Modernices

NO Pinhal Novo, uma escolinha decidiu que a partir de agora os estudantes têm de se vestir de maneira apropriada à sala de aula. Quer isto dizer que não são permitidas saias curtas nem decotes exagerados.

Chamem-me tacanha, mas eu acho muito bem!

Uma escola não é um desfile de moda. Óbvio que temos o direito de usar o que bem queremos, quando bem queremos. Mas há gente que não tem dois dedos de testa. E há pais que parece que não vêem as figuras tristes dos seus filhos.

Os gajos é mais aquela coisa das calças a cair pelo rabo abaixo. São modas. Modas que não aprecio. Mas as ladies... Ui... Fico mesmo chocada.

As meninas de 12 ou 13 anos andam com cada roupa mais arrojada que eu sei lá! "Eu ainda sou do tempo" em que as raparigas se vestiam como os rapazes. Iamos para a escola confortáveis, de calças e tshirts largas que nos permitissem andar a correr de um lado para o outro. Hoje em dia, é o "mostra que não mostra" que toda a gente sabe.

É vê-las de calças de cintura tão baixa que, mal se sentam, ficam com metade do rabo (e das tangas) de fora. Cada decote mais profundo que revela o que (às vezes) ainda nem existe. E mini-saias que mais parecem cintos.

Todos nós já vimos figuras destas nas ruas. Olhamos para algumas raparigas e pensamos "oh coitada, esqueceu-se das calças em casa". Eu, se já fosse mãe, não permitia que filha minha andasse com roupas assim tão provocantes no meio da rua. Muito menos na escola, local de aprendizagem.

E não me venham com a conversa do "vivemos numa sociedade livre". Isso já eu sei. Mas mesmo as sociedades democráticas têm regras. Ninguém vai a um casamento com a roupa que anda por casa. Ninguém vai para o trabalho com a mesma vestimenta que sai à noite, para uma discoteca.

E como manda a elegância, ou mostras as pernas ou mostras o decote. As duas ao mesmo tempo pode não ser uma boa opção. Não é coisa que me preocupe muito, é verdade. Mas isso sou eu, que sou uma gaja recatada. :P

Os exageros podem levar a faltas de respeito e a bocas foleiras do género "estás mesmo a pedi-las". Eu, não sendo tacanha ou conservadora, concordo que tudo tem o seu limite. Não pelos outros. Mas por nós.

Comentários

  1. Concordo plenamente contigo!
    Hoje ouvi esta rádio e pensei exactamente o que tu escreveste aqui.
    As garotas de hoje em dia estão cada vez piores, parecem umas depravadas à procura daquilo que nós bem sabemos.
    Eu encaro a escola como um local de trabalho.

    Há que haver o mínimo de decência!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Sabes que eu considero-me uma pessoa moderna mas tb achei muito bem que fizessem isso. Há pais que nao ligam e deixam os filhos andar de qualquer forma e isso é muito giro mas tem que haver bom senso e um pouco de q.b. Uma coisa é andar na moda, outra bem diferente é ser vulgar!

    ResponderEliminar
  3. Concrodo contigo.Aliás essa medida teve que ser justamente implementada porque as pessoas não têm noção de limites. E isso é que é mesmo lamentável!

    ResponderEliminar
  4. Mais nada! Concordo com o mínimo de decoro, acho que as pessoas têm que se adaptar ao sítio onde estão. Sou jovem, de mente aberta, mas há certas coisas em que sou old fashioned, e esta é uma delas. Escola é escola, n é uma passerelle nem uma discoteca!

    ResponderEliminar
  5. Concordo em tudo contigo! não se entende estas miudas de hoje, cada vez mais descascadas.
    Outro dia um amigo meu teve de pedir à directora de turma que avisasse as miudas para levarem soutien para a aula de educação física. iam de alcinhas sem soutien, podem imaginar a figurinha. e estamos a falar de miudas bem novas.
    eu odeio é as calças quase nos joelhos e que andem com as cuecas todas de fora. não sou obrigada a ter uma visao dessas ;)
    ja cheguei a puxar as calças de uma para cima!
    e na minha aula antes de se sentarem digo lhes sempre para as puxarem, por favor, tenho mais que fazer que ver fios e cuecões à mostra.

    ResponderEliminar
  6. Eu também concordo! E há com cada ave rara que até mete medo ao susto! Os miúdos não têm espelho em casa? Os pais não têm olhos na cara? Tal como tu dizes...nos meus tempos de preparatória e liceu o filme era outro! =)

    ResponderEliminar
  7. Concordo plenamente contigo.

    Será que estpu a ficar velha, desactualizada?

    ResponderEliminar
  8. Mai nada!

    E quem fala assim não é gago!
    Se os pais não dão a educação em casa, espero que as escolas (pelo menos) olhem por isso.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Primeiro, miuda, não é EM Pinhal Novo, mas sim, NO Pinhal Novo... Segundo, estou inteiramente de acordo contigo. Não há nada mais ridiculo e feio que uma chavalita a mostrar o que não tem. Tenho um exemplo em casa que tento insistentemente ensinar, mas é de facto difícil.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Eh pá, eu não concordo contigo... hehehe
    Só para contrariar... pois o que escreveste é o que sinto também!!!
    Uma óptima tarde!!!

    ResponderEliminar
  11. Não tenho a certeza se concordo. Acho que, sem dúvida, não deviam andar assim vestidos. Mas acho que isso não devia ser uma imposição da escola. Devia partir do bom-senso deles, dos paizinhos que lhes compram as roupas e que não se importem que andme todos a mostrar as cuecas e o rabo...

    ResponderEliminar
  12. Sou como tu.
    Igual, as mesmas ideias sobre as vestimentas que as miudas usam, sobre a meneira como elas se comportam. Enfim...

    E tenho dito:
    Antes de termos respeito pelos outros, vamos ter por nós próprios.

    Um Beijo*

    ResponderEliminar
  13. Olha quando eu li o título do seu texto eu vim pronto para metralhar no sentido do próprio texto, porque pensava que você iria defender a opinição, mas não você foi totalmente contrária e eu gostei aplausos para ela gente... rsrs, mas enfim eu sou contrario, pois a sociedade de hoje não respeita mais nada, assim nós nao devemos nos vestir de palitó e gravata para tal coisa, mas se deixar os alunos escolherem vai ficar cada vez mais vulgar de modo que daqui apouco vai ter escola de nudismo... nao duvido nada porque o diabo eh sujo e está cada vez mais introduzindo na cabeça da humanidade o que ele quer e afastando mais a sociedade de Deus... entao eu te digo tome cuidado, nao sei o da sua vida, nao te ocnheço, mas te dou um alerta... e profetizo p/ sua vida se vc andar nos caminhos certo do Senhor soh virao bençãos sobre sua vida as vitorias que vc tanto espera e a que vc nem sabe acontecera... sua vida mudara da agua pro vinho...
    mensagem da telemar
    caso vc seja temente a Deus favor desconsiderar a mensagem hasuhaushusha entao outra coisa eu quero montar um blog e ja eh o segundo texto que eu leio seu eu acho vou selecionar acho que 5 pessoas e eu gostaria de saber se eu poderia no minimo te colocar na minha pre-seleçao p/ fazer parte desse blog pq vao ser colunas e tal... depois falo ctg xau bjo fik na paz ata bom texto rsrs fuiii

    ResponderEliminar
  14. LOL Incrível, de facto....!

    Quanto ao NO, ;)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. concordo sanxerita como dizes e manda a elegancia ou saia curta ou decote grandinho.
    nunca os dois.
    eu ca quando ponho vestidinho curto e decotado tenho sempre de usar por baixo umas confortaveis leggings e as vezes até um bolero.
    não me sinto bem com tudo de fora a não ser na praia.
    para além de que para nos vestirmos com gosto não é necessário andar com o cortiço de fora lololol.
    também fico admirada com essas pitas.
    eu na minha adolescencia preocupava me mais em meterme em aventuras malucas com as minhas amigas.
    claro que já tinha gostos bem delineados em relação a roupinha mas tudo bem apropriado...
    Mas os tempos mudaram e os adolescentes vivem como que se cada dia fosse o último... faz parte dessa procura de construção de identidade.
    beijos

    ResponderEliminar
  16. eu concordo inteiramente com a Cat :) acho que o bom senso deveria partir das pessoas, e se nao o tem, o problemas é delas, porque a mim não me fazem mal nenhum, perdem é o respeito todo, mas isso é-me indiferente, cada um sabe de si...
    mas há com cada figurinha!
    *

    ResponderEliminar
  17. Também concordo com essa imposição da escola de Pinhal Novo, e talvez não fosse má ideia alargar essa norma do regulamento interno a todas as escolas do básico e secundário.

    Tanto mais haveria para dizer, ainda para mais, também fui do tempo em que não havia roupa para rapariga. Usava as tshirts do meu irmão, e que bem que sabia! :)

    ResponderEliminar
  18. Eu estou com a Cat. Acho que é um abuso o uso de certas indumentárias dos/as jovens de hoje mas não acho que deve ser uma coisa imposta pela escola porque sempre que há regras, os jovens têm tendência a quebrá-las. É inevitável, faz parte da sua natureza.
    Outra questão é os pais: onde está um pai ou uma mãe quando uma jovem de 12 anos pega numas cuecas fio-dental vermelhas? Ou quando levam vestido para a escola uma camisola com um decote vertiginoso? Eu cá acho que fazem para não ver isso para evitar uma discussão, pois estão à pressa para ir para o trabalho...

    Bjs*

    ResponderEliminar
  19. A Sanxeri tem o habito irritante de concordar em muito do meu pensamento, por isso este não é excepção!

    Os rapazes é o degredo: ele é pierciengs ao canto da boca, aquelas sacolas que os pescadores usam na cintura eles enfiam no pescoço, oculos a tapar metade da cara e pala do boné a tapar a metade que fica...
    Agora há uma raça engraçada, os Emo! Tenho um primo assim... fosse meu filho e cortava-lhe o cabelo á chapada. Além de nao falar e ter sempre um ar de quem vai assassinar a família, ainda tem o hábito irritante de estar sempre a compor a franja para cima do olho esquerdo.

    As raparigas... é as mini saias que com uma rajada de vento deixam antever a cuequina Betty Boop, é o cariz sexual dos decotes com lenços de papel a empurrar a gordura do MacDonalds para o centro do peito, é aquela poeira na cara que faz uma pessoa espirrar assim que lhe dá um beijo...

    Há uns anos namorei com uma rapariga assim. Tinhamos 16 anitos... eu continuei o velho gajo de aldeia, com barba por fazer, calça de ganga normal, sapatilha e tshirt... estilo desleixado mas limpinho, nao pensem que sou arrumador. Ela optou por aquele estilo de cara tipo porcelana, 30 pulseiras em cada braço, 3 fios, decote que diz "sou mulher" e grita "come-me", etc... e entretanto passei por ela:
    "Estás mais magro, e... diferente" (com aquele ar pomposo, de menina rica)
    "Pareces uma loja de quinquilharia marroquina"

    ResponderEliminar
  20. Tambem acho um exagero certas meninas e meninos de hoje em dia em termos de vestuário.. enfim..

    beijinhos :)

    ResponderEliminar
  21. Honestamente não me chocam, nem me afligem, as mini-saias, calças a mostrar o fio dental, piercings, cabelos despenteados. E tenho uma sobrinha com 16 anos, enfiada todos os dias na Bershka... Qualquer um de nós já teve 13 anos. Eu já fui rosa choque com fitinha no cabelo Duran-Duran, hippie, fiz 3 furos numa orelha, you name it! O que me deu que pensar neste post foi a frase "Estás mesmo a pedi-las". A sério? Mas o que é que isso quer dizer? Teme que uma miúda de mini-saia venha no futuro a ser uma prostituta? Ou que seja vista pelos outros como uma mulher da vida? E isso não é ser tacanho e preconceituoso?
    Cláudia Gama

    ResponderEliminar
  22. Claudia Gama: Hummmm... isso do ser tacanho e ter preconceito é muito subjectivo!
    Se estas meninas forem para o Irão... se calhar eles chamam-nas tacanhas! Mas você vai dizer que no Irão é que estão errados e lá é que são atrasados.
    Mas porquê?
    Porque é que a evolução tem que ser a Ocidental?

    ResponderEliminar
  23. Engraçado como ando na blogosfera há tão pouco tempo e já dei por mim hoje a lembrar deste post..

    Tava eu no MacDonalds (do qual eu nao sou grande apreciadora mas hj calhou assim) quando, de repente, entra, tal qual loja de quinquilharia marroquina (excelente retrato Swadharma!, uma miúda nos seus 14/15 anos...

    Foi inevitável lembrar-me da minha (já querida) Sanxeri e deste post.

    Engraçado como a blogosfera nos acompanha mesmo qd nao estamos sentados em frente ao computador :)

    Por outro lado como ando nisto há mt pco tempo ainda me "choca" um pouco a forma como algumas pessoas "discutem" só pq têm opiniões diferentes...

    Calma minha gente...

    Como disse um dia uma das personagens interpretadas pelo Herman(da qual n m recordo do nome de momento):

    "As opiniões são como as vaginas: cada um tem a sua e quem quiser dá-la, dá-a!!!"

    Se todos gostassem do amarelo q seria do azul??

    E já que toda a gente opina vou opinar também: Sanxeri acho que tens toda a razão!!! :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  24. Cara Claudia, não sou eu que digo que as meninas estão mesmo a pedi-las. São os rapazes/homens... Não sou eu.

    Até eu, que não ando propriamente descascada, já ouvi bocas do género por usar uns calçoes mais curtos ou um top mais decotado.

    ResponderEliminar
  25. Ágape, obrigada pelo "querida". :P E sim, também me lembro de alguns textinhos que leio na blogosfera quando sou confrontada com certas situaçoes. :)

    ResponderEliminar
  26. Percebo perfeitamente o que queres dizer Sanxeri, no entanto fico sempre com receio destas "regras" que muitas vezes descambam em Avisos estampados à entrada da escola do tipo: "E proibido usar saias com mais de 5 cm acima das pernas" ou "não são permitidos decotes com menos de 9mm da parte superior da copa do soutien".

    Isto porque, a partir do momento em que se estabelece uma regra, têm de se estabeler os critérios pelos quais se deve pautar o seu cumprimento, caso contrário, cada pessoa poderá interpretá-la à sua maneira. Seria o memo que o código da estrada dizer simplesmente: "É proibido conduzir muito depressa" e não estabelecer os limites de velocidade.

    Pergunto-me se a referida escola terá tentado, em primeiro lugar, fazer uma sensibilização junto dos pais e até dos próprios alunos.

    Desculpem esta minha sinceridade, mas é que eu lido profissioalmente com muitos jovens e já tenho experiência suficientemente para saber que se eles próprios não forem envolvidos no processo (e se aquelas regras não lhes fizerem sentido), eles são suficientemente determinados para arranjar ua forma criativa de dar volta à situação.

    ResponderEliminar
  27. Assino por baixo! Não sou preconceituosa e acho que quem gosta de mostrar um pouco mais o corpo o deve fazer. Mas tudo o que é em exagero é despropositado e fica mal... Em tudo tem de haver equilíbrio. Digo eu...
    Por exemplo, na bijutaria... tb detesto ver pessoas com Brincos, anéis, fio e pulseiras tudo a fazer conjunto, ainda por cima se for tudo em tamanho XL. Acho que parecem umas árvores de Natal.. Mas cada um tem as suas ideias!
    beijo

    ResponderEliminar
  28. O tempo em que rapazes e raparigas se vestiam de igual... Gostei da expressão. Deve ser pq tb sou desse tempo :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares