Palavras


Eu sou tímida. Coro imenso. Tenho montes de tiques. Mas também falo muito. Quando me sinto à vontade, sou tagarela para caraças. Falo pela frente, falo pelos cotovelos, falo alto e sussuro logo de seguida. Mas sou poupadinha nas palavras.

Como já escrevi por diversas vezes, não me afeiçoo a todas as pessoas. Para dizer a verdade, acho muito estranho e suspeito quando uma pessoa simpatiza com toda a gente. Alguma coisa não bate certo. É impossível gostar-se de toda a gente.

Eu tenho as minhas escolhas. Sei o tipo de pessoas das quais gostos. E sei aquelas que quero longe da minha vida. Tenho "amigos" (ou espécie de...) muito diferentes. Uns mais próximos, outros mais afastados. Uns mais faladores, outros mais calados. Mas sei aquilo com que posso contar de cada um deles. E acho que eles sabem aquilo que podem esperar de mim.

Sou realista. Não me considero amiga de toda a gente. Tenho gente em quem confio. Gente com quem me sinto bem. Mas neste momento tenho apenas uma amiga verdadeira, para toda a vida: a minha irmã.

Tudo isto para dizer que não gosto de falar dos meus sentimentos. Nunca gostei. Sou meiga. Demonstro afecto quando o sinto realmente. Sou fraca com as palavras. Prefiro os actos.Se gosto, acho que sou imensamente meiguinha. Ok, sou mesmo melosa. E chata. E ainda mais remelosa.

Mas apesar da meiguice dos actos, há palavras que me ficam entaladas na garganta, e insistem em não sair. Poupo-as para pessoas especiais. Para momentos especiais.

Comentários

  1. Eu não. Simpatizo com toda a gente, um porreiro que conversa com qualquer pessoa. Mas amigos, amigos tenho poucos. Não é que não confie nas pessoas, mas sou desinteressado e esquecido, de modo que criar uma amizade comigo, só mesmo com muita paciência para aturar o meu desapego... Por outro lado, sou desbocado, na medida em que se nalugm momento me sinto bem com determinada pessoa, digo-lhe instantaneamente.
    Sou um gajo estranho, acho. ... ;)

    ResponderEliminar
  2. Não imaginava que corasses... deves fikar engrassada... eu tyb coro com facilidade, mas consigo ser boa faladora em qualquer situação...

    Ainda bem que ja estás melhor...
    Beijão querida amiga

    ResponderEliminar
  3. Já dizia o ditado: "poucos mas bons". Eu acho que a amizade deve ser assim: Não precisa termos quilómetros de amigos, basta termos poucos com quem possamos contar nas diversas ocasiões.

    ResponderEliminar
  4. Compreendo-te perfeitamente e acho que fazes muito bem em ser assim.

    ResponderEliminar
  5. Se deixasses sair essas palavras a torto e a direito, deixavam de ser tão especiais e passavam a ser comuns. Fazes mto bem em economizar palavras e fazê-las "render" com quem realmente merece :)

    ResponderEliminar
  6. Revejo-me em cada palavra porque sou exactamente assim, com excepção da parte do corar:-). Sou faladora, uma verdadeira tagarela, mas quando se trata dos meus sentimentos e da minha exposição ao mundo, fecho-me na minha carapaça dura (cada vez mais dura, com o passar dos anos). E também a minha melhor amiga é a mana, a melhor do mundo. Se isto é bom ou mau não sei, mas há coisas que pura e simplesmente fazem parte de nós e não podemos mudar.

    ResponderEliminar
  7. Engraçado...

    Eu também sou assim! Principalmente quando canto, fico vermelha que nem um tomate.
    Em relação às palavras, também as guardo para os momentos certos. Não sei se faço bem, porque às vezes digo as coisas de uma forma demasiado certeira.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Ajuda-nos a passar a ideia da Esterilização Obrigatória para os animais de estimação
    É importante, porque cada vez há mais cães e gatos pelas ruas abandonados
    temos um selo para colocares no teu blogue
    http://esterilizacao-o.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  9. Já diz o ditado popular:

    "o hábito, faz o monge"

    Um dia, habituas-te a lidar com todos os detalhes da vida humana, e deixas de achar estranhas, as particularidades referidas.

    ResponderEliminar
  10. costumo dizer "já tenho amigos que chegue!" lol
    na brincadeira mas com um fundo de verdade. sei distinguir os AMIGOS, dos restantes conhecidos com quem também me dou super bem mas se me der mal não há crise porque é nos verdeiros compichas que tenho o meu porto seguro.
    confuso?:P

    ResponderEliminar
  11. não concordo que sejas poupada, até porque já escreves te sobre aquilo que guardas para dizer em momentos especiais, está algures, ai uns meses para trás.

    Quanto ao resto, cada um é como é, mas lembra te de uma coisa, nunca deixes nada por dizer no final podes te arrepender disto ou daquilo

    ResponderEliminar
  12. :)
    Eu tambem...prefiro escrever ou beijar ao dizer "amo-te"
    Eu tenho uma coisa q nunca percebi as pessoas dizem "Ela tá sempre a sorrir é bué fixe!!"xD o que por vezes é mau pq as pessoas n distinguem de quando estou triste ou contente

    ResponderEliminar
  13. Podia ter sido eu a escrever este texto... Podia sim!!
    Beijo

    ResponderEliminar
  14. Senti-me a olhar(-me) ao espelho! :)
    (Ninguém cora mais do que eu! eheh)

    *

    ResponderEliminar
  15. Por vezes um pequeno gesto é mais importante do que todas as palavras do mundo.
    Já reparaste na "força" de um abraço?
    É dos gestos que mais gosto. Abraçar um amigo (se for uma amiga, melhor:D), ou alguém a quem queremos muito, transmite tudo o que sentimos, como uma corrente eléctrica.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  16. Eu não simpatizo com todas as pessoas. Aliás, há pessoas com quem nao simpatizo mm nada. Mas sei que à partida, sou uma pessoa muito mais predisposta p/simpatizar do que p/não. Ou seja, qnd não gosto, não gosto logo ali. Mas não me é dificil gostar de pessoas. Falar com pessoas, com desconhecidos. Se bem que já fui mais assim.

    Beijinho *

    ResponderEliminar
  17. Até é positivo não simpatizar com toda a gente.
    E sinal que temos personalidade bem definida e sabemos bem fazer as nossas escolhas...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. não deixes palavras entaladas... pode ser perigoso.

    (gosto da foto)

    ResponderEliminar
  19. eu raramente simpatizo com alguem assim de caras, acabo normalmente por descobrir que julguei demasiado cedo sem conhecer a pessoa, um defeito estupido do qual me envergonho e tento mudar.

    há coisas que nao se transmitem por palavras...*

    ResponderEliminar
  20. "Sou fraca com as palavras."

    Minha querida eu tou bêbeda ou tu escreveste mesmo aquilo?

    Estás com um sentido de humor mt elevado hoje, sim senhor!!! :)

    Beijinho :)

    P.S.- Pffff "fraca com as palavras"... Nao gozes com os pobres como eu!! Isso é mt feio!! ;)

    ResponderEliminar
  21. Bem...eu tambem nao me dou com qualquer pessoa...
    Mas chamou-me a atenção dizeres que amiga para sempre é a irmã... e porquÊ?
    Porque eu não tenho irmãos =D
    E por isso quando a minha ex-ex-namorada me dizia isso, eu além de ficar roidinho de ciume, não percebia o porquê desse sentimento =)
    Mas conheço muitas pessoas que sao assim. Mais as mulheres, entre elas, são muito unidas, normalmente.

    ResponderEliminar
  22. Poupas as palavras para quem as merece.
    isso é louvável, na minha opinião.

    (as palavras são caras... e, para quem as valoriza, como nós, são um luxo...)

    ResponderEliminar
  23. Hummm...
    Este texto quase que podia ser uma descrição de mim própria.

    ResponderEliminar
  24. Palavras . . .


    ...... Sensuais!



    bjs com charme
    (PS: eu também sou muito poupadinho nas palavras)

    ResponderEliminar
  25. Gostei desta descrição de ti :)

    ResponderEliminar
  26. Ai, como é bom "conhecer" outra pessoa crescida que diz que também cora. Devíamos formar um clube, pois acho que estamos em vias de extinção!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares