sábado, 11 de setembro de 2010

As Mulheres e o Sexo

Este vídeo tem sido muito comentado nas redes sociais. Muito bem feito, digo eu. A ensinar umas coisinhas, digo eu também. Serviço público, meus caros.




Já agora... Como São Bernardos? Sadly, that's the truth. Por isso é que eu é mais gatos, são mais cuidadosos.

42 comentários:

  1. Só umas perguntinhas. Qual a ideia de fingir que se está a gostar? Quem perde realmente: eles ou nós?

    O pior é que esta conversinha passa das séries televisivas com suposto humor para a vida real.

    Fingir por peninha dos homens. Que palhaçada! Dá pena é destas mulheres que estão prali a gritar como umas cabritas e não sentem o que realmente é bom. Para fazer dobragens, mais vale ir bater à porta da Disney que é capaz de ser mais giro!

    ResponderEliminar
  2. Bem.... que sortuda que eu sou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Heheheheh!

    Cadês
    Almofariza

    ResponderEliminar
  3. Ana, acho que perdem ambos. Ele, porque não agrada à companheira e ainda faz a figura de totó. Ela, porque não o ensina a fazer melhor.

    A partir do momento em que se quer levar a relação a sério, deveria haver abertura para se corrigir o que está errado. Dever-nos-íamos sentir à vontade para dizer "aqui, ali, assim e assado". Infelizmente, acredito mesmo nos 80%...

    ResponderEliminar
  4. Há forma de mandar isto para os e-mails de toda população masculina?

    ResponderEliminar
  5. Mandei isto aos meus amigos eles adoraram!!! ahahhahah
    Abraços

    ResponderEliminar
  6. Eu tinha a certeza que tu pensavas assim. Tenho ideia de ti como uma pessoa sensata e com imenso à vontade nestas coisas :) As perguntas foram um pouco retóricas.

    Eu também penso como tu. E não acho que devamos ver os homens como totós por não saberem agradar até porque, apesar da anatomia ser igual, cada mulher é uma mulher e não acho que haja o manual do minete perfeito. Assim como não acho que o haja para nós, não acho que nós nos possamos intitular como talentosas na área.

    Por isso me irrita esta conversa do vídeo, quando ouvida na vida real. Porque o mal não será da pessoa que não sabe fazer, o mal está, como dizes, no casal que não fala abertamente e, em primeira instância, neste caso, na mulher que prefere ganir do que dizer que gosta mais assim ou assado.

    Beijoca, S* :)

    ResponderEliminar
  7. Dá mais para pensar em falta de comunicação do que ter geito para fazer minetes.

    ResponderEliminar
  8. vá lá... ensinem-nos e deixem-se de conversa!... tenho a serteza que os vossos namorados, maridos, companheiros, ou amigos vão ser alunos atentíssimos...

    ResponderEliminar
  9. Parabéns, muito bom!
    Por aqui não falamos minete e sim chupada e boquete. Quando é aplicada simultaneamente chamamos de 69.
    Falando de língua, especificamente da língua portuguesa fico me perguntando onde foi que perdemos essa belíssima pronúncia. É um prazer auditivo ouvi-los.

    ResponderEliminar
  10. Gostei da idéia da Dani, a terceira. Dou maior força ;)

    ResponderEliminar
  11. Ana, querida, "totó" não por não saber fazer - que ninguém nasce ensinado... mas por se gabar de algo que efectivamente não sabe fazer. :)

    ResponderEliminar
  12. Por acaso não concordo com este video. É por causa de meterem mentalidades como esta que se perde o romantismo. Porque aliás, entre o minete e um fim de semana numa pousada eu cá prefiro o fim de semana na pousada... Mas isto são gostos!

    ResponderEliminar
  13. S*, mas então se a mulher finge que resulta muito bem, o homem só pode pensar que é uma maravilha lol

    Mas pronto, a ideia é essa.

    Beijoca grande :)

    ResponderEliminar
  14. Estás à vontade Miss. :)

    Claro que o vídeo é um exagero e é óbvio que o romantismo é bem mais importante que a técnica oral... mas vá, vale pela ideia. :)

    Ana, não entendo bem o fingimento. Consigo entender o exagero em termos de prazer, consigo entender que se finja uma ou duas vezes... agora fazer disso sistema? Qual o objectivo? Nunca ter prazer? :)

    ResponderEliminar
  15. é triste ter que fingir. acho que as coisas podem ser melhores se houver comunicação. mas cada qual com a sua mania, cada um sabe como quer reagir a cada situação. há quem prefira fingir, pronto. manias :)

    muito obrigada pelo comentário :)

    ResponderEliminar
  16. ai ai... Miss Murder, um beijinho especial so por esse comentário da pousada. E, como a Anaferro já disse, voces também não vêm própriamente ensinadas, embora tenham a facilidade de se darem com um orgão muito maior, mais simples, e mais exposto.

    PS - já agora, nós também somos muito mais tolerantes: nunca vos levamos a mal um mau broche, e resolvemos a coisa sem ficarmos decepcionados/eternamente desiludidos.

    ResponderEliminar
  17. Wolve, até porque um fim de semana a pousada dá para muito mais que um servicinho oral. LOL

    Bem, fora de brincadeiras... evidentemente que isso é totalmente secundário quando se gosta de alguém. A intimidade, o carinho, a vontade de estar junto é muito mais importante que a qualidade e a técnica utilizada num minete. :S

    E já agora, ninguém nasce ensinado. E todos precisamos de ser ensinados... apesar de os homens terem um órgão mais exposto, como diz o Wolve, todos os homens são diferentes. Regra geral, apreciam o mesmo... mas os detalhes fazem a diferença. :)

    ResponderEliminar
  18. pois lá está: os homens não gostam todos do mesmo, isso julgam voces!

    ResponderEliminar
  19. Também me mandaram isso hoje. LOL

    Deviam era dizer as companheiros, assim eles já sabiam e agora não levavam bomba... :p

    ResponderEliminar
  20. Olá S*!

    Estará na origem deste video a frustração sexual do realizador?... Talvez não, se calhar até é gay... Há uns 20 anos atrás, contaram-me uma anedota (uma conversa entre dois homens) que rezava assim:
    - Sabes porque é que as mulheres fingem?
    - Não!?
    - Porque pensam que nós nos importamos!

    Já soubeste de algum homem a fingir prazer num broche? E olha que os há muito mal feitos, não te sei dizer a percentagem porque não terei a "rodagem" das senhoras deste video, mas adianto-te que se as mulheres não simulassem (a pensar que nos importamos) e ensinassem quem não terá o melhor desempenho, só ficavam a ganhar. A ser verdade estes "10%", terão muito mais responsabilidades neles as mulheres do que os homens. Ou achas que todas as mulheres nasceram a saber fazer um broche?...

    BeijinhoS*

    ResponderEliminar
  21. Gemini, percebo-te na perfeição.

    Vou arriscar percentagens. Acredito que 30% dos broches/minetes (falando português) sejam fracos. Sabem, do género "pronto, olha, conta a intenção". Depois existem os realmente maus. Os bons, os muito bons e os que nos levam ao rubro.

    Nada se aprende. O Youporn ensina algumas coisas, está claro, mas aquilo é tudo uma fantochada. Pouca gente fica a fazer aquelas coisas todas... ou por falta de vontade, falta de competência ou simplesmente por falta de conhecimento.

    No entanto, todos temos boca. E a boca, além de servir para essas técnicas orais, também serve para falar. Não custa dizer ao namorado "olha querido, escusas estar para aí no lambe-lambe a noite inteira, podes ir directamente ao clitóris". Assim é tão mais simples e definitivamente saem os dois a ganhar. :)

    ResponderEliminar
  22. Outra coisa, S*, uma mentira só o é para quem mente... Para quem ouve ou é "enganado", o facto mentiroso é verdade!

    Isso revela tudo menos inteligência... Mas isto digo eu.

    Seja como fôr, "elas" que continuem a FINGIR que TÊM prazer, que nós CONTINUAMOS a TER!

    ResponderEliminar
  23. Gemini, eu consigo entender, como já escrevi, que se exagere... em vez de se gemer um "ai" geme-se um "aiiiiiiiiii" que a coisa anima mais. :P

    Consigo entender que se finja um orgasmo quando se quer despachar a coisa, porque se está cansado ou por qualquer outro motivo.

    Agora basear a nossa vida sexual em orgasmos falsos é, para dizer a verdade, deprimente.

    E não há nada que me faça sorrir mais, não. :P

    ResponderEliminar
  24. Ó S*, pela maneira como a "simulação" do prazer está tão mediatizada na sociedade (ao ponto de se fazerem videos destes), só se prova que o "fingir um orgasmo para despachar a coisa" já não é a excepção mas sim a regra!!!! E é isso que eu acho MUITO GRAVE!!!

    BeijinhoS*

    ResponderEliminar
  25. Eu não gosto de ser pessimista Gemini, mas julgo que isso acontece porque vivemos numa sociedade cada vez mais egoísta. Apesar de existirem homens cada vez mais preocupados com a mulher e o prazer que dão à mulher, existem ainda cada vez mais rapazitos que estão com uma hoje e outra amanhã. Logo, não investem no corpo de uma mesma mulher, tentando saber o que agrada aquela mulher EM CONCRETO. ;)

    E finge-se. Finge-se por uma questão de submissão, parece-me. Finge-se para agradar o homem. Finge-se para despachar. Finge-se para que ele ache que somos fantásticas na cama (???), como se o facto de não termos um orgasmo significasse o contrário.

    Não sei, é uma questão de mentalidade. Errada, muito errada.

    ResponderEliminar
  26. Um homem que "garanta prazer" a uma mulher QUE LHE DÊ prazer, garante também a VONTADE de ELA estar com ele OUTRA VEZ! É de TODO O INTERESSE do homem satisfazer a mulher, no minimo para ser melhor que um possível "seu concorrente"!

    Eu penso é que a relação sexual, os preliminares, tudo isso, está associado IMEDIATAMENTE ao prazer. O prazer tem de ser consequência absoluta, e muitas das mulheres que fingem, fazem-no para evitar uma imagem que se possa criar delas, isto é; - Se não tenho prazer, não sou normal, porque isto é suposto dar prazer!

    As pessoas esquecem-se que o problema não está, nem na vagina em si, nem no clitóris em particular, ou tão pouco numa boca, ou na ponta duma lingua... Está naquela coisa que se chama CEREBRO, e que toda a gente devia ter!

    BeijocaS*

    ResponderEliminar
  27. Pois... as mulheres são todas diferentes mas a questão de encontrar o ponto exacto (mais para ali, mas para acolá...), hoje em dia já se resolve com um GPS.
    AHAHAHAH.

    ResponderEliminar
  28. tens razão, S*, é uma questão de mentalidade: demasiado sexo, demasiado machismo, demasiado futebol, pouca cabeça, e muito egoismo. Mas isso é - sendo sucinto e pessimista - a Identidade Nacional.

    ResponderEliminar
  29. Não é o manual do minete que é preciso. O que é preciso é o manual da comunicação.

    ResponderEliminar
  30. Acho que se devia fazer um vídeo, mas para mostrar o outro lado. De homens insatisfeitos, das percentagens, das mentiras, etc.

    ResponderEliminar
  31. Wolve, exactamente porque existe muita concorrência, a pessoa tem de se esforçar para garantir que é o melhor dos melhores. :P

    Gemini, no seguimento do que escrevi acima, concordo plenamente contigo. Uma pessoa que se esforce por dar prazer ao parceiro garante duas coisas:

    Repetição e reciprocidade.

    Alguém que agrade ao parceiro garante que este vai querer repetir a festa. Além disso, alguém que acaba de receber prazer vai certamente sentir bem mais vontade de retribuir o gesto.

    Infelizmente, como bem escreveste, é muito uma questão de cérebro. E esse problema não se resolve com umas indicações "mais para ali, mais para acolá". :)

    ResponderEliminar
  32. tinha visto no facebook da pólo norte, e achei muito, muito engraçado e bem feito ;)

    ResponderEliminar
  33. a resposta para mim não foi para mim. eu não falei em concorrência, até porque em amor e sexo, não acredito nela.

    ResponderEliminar
  34. Meninas eu sou o eterno estudante... Alguém se volantaria para ser a minha professora?!

    Kiss**

    ResponderEliminar
  35. Sinceramente achei este video um bocado parvo.
    Se o homem não faz bom minete cabe à mulher dizer "Olha lá, vê se lambes isso como deve de ser"... porque eles não são bruxos e por muito que leiam só estando mesmo lá com a língua no assunto é que sabem se fazem bem ou não.

    E o mesmo equivale às mulheres, a muito boa mulher que tá ali a chupar o zé nabo e quase que lhe arranca a piça de chupão.

    Como tudo tem de haver bom senso, e uma mulher fingir é muito mau... se não se queixam para eles tá tudo bem.

    E já agora, nos anos e natal agradeço um bom minete mas sempre acompanhado de uma boa prenda.
    porque se me derem só o minete tá o caldo entornado lol

    ResponderEliminar
  36. pestinha, vai lá para a fila que eu cheguei primeiro :P

    ResponderEliminar
  37. a língua dos gatos é áspera. não sei se é muito boa ideia...

    ResponderEliminar