casal tradicional que namora e dopois se casa....

    ResponderEliminar
  25. Sim, pois quero, quero a festa, os convidados, a quinta, a cerimónia... e daí? Qual o mal?

    ResponderEliminar
  26. Mal nenhum! Mal é não sonhar!

    anónima das 22:28

    ResponderEliminar
  27. Eu também gostava muito, apesar de viver com o meu namorado, quero um casamento com alguns convidados, familiares próximos e amigos. Basicamente o pretexto para fazer uma festarola e beber uns copos ;)

    ResponderEliminar
  28. Ahah Oh S, sou fã das tuas respostas! :D

    A tua comentadora anónima fala do viver junto. Por acaso também já tenho ouvido comentários maldosos, como "já fazes vida de casada, vais-te casar pra quê?". Como se uma coisa tivesse alguma coisa a ver com a outra!

    O viver junto é muito bom para cimentar a relação antes de um casamento, na minha opinião, e não nos tira o direito à festa.

    ResponderEliminar
  29. O viver junto é exactamente igual ao ser casado sem teres assinado um papel...só que se te separas és solteira e se tiveres um papel passado és divorciada...ou coisa pior....quando na pratica é tudo igual...e sim deve haver diferença entre casamentos de pessoas que namoram e casam e os que vivem em uniao de facto...

    ResponderEliminar
  30. Emocionalmente, para mim casar é importante. Ao contrário destas modernices de agora, para mim um casamento não é só um papel. Quero o compromisso, a cerimónia, o oficializar da relação. Quero, pronto. :) Acho que nos tornará mais fortes.

    ResponderEliminar
  31. Concordo ctg, S. A diferença é que quando casares já vais preparada para o "para sempre". Quem sai de casa dos pais directamente para o casamento, na opinião está em desvantagem.

    ResponderEliminar
  32. Pois mas há casais que vivem juntos uma série de anos e depois quando assinam o papel do casamento separam-se logo a seguir...secalhar porque ao viverem juntos não existe o compromisso sério e depois vêm na mesma os problemas a seguir como se já não partilhassem uma vida em comum há muito tempo...

    ResponderEliminar
  33. Eu tive o casamento que quis, o vestido, a lua de mel, a festa, a quinta, e tudo isso. Não por ter esse sonho, mas para fazer a vontade à minha mãe. Também para lhe fazer a vontade saí da casa dos pais para a minha casa só depois de casada.

    Passou uma década e não me arrependo de nada, sou muito feliz. Mas se fosse hoje não faria aquele tipo de festa. Gastava esse dinheiro a viajar e fazia uma simples festa com familia e amigos mais próximos.

    Heje percebo que isso não tem a menor importância e que, de facto, há maneiras muito melhores de gastar o dinheiro.

    ResponderEliminar
  34. Anónima, não teve importância para ti, para mim terá. Encontraste a tua felicidade de outra forma, e ainda bem, mas não vale generalizar. :)

    ResponderEliminar
  35. Alguém generalizou? Dei apenas a minha opinião. Pensei que poderia haver aqui uma saudável troca de opiniões mas pelos vistos para comentar aqui só fazendo amén a tudo o que dizes e escreves.

    Já percebi que não sabes ler português. Assim sendo vou andando.

    ResponderEliminar
  36. Cara Anónima, estou a ver que isso é tudo vontade de implicar... Ninguém aqui se mostrou contra a sua opinião, mas se escreveu "depois percebi que isso não tinha importância", pareceu-me de referir que cada um dá importância aquilo que quer.

    Não venha implicar só por implicar, fica-lhe mal. Como pode ver tem imensas opiniões diferentes da minha na caixa de comentários e ninguém reclamou, portanto não invente.

    ResponderEliminar
  37. S, a tua anónima é a mesma dos chinelos? Adoro uma boa discussão mas não nestes moldes.

    As pessoas quando têm frustrações devem ir procurar soluções e não vir chagar os blogs e os sonhos alheios.

    ResponderEliminar