terça-feira, 22 de maio de 2012

Diferenças

Eu, a "cesta rota", a pessoa com a postura mais "livro aberto" no que toca à sua vida, tinha logo de me apaixonar por um homem reservado que acha que não tem interesse falar sobre o passado. Interesse pode não ter, mas eu tenho gosto nisso.

Se me perguntarem algo sobre o passado do namorado, vou ter de responder um "não sei". Como foi a infância dele? Não sei. A adolescência? Não sei. A faculdade? Também não sei. As anteriores relações? Não sei, de todo. Por vezes isso incomoda-me.

36 comentários:

  1. e normal que incomode porque o passado fez o que somos hoje e se calhar algumas coisas (nao todas) te fizessem entender algumas coisas do presente.
    Digo não todas porque nem tudo é bom de saber, criamos filmes e ideias que não valem a pena! :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Tens todo o tempo do mundo para ir descobrindo...sabendo de tudo, parte da piada perde-se :)

    ResponderEliminar
  3. S* por vezes temos de nos moldar ao feitio do outro para não criar atritos, esquece o passado dele vive o vosso presente e futuro, a maioria dos homens não gosta de mexer no passado e muito mais se ele não correu lá muito bem....

    ResponderEliminar
  4. O passado da pessoa que amamos é importante para conhecermos melhor quem está ao nosso lado.
    Mas depois de o conhecermos é para arrumar numa gaveta e ficar lá sossegadinho sem mexer.

    ResponderEliminar
  5. Percebo-te! Apesar de o meu namorado não ser assim tão reservado e ter algumas ideias/saber algumas coisas sobre o passado dele, há muita coisa sobre a qual ele não fala e que eu gostava que falasse. Mas também não queria ser eu a puxar o assunto... percebes-me ou ainda sou mais complicada do que tu?? :P

    ResponderEliminar
  6. olha que graça, tbém tenho um homem desses e sou uma mulher dessas.

    Bjo
    Maggie

    ResponderEliminar
  7. Quanto às relações passadas aprendi às minhas custas que quanto menos soubermos melhor é.
    Relativamente ao resto com o tempo pode ser que venhas a saber um pouco mais. As vivências passadas é que fazem de nós o que somos agora.

    ResponderEliminar
  8. Geri, isso das relações não me chateia nem me interessa por aí além (apesar de haver um pormenor que me intriga, tenho de admitir). O que me chateia mesmo é o facto de ele nunca me falar de coisa alguma do passado... se cresceu feliz, como viveu a adolescência, pessoas marcantes, momentos marcantes... essas coisas. :)

    ResponderEliminar
  9. Eu sei tudo da infância e adolescência do meu namorado, mas das relações anteriores não sei nada e NEM QUERO SABER :) Para quê? Para ficar a pensar nisso. O que sei é do tempo em que éramos só amigos, de resto só sei de nós ;)

    ResponderEliminar
  10. Mais coisa menos coisa pareces a minha mulher a falar...
    O passado tem esse nome precisamente porque já lá vai... Que preciso há de falar das minhas ex-namoradas, do que aconteceu na minha infância, adolescência? (Na faculdade não precisa perguntar que sabe ai eu dava-me com colegas dela por isso sabia o que eu fazia...)
    O passado são coisas que já passaram, e que não são para esquecer porque nos fizeram como somos, mas já passaram, por isso não é preciso andar sempre a martelar nelas...
    Tenho algumas fases da minha adolescência das quais não em orgulho, por isso não faço questão de falar nelas...
    Resta saber se fomos felizes, e se aprendemos com os erros, tudo o resto é extra...

    ResponderEliminar
  11. Wendy, escorpião sou eu... ele é Gémeos. :)

    Tímido, entendo tudo isso, mas quando se quer construir uma relação sólida, admito que me faz confusão não saber nada do passado dele. Já percebi que ele não liga a essas coisas, mas eu ligo.

    ResponderEliminar
  12. sinto o mesmo em relação ao meu P. ele diz que o passado já lá vai... mas de vez em quando dá-me assim um resumo de alguns acontecimentos, mas nada de especial. a verdade é que em apaixonei pelo que ele é agora, e não pelo que ele foi.

    ResponderEliminar
  13. Cuidado com as insistências nessa área... escorpião! :) Queremos muito saber, mas depois...

    ResponderEliminar
  14. acredito, também sentiria se o meu não se abrisse comigo.

    eu sou uma pessoa extremamente reservada com toda a gente, mas ele não é (nem pode ser) toda a gente e por isso com ele sou o tal "livro aberto".

    ResponderEliminar
  15. Os homens de Gémeos são geralmente muito extrovertidos ....

    ResponderEliminar
  16. Cris, bem sei, bem sei... ;) Escorpião é fogo.

    Cláudia, eu também entendo que ele seja reservado com os outros, mas comigo não gosto que o seja. Ao menos ele admite o defeito.

    ResponderEliminar
  17. Anjo, o pior é que ele é divertido, meio palhaço até, e bom conversador com qualquer pessoa. Apenas não fala de si...

    ResponderEliminar
  18. Ihih! Eu não tenho desses problemas!!! Estamos juntos há tanto tempo que quase já não me lembro da Era pré-namorido!

    ResponderEliminar
  19. Homens não falam sobre si toda hora. Falam quando querem. Não insista é pior, passarás por chata, e ele se fechará mais ainda. Aos poucos ele te fala.

    ResponderEliminar
  20. Por acaso não tenho esse problema com o meu namorado.. Ao início não me contava quase nada, mas depois ele começou a fazer-me perguntas e eu só lhe respondia depois de ele me contar sobre ele.. Remédio santo.

    ResponderEliminar
  21. Não tem nada a ver com signos, mas sim com género. Salvo raras excepções, os homens não são de andar a partilhar histórias, passados, vivências. Acredita que, após 9 anos, ainda vou descobrindo coisas que o P. aos poucos, lá me vai contando. Tem que ser no timing neles - nada de pressionar!

    ResponderEliminar
  22. tb es escorpiao? bem vinda ao clube
    anyway, isso e pq eles sao mesmo assim, para eles o passado e algo que ficou para tras, e algo que querem enterrar se esse passado nao foi bom. eles nao gostam de partilhar, focam-se acima de tudo no hoje e no amanha. eu dele sei pq ja estamos juntos ha imenso tempo, mas aposto q nem sei da missa a metade, mas do que sei nem pergunto sobre mais nada pq e mto mau.
    a serio, nao te preocupes com o passado, se um dia ele quiser falar ele fala. o mais importante e saberes o que o define enquanto pessoa, o que ele gosta de fazer, o que o faz sorrir, o que talvez o faca chorar, o que quer fazer no futuro e como se sente no momento. o importante e saberes o suficiente, sabendo que ele e a pessoa com quem queres viver e construir um futuro :)

    ResponderEliminar
  23. ele é um sortudo..é o que é...se não te preocupas em "gastar" o tempo em conjunto...com o passado...o vosso presente e o futuro...será como já é...brilhante...!!!
    beijo

    ResponderEliminar
  24. e calhar, o moço está num programa de protecção de testemunhas e não pode falar do passado, eheheheh! Brincadeira. Beijoooo.

    ResponderEliminar
  25. Liliana Costa, muito obrigada, adorei o que escreveste. :)

    ResponderEliminar
  26. Eu cá tenho de saber tudo dobre isso :) E adoro partilhar o meu passado, embora que nem sempre tenha sido feliz :)

    ResponderEliminar
  27. Oh S*, ja percebo porque é que vejo em ti muito de mim. Sou escorpião também. haha
    Eu gosto de falar sobre o passado. Prefiro falar para não andar a macacar. O meu namorado não gosta assim tanto. No entanto, percebe a minha necessidade. Já tivemos duas conversas muito sérias sobre isso. Duas em 10 meses de namoro. (sim, pouco tempo de namoro. 20 anos de idade. Mas sei que tu mais do que ninguem sabes não é preciso ter uma relação de 5 ou mais anos para poder dizer: é sério, quero-o comigo sempre).

    Beijinhos S* :)

    ResponderEliminar
  28. Depende bastante, na minha opinião, (vale o que vale) da forma como abordamos o assunto. Se a coisa surgir de forma natural, porque as conversas são como as cerejas, acho que se acaba por ir revelando à pessoa que temos ao lado, algo que no início nem estávamos pra aí virados. Se for género inquérito, saber tudo e mais alguma coisa do que se passa ou se passou com a outra pessoa, aí a tendência é um "fechar-se" e nada a fazer.

    ResponderEliminar
  29. Também tenho essas curiosidades por acaso, não sei se para ver as semelhanças ou as diferenças daquilo que se viveu =)

    ResponderEliminar
  30. É uma decisão que tens de respeitar mas de facto deve ser um pouco estranho não saberes a história da tua cara metade :s

    ResponderEliminar
  31. Infelizmente, isso é recorrente. Os homens evitam falar sobre o passado porque sabem que depois fazemos perguntas e pedimos explicações detalhadas... E se há coisa que os homens odeiam é pensar muito em respostas e justificações! Mas vai com calma, nem que seja uma coisinha de cada vez, de certeza que ele vai acabar por ir revelando...*

    ResponderEliminar
  32. Com o tempo pode ser que ele vá te mostrando algo aos poucos.

    ResponderEliminar
  33. Eu dizia-lhe directamente que queria saber coisas da vida dele, mas que só o queria saber quando ele se sentisse preparado para me contar. Vai dar-lhe confiança.

    ResponderEliminar
  34. A quem o dizes! O meu namorado conta mas com muita insistencia e pressão. Arre!

    ResponderEliminar
  35. Não sei se estoua ser intrometida, mas também concordo com a Liliana. welcome to the club! ;)

    ResponderEliminar