quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Odiozinho de estimação

Gente que trata os animais como se fossem objectos, adoptando-os e despachando-os a seu bel-prazer.

19 comentários:

  1. E, com a desculpa da crise, aumentou o abandono de animais... Eu preferia passar fome que abandonar o meu gato! Porque mais vale uma pata do meu gato que a mão de muita gente!!!

    ResponderEliminar
  2. Também não suporto esse tipo de pessoas!

    ResponderEliminar
  3. não só os animais, também as pessoas...

    ResponderEliminar
  4. Não me cabe na cabeça esse tipo de gestos!!





    querocafecomeite.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Odeio. Mas como costumo dizer: se as pessoas abandonam bebes e os velhotes, muito mais abandonam os animais...um horror.

    ResponderEliminar
  6. Posso estar errada, mas a ideia que tenho é que as pessoas querem os bichinhos enquanto são pequenos, por lhes acharem graça, esquecem-se que eles crescem.

    ResponderEliminar
  7. Também eu! É por isso que um dos meus gatinhos foi apanhado na rua ainda bebé, com 1 mês se tanto.

    ResponderEliminar
  8. Também partilho desse ódio... Não há desculpa para a negligência e o abandono de qualquer ser vivo.

    ResponderEliminar
  9. Eu gosto muitooo dessas pessoas. A sério que gosto. Adoro-as. Adoro-as como? Pois... assim um bocadinho para o negras e um monte chapadas no focinho! Cambada de gente otária e sem vergonha!

    Beijooo******

    ResponderEliminar
  10. Uma atigoa vizinha "descartou" o cão porque tinha tido um filho e dizia que não tinha capacidade para tratar do filho e do cão ao mesmo tempo e quando voltou a engravidar, eu que lhe tinha ficado com o tal odio de estimação, perguntei se ela agora iria dar o 1º filho uma vez que pelo que dizia não consegui tartar de dois ao mesmo tempo. Resultado: não me falou mais... mas eu fiquei mais feliz...
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Abandonar os animais, que coisa mais estúpida :C

    ResponderEliminar
  12. Deixei a cadela num hotel para cães...não tive outra hipótese e sinto como se a tivesse abandonado...estou cheia de saudades dela!

    ResponderEliminar
  13. Concordo inteiramente com o comentário da Gata. E cá em casa nós até podemos reduzir noutras coisas mas na comida do gato (que é sempre Cat Chow) é que não!

    ResponderEliminar
  14. Fui buscar a minha gatinha ao gatil e ela veio assustada e traumatizada porque um idiota achou que espanca-la era a solução...
    Essa malta devia ser castrada... :S

    ResponderEliminar
  15. Trato muito bem os meus animais, nunca lhes faria mal, mas jamais passaria fome, ou deixaria a minha familia passar fome, para poder alimentar o meu animal. Animais não são pessoas, não têm, nem devem serr tratados como tal! Não abandonaria um animal, mas se fosse preciso (por falta de dinheiro por exemplo) entregaria-o a alguma instituição, se isso me permitisse comprar um pacote de leite para os meus filhos! São prioridades, e cada qual tem as suas. Para mim os humanos estão em primeiro lugar!

    Paula

    ResponderEliminar
  16. Há gente que não sabe cuidar de outra vida.

    ResponderEliminar