Sabem aquela do "longe da vista, longe do coração"?

Verdade.


Obviamente há casos e casos. Depende sempre da intensidade dos laços que unem as pessoas.

Comentários

  1. Também confirmo. Estou à distância daquilo que me faz "mal" há quase três semanas e desde aí aguento-me bastante melhor (o que não quer dizer que a vontade de estragar tudo seja muita, mas isso já é outro assunto).

    ResponderEliminar
  2. Os ditados populares, ou lá o que lhes queiram chamar, têm sempre um fundo de razão. E este é bem verdadeiro.

    ResponderEliminar
  3. Depende também da memória e há memórias traiçoeiras!

    ResponderEliminar
  4. Há casos que sim, há casos que não.

    ResponderEliminar
  5. Bem verdade! Se ao inicio custa um bocado, a distância acaba por fazer os milagres necessários! Confirmo.

    ResponderEliminar
  6. Longe da vista, mas nem por isso longe do coração. Por vezes é difícil, mesmo esses desejos antagónicos que pairam entre o esquecer para me encontrar e o medo que de tão longe se perca de todo do coração.

    ResponderEliminar
  7. Esta frase deixa-me tanto para dizer... mas nesta fase nada sai...

    http://so_risoincognito.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  8. quando está verdadeiramente no coração duvido que assim seja...mas está bem, o tempo cura tudo!!!

    bj S*

    ResponderEliminar
  9. Acho que depende. Às vezes a distância até ajuda a fortalecer os laços.

    ResponderEliminar
  10. No meu caso, bem que gostava que isso fosse verdade.

    ResponderEliminar
  11. Também confirmo. É sempre complicado lidar com a distância. Mas há casos que parece que até ajuda!

    ResponderEliminar
  12. Desculpa mas não é de todo verdade :)

    Há outro ditado muito importante, e que, no meu caso, é o que se aplica:

    A distância faz ao amor aquilo que o vento faz ao fogo: apaga o pequeno, alimenta o grande.

    :)

    ResponderEliminar
  13. "coração que não vê, coração que não sente!"
    Não é que dizem?

    ResponderEliminar
  14. Desculpa mas não é, de todo, verdade.

    :)

    No meu caso é este o ditado que se aplica:

    A distância faz ao amor aquilo que o vento faz ao fogo: apaga o pequeno, alimenta o grande.

    :)

    ResponderEliminar
  15. Não acredito nesses chavões.
    Apesar de estares aí no cu de judas, estás sempre no meu coração.
    Ai, ai, aiaiaiai.
    AHAHAHAH

    ResponderEliminar
  16. Era bom que assim fosse...Mas por exper~iência propria está longe da vista há anos mas muito presente no coração..Era tão fácil que assim fosse...
    Beijocas
    Ana

    ResponderEliminar
  17. Claro,depende sempre dos casos...mas os ditados populares têm sempre razão...

    ResponderEliminar
  18. já me aconteceu em relação a uma ou outra amizade (e das que julgava mais que verdadeiras).. nunca em relação a um amor.

    ResponderEliminar
  19. No meu caso, recuso-me a acreditar nisso. :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares