quinta-feira, 19 de julho de 2012

Coisas que me irritam no jornalismo cor-de-rosa*

* Ou no jornalismo alegadamente sério, quando deturpa as coisas.


Título - Vítor Baía vai pagar 500 euros de pensão a ex-mulher, pelo filho.

Abro a notícia - Vítor Baía vai pagar 500 euros de pensão + colégio e educação da criança + um ordenado de empregada doméstica.


Parece-me que isso dá BEM mais do que 500 euros... Não sou defensora do Baía, atenção, mas também não sou defensora da vitimização da ex-mulher. Parece-me uma "pensão", digamos assim, justa. Mas nem é isso que está em causa, é mesmo o título tendencioso e ridículo da notícia.

19 comentários:

  1. A mim parece-me um exagero! Ele tem que manter o filho, não a ex mulher.

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    Mais uma vez e como já tinha comentado no outro post sobre este assunto, concordo contigo.
    Eu também não defendo o Baía, nem o conheço, mas é o abuso.
    Não era muito mais digno dividirem as coisas a meias? O colégio, a empregada e afins? Ou pronto, ok, ele tem mais recursos, tem uma incidência maior. Mas e quê?? sempre que o menino romper a bela da piuga ela vai pedir dinheiro ao Baía???

    Vai trabalhar menina...faz como as outras e SÊ DIGNA, anda com a cabeça levantada, não devas nada a ninguém, sê independente.

    ResponderEliminar
  3. A minha opinião relativamente a este caso seria demasiado polémica para a escrever... Basta-me dizer que o Baía sabia bem que ela era... E o que pretendia...!

    ResponderEliminar
  4. Ora eu acho lindamente que ele pague a empregada domestica, a escola e educaç~~ao do filhos e mais uma pensao de 500€, isto filhos nao e so faze-los...
    A revista deve ser de alguma amiga da Be!

    Bjos
    Maggie

    ResponderEliminar
  5. Jornalisnmo cor de rosa? Eu costumo dizer que isso é fechar numa redação a porteira e as cabeleireiras lá do bairro( sem ofensa para as mesmas)
    Tenho novos posts no blog...passem por lá
    Beijos charmosos

    ResponderEliminar
  6. Tal como pus no teu outro post concordo contigo.. que deboche o dessas meninas que se sentam à espera de ser sustentadas até depois do divórcio :\

    ResponderEliminar
  7. O pior mesmo na imprensa cor-de-rosa é quando a notícia não corresponde totalmente à verdade.

    ResponderEliminar
  8. Eu não os conheço de parte alguma mas também acho que fazerem dele um crápula, como algumas revistas têm feito, não é nada justo. Ele tem que sustentar o filho não a ex-mulher, bolas.

    ResponderEliminar
  9. concordo plenamente ctg.
    Chega msm a ser ridículo
    O que fazem para vender mais
    Bjs*

    ResponderEliminar
  10. As notícias têm um público e penso que o público desse tipo de jornalismo, não é assim tão criterioso como tu.
    Eles querem qualquer coisa para encher chouriços e que não dê muito que pensar.

    ResponderEliminar
  11. É um abuso e continuo sem entender este tipo de extorsão quando há divórcios! Paguem as contas a meias... ah pois, a moça não trabalha.

    ResponderEliminar
  12. Nunca gosto de perder tempo/ dinheiro com essas revistas. Normalmente a escrita é o que tu acima evidencias, como não sendo muito credível.
    Para ficção, compro um bom livro.

    ResponderEliminar
  13. OS titulos vendem as revistas/jornais...
    E as pessoas compram...
    A vida dos outros é interessante ....vende...
    Eu quero la saber quanto vai pagar o vitor baia???!!!!
    Eles lá sabem....se ele vai pagar é porque pode e quer....aquilo é atraves dos advogados...
    Olha a mim ninguem me paga as contas não...e não vem na revista ;)

    ResponderEliminar
  14. Eu não leio... nunca me irrito!!

    Bjo*

    ResponderEliminar
  15. Ka pa min c esse € todo do vitor, ele vai sustentar os 2!!! c/ jeito ate da p mais um!!! Eheh
    As revistas fazem d td p vender!!! Cmg n vao longe,n compro nenhuma!!!
    B-)

    ResponderEliminar