Apesar de eu não ter jeito para isso...

O que eu adoro quando se chamam as coisas pelos nomes, sem direito a eufemismos e floreados pomposos.

Vai dar ao mesmo, mas é mais directo. E ir directo ao assunto é sempre bom.

Comentários

  1. eu gosto também de tentar ser o mais directa possível :)

    ResponderEliminar
  2. Tirando se o assunto for um poste ou um muro de betão. Nesse caso, é melhor rodeá-lo...

    Pode ser metafórico, mas é menos doloroso...

    ResponderEliminar
  3. É uma "verdade" mas nem sempre deve ser assim, depende do assunto e da sensibilidade de cada um.
    Abracinho

    ResponderEliminar
  4. Ir directa ao assunto é importante quanto o tema assim o permite...

    ResponderEliminar
  5. Será? Não é melhor com "preliminares"? Eheheheheh

    ResponderEliminar
  6. Também não tenho grande jeito para ser logo logo directa. Mas adoro que se chamem os bois pelos nomes (ou lá como se diz!)

    ResponderEliminar
  7. Nada melhor que assertividade.

    Ser assertivo não implica ser arrogante ou mal educado, implica dizer as coisas como elas são.
    O problema é que nem todos têm este dom de assertividade, por isso é que há coisas (situações, relações...) que acabam mal!

    Como eu gostava de ser todos os dias assertiva!

    ResponderEliminar
  8. Concordo, miúda! Mas também há que contar até três antes de abrir a boca! ;)

    ResponderEliminar
  9. Concordo contigo Malena ;)

    ResponderEliminar
  10. Mainada! Depende das situações, mas na maioria das vezes trato as coisas da forma mais directa possível.. e às vezes, quando me dou conta.. está tudo a olhar com ar escandalizado.. mas lá no fundo, a maioria está danada por não ter tido lata para dizer o mesmo.. porque era isso que lhes apetecia dizer! Ahahaha!!! :PPP

    ResponderEliminar
  11. Ora nem mais, deve ser por isso q a poesia não é o meu forte.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares