Faz alguma coisa que te assuste. No bom sentido. Algo que te provoque as afamadas borboletas. Algo que faça a vida valer a pena. Sem te importar com as consequências - tens tempo para pensar nisso depois. Tens tempo para te arrepender depois. Entretanto, vive.

Comentários

  1. às vezes não é fácil :$ mas é o melhor que temos a fazer :)

    ResponderEliminar
  2. Muito bom!
    É verdade...façamos da nossa vida algo que faça sentido, "façamos da nossa vida um dia". Mas isso é relativamente complicado!Também importa pensar nas consequências... porque o arrependimento, por vezes,pode já ser tardio!
    Sim, concordo com a parte do "vive". Viver é importante, mas saber viver é crucial, para alcançar as "afamadas borboletas".

    :)

    ResponderEliminar
  3. huuuumm...I see...
    acho que tenho que experimentar.

    ResponderEliminar
  4. É dos meus pensamentos preferidos, esse de viver sem pensar nas consequências. Todos deveríamos segui-lo, mesmo que por um dia. Havia muita coisa que mudaria para melhor, penso eu, tal como acordar na manhã seguinte também fosse um grande problema. A sério, falta um bocado de coragem a algumas pessoas para enfrentar os seus medos, preferindo assim refugiar-se numa espécie de comodismo que não leva a lado nenhum.

    ResponderEliminar
  5. E com este sol, só apetece mesmo é fazer dessas coisas... 8)
    Bjinho*

    ResponderEliminar
  6. O risco.. com conta peso e medida, não tenho dúvidas, é bom, benéfico e traz confiança.

    ResponderEliminar
  7. Pra quê? Viver, só por si, não é suficientemente assustador?

    ResponderEliminar
  8. a adrenalina liberta a alma!!! :)

    ResponderEliminar
  9. Isso lembrou-me uma "música" fantástica (a frase está lá). Espero que gostes.

    http://www.youtube.com/watch?v=xfq_A8nXMsQ

    ResponderEliminar
  10. EH LAH Partilha connosco, que vais fazer? Nós acompanhamos-te :)

    Beijinhos

    P.S. Achei um piadão à menção que fizeste das ''caralhadas''. Também sou mais assim! Gajas!

    ResponderEliminar
  11. optimo conselho! foi o que fiz precisamente este fim de semana.
    porque a vida é para ser vivida.

    ResponderEliminar
  12. Se fosse tão fácil assim... :S O medo por vezes é bem maior!!!

    ResponderEliminar
  13. Olá S*

    Creio que breve irei passar por uma situação dessas. Arrepender-me mais tarde não, mas sim se não o fizer brevemente.

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  14. Nem sempre é fácil. Mas quando nos permitimos a isso, é tão boM!

    ResponderEliminar
  15. E vou mesmo fazer mas não digo o quê...
    Abracinho

    ResponderEliminar
  16. Gostaria muito de te dizer para ires em frente, mas seria incongruente com o que está no post anterior, não achas? é que a consciência continua por lá... :-)

    ResponderEliminar
  17. Eu até concordo com isso, mas... olho para o PEC, por exemplo, e fico a pensar se depois haverá tempo para pensar nas consequências!...

    ResponderEliminar
  18. Eu penso sempre demasiado nas consequências porque geralmente tomo sempre más decisões quando não penso nisso.

    ResponderEliminar
  19. Nem sempre é fácil agir assim, porque as consequências podem ser piores do qe imaginávamos. Contudo, quem não arrisca não petisca. Por mais engraçado que pareça estou numa situação do género e não sei bem que faça, com medo das tais consequências...

    Selo no meu blog*

    ResponderEliminar
  20. é a velha história: mais vale arrependeres-te de fazer do que de n fazer

    ResponderEliminar
  21. Hum...perder o pé...não sei.

    Beijos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares