quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Há uma grande diferença...

Uma coisa é não ter pudores em falar sobre sexo. Outra coisa é puxar o assunto, falar de sexo só porque sim.

A primeira hipótese é normal. A segunda hipótese é vulgarucha e roça a ordinarice.

25 comentários:

  1. Mesmo!
    Concordo, mas há pessoas que adoram...e por vezes falam como se fossem as maiores praticantes, ams como eu costumo dizer as mentiras sentem-se na voz...Valia mais estarem caladas!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Pois, eu cá entre "puxar o assunto e falar de sexo", prefiro puxar do sexo e guardar o assunto para debater quando calhar. eheheheheheh

    ResponderEliminar
  3. não podia concordar mais. é que se há coisa que me encanita é gente que se arma em super desinibida por dá cá aquela palha. falar na boa, agora puxar o assunto para dar aquele ar bué evoluído, não há paciência!

    ResponderEliminar
  4. Sou da mesma opinião que tu.
    Bj S

    ResponderEliminar
  5. Concordo.
    Há que ter noção de quando se está a ultrapassar essa linha e a chegar à vulgaridade.

    ResponderEliminar
  6. A V* disse uma coisa com que concordo plenamente. Na diferença que tu fazes está a diferença entre a vulgaridade e a normalidade, que, quanto a mim são duas coisas diferentes!

    ResponderEliminar
  7. Também depende muito do porquê e do modo como se fala, S* :)

    ResponderEliminar
  8. Concordo! Estar sempre a falar de sexo é o cúmulo da vulgaridade.

    ResponderEliminar
  9. É um assunto que nem toda a gente assimila da mesma maneira e há que respeitar o espaço dos outros!...

    Há pessoas que não se situam! :P

    ResponderEliminar
  10. Eu adoro é aquele pessoal que puxa do assunto sexo a toda a hora, seja em qualquer altura ou lugar.
    Para mim ao contrário do que tentam demonstrar, têm é falta dele....
    Muita parra e pouca uva.

    ResponderEliminar
  11. como diz um amigo meu «uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa» ... claramente

    ResponderEliminar
  12. como diz um amigo meu «uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa» ... claramente

    ResponderEliminar
  13. tou com a Petra : ha quem goste de falar sobre sexo, eu falo de sexo como quem fala de qualquer outra coisa...falar de sexo e divertido, desopilante e absolutamente normal, se sou vulgar? se calhar sou, mas tou me a borrifar para o "judgmentalism" dos outros, como me borrifo para tudo o resto!!

    "Na diferença que tu fazes está a diferença entre a vulgaridade e a normalidade" isto e um bocado ambiguo pa...

    ResponderEliminar
  14. Xuxi, eu cá não me importo que falem de sexo, não sou pudica. Mas oh que há muita gente que não sabe adaptar as conversas que tem aos outros... e não podemos ter esse tipo de conversas com toda a gente porque podemos acabar por roçar a falta de respeito. Assim como não falo de sexo com o meu tio, não gosto que alguém que mal conheço se ponha a falar de sexo comigo.

    ResponderEliminar
  15. ah, espera, tamos a falar de adaptar o discurso consoante o receptor? pronto, então tamos de acordo!!
    não foi nada disso que percebi pelo teu post ó melher!!
    puxar do assunto e falar de sexo só porque sim, é perfeitamente aceitável do meu ponto de vista; não ter pudores com seco também é saudável....vulgarucha e ordinária, pois depende das palavras e da audiência... há sítios, ocasiões e públicos particulares para todos os tipos de assunto
    (eu cá compartimentalizo tudo, Freud explica)
    ;)

    ResponderEliminar
  16. Xuxi, depende com quem estamos. Com as minhas amigas, entre mulheres, acho perfeitamente normal as piadas sexuais. O mesmo se passa com o meu namorado e com a minha irmã. Agora há pessoas que o fazem em qualquer altura, com qualquer pessoa... e isso já cai no exagero. Não há necessidade de gritar aos 7 ventos que temos uma vida sexual bem resolvida... até porque como disse a Petra, soa a falso. :)

    ResponderEliminar
  17. Socorro, eu conheço uma pessoa assim! É tão, mas tão chata! E depois ninguém se sente à vontade e ela continua, god.

    ResponderEliminar