Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2013

Feliz ano novo!

2013 foi um ano muito bom.
Um ano com alguma instabilidade financeira, que os empregos estão cada vez mais incertos. Mas foi um ano de muita saúde, com muita amizade e com a união habitual da minha família. Se 2014 for tão bom como este ano, não terei razões de queixa.
Queridos leitores, obrigada por tudo. Por estarem desse lado, por deixarem os vossos comentários, por não comentarem mas estarem desse lado. Em 2014, continuaremos juntos por aqui.
FELIZ ANO NOVO!

Garantias dos telemóveis

Eu até sou uma mulher muito pacífica, mas algumas situações são mesmo enervantes.
Há onze ou doze dias tropecei ao entrar em casa e a minha mala caiu numa poça. A minha preocupação foi logo pegar no telemóvel. Não vi água nenhuma. No entanto, reparei que a câmara fotográfica ficou um bocado nublada. Enfiei o telemóvel numa caçarola com arroz, para que a possível humidade fosse absorvida. Pareceu ficar resolvido, mas no dia seguinte reparei que o telemóvel dizia estar sempre com bateria a 100%. No dia seguinte, claro, desligou-se por falta de bateria, embora continuasse a dizer que tinha bateria a 100%. Quando tentei carregar, dizia que estava carregado.
Levei-o à Vodafone para arranjar. Lá foi ele. Hoje fui lá buscá-lo. A Sony mandou-o para trás por ter vestígios de humidade. Perde a garantia. OK, até aqui eu compreendo.
No entanto, qual o meu espanto quando pergunto à menina "e se eu pagar, arranjam-no?". Não. Não o arranjam. Como é um telemóvel novo, recusam fazer o arran…

Perseguição nas lojas

Eu sei que o comércio tradicional vive momentos muito difíceis. Eu sei que todas as estratégias de captação de clientes são necessárias. Eu sei que algumas cadeias de lojas instituem a regra do "olá, boa tarde, posso ajudar?". Mas caramba, não suporto quando me perseguem nas lojas.
Existe uma loja aqui na cidade que tem sempre montras muito engraçadas. Antes do Natal entrei na loja, para dar uma espreitadela e, quem sabe, comprar algo para mim. Missão impossível. Absolutamente agoniante. A dona da loja, uma senhora assim toda "folclórica", vem logo à minha beira chamar-me "querida", para saber se eu precisava de ajuda. Disse que não. Sempre que eu tocava numa peça de roupa, ela dava dois passos, pegava no cabide, punha-se a mexer na roupa e a dizer que era "um espectáculo", "um luxo" e disparates do género. Eu só queria escolher uma peça de roupa em paz.
As roupas até eram giras, mas não conseguia ver nada com aquela pressão psicológi…

Instaweek

Vamos lá ao resumo fotográfico dos últimos dias.

Leitura de sexta-feira à noite.
Companheirismo.
Os manos na cama.
Traje de Sábado.
Mais prendas. A pulseira da estrela foi oferta do mais-que-tudo, o anjo foi oferta do cunhado.
Café com natas. Muitas natas.
Sábado à noite foi noite de produção em massa de pizzas caseiras.
Depois, café com amigos. Vá, chá com amigos.
Traje domingueiro, para espreitar os saldos.
Antes de enfrentar o shopping, pequeno-almoço no Manuel Natário.
Os saldos estão muito fracos. Limitei-me a comprar dois casacos pretos de malha básicos, um curto e um comprido.
http://instagram.com/asminhaspequenascoisas

Recordações de um Natal (muito bem) passado

Mesa farta, graças a Deus.
Princesa Sara.
Os palhaços de serviço. Eu e o cunhado.
Distribuição das prendas sempre com grande animação.
Foi tão bom. :')

Prendas - parte 3

Aguentem, que eu vou continuar a mostrar as minhas prendas. Esta é uma clutch lindona, oferta da minha irmã. Ainda por cima de uma marca de cá da cidade. A Closet Fruits tem feito imenso sucesso pois é original e, de facto, tem muito bom ar.
Closet Fruits
E aqui têm mais exemplos das maravilhas que fazem:

Alteração de planos

Já tinha tudo combinado. Até há dois dias, ia passar o fim de ano no Porto. Ia jantar com as amigas e o amigo Tiago. O jantar ia ser na casa de uma amiga e cada um levava algumas coisas. Eu ia levar uma bôla de carne e uns rissóis. Depois, provavelmente, ia passar a meia-noite nos Aliados, no meio de uma imensidão de gente, e depois íamos os dois ter com os amigos dele.
Até que na quarta-feira ele me perguntou "e o cão?". Foi aí que me caiu a ficha. O meu cão é um inferno, seria impossível deixá-lo umas oito horas fechado em casa. Também ainda não se habituou a ficar no quintal - e nunca o deixaria no quintal, por causa dos foguetes.
Vai daí, mudança de planos. Não vou impingir o cão a ninguém na noite de ano novo. Vou antes passar a meia-noite na casa de família, com a melhor família do mundo, a comer leitão. E o Pirata estará ao nosso lado, como sempre deve estar.
Para Janeiro, fica prometido uma ida ao Porto, para matar saudades e retomar a Rota do Chocolate Quente com a…

Prendas - parte 2

Por causa do mau tempo, o router lá de casa morreu, pelo que não tenho internet em casa. Vai daí, não estranhem a minha ausência da blogosfera. A Meo é lenta como tudo a resolver a questão.
Falando de coisas boas, vamos a mais uma rodada de prendas de Natal. Roupas novas são sempre boas para a nossa auto-estima e eu ando toda vaidosa com as mais recentes aquisições.

Botas, mala e lenço novos. Ignorem a pose de Gina Escachada. Mala comprada pelo mais-que-tudo, lenço comércio local, botas Seaside.
Blusa nova, da October.

Dia de estreias

Claro que hoje já estreei a mala nova, os sapatos novos e duas pulseiras novas. Sou assim, não consigo guardar para depois.
Estreei-me ainda nos saltos finos, coisa que nunca tinha usado. E nos sapatos pontiagudos. Estranhamente, gosto! Não para usar no dia-a-dia, mas parece-me um investimento certo.


Já agora, como raio conseguem evitar estragar os saltos? Já enfiei os tacões "n" vezes no meio das pedras.

https://www.facebook.com/sasterisco.asminhaspequenascoisas

Dúvidas...

Estou aqui na dúvida. Não sei se consigo andar ou se apenas rebolo... Estou que nem posso. As comidas natalícias dão cabo de mim - e eu não sei dizer-lhes que não!

Prendas

Não me posso queixar. Não posso mesmo.
Estivemos mais de uma hora a distribuir as prendas pela família. Éramos 13 pessoas. Eu e o cunhado vestimos o traje do Pai Natal, entrámos no espírito, e fizemos da distribuição de prendas um momento divertido (penso eu de que...).
Tiive direito a muita coisa. E coisas giras.
Dos tios, umas botas prendas/castanhas e uma saia lindona da Promod, para estrear no ano novo; Da mãe, uma camisa rosa e uma blusa preta; Da avó, uns sapatos pretos elegantes. É coisa que raramente uso, mas não tinha nenhuns e ficam sempre bem numa saída nocturna; Uns óculos de sol, oferta de mim para mim; Do amor da minha vida, uma mala castanha linda (tinha sido uma das minhas dicas!) e uma pulseira com estrela; Do cunhado, uma pulseira do anjo; Da minha irmã, uma clutch girérrima, super fashion, da Closet Fruits; Dos sogros, um perfume; Do padrinho do meu rapaz, cremes para o corpo.
Ufa, ufa, um balanço muito positivo! Agora é esperar que as pessoas tenham adorado o que …

Mensagem natalícia

Que este dia seja abençoado e repleto de amor. 

Feliz Natal!

Vocês sabem que eu sou uma pessoa muito natalícia. Vivo as tradições a sério, vibro com as iluminações, as decorações e com a compra das prendas para a minha família. Por isso, é com imensa felicidade que vejo o Natal finalmente a chegar. 
Gente, aproveitem imenso. Abracem a família, comam tudo o que vos apetecer (as dietas começam a 2 de Janeiro, toda a gente sabe disso!). Sejam tremendamente felizes. 
Feliz Natal!

Família

Hoje é dia de jantar com o pai e os meus irmãos. Há vários anos que não tenho uma relação ideal com o meu pai, mas hoje é dia de esquecer os problemas e começar a viver o Natal.

Amor de Mãe

Há lá coisa mais reconfortante que a comida da nossa mãe? 
Arroz de pato ao almoço. Ainda meio húmido, que é como eu gosto mais.

Biscoitos natalícios ao final da tarde, para o habitual chá em família.

Piratices

Pirata ficou sozinho uma hora e meia, na cozinha da avó. Resultado: cortina rasgada, caçarola da água entornada, porta-talheres atirado ao chão, tabuleiro dos gatos virado do avesso. Passeou tanto durante a tarde e é este o agradecimento. Este animal cansa-me.

Inverno

Hoje é o dia mais pequeno do ano e começa o Inverno. Só por causa das coisas, comprei dois cachecóis felpudos (incrível as coisas baratas que se encontram no comércio tradicional...) e apaixonei-me por este gorro da Parfois. Primeiro pensei que iria ficar ridícula com o pompom... Mas o dito cujo fica caído atrás. Hoje não há frio que me derrube.

Mimos 2

Hoje recebi este livro, uma simpática oferta de alguém que conheço apenas da internet. Fiquei muito curiosa, a capa cativou-me e a sinopse é promissora. É a minha próxima leitura. 
"Uma história de amor e traição de inspiração gótica, passada em Lisboa, numa Casa que reúne um grupo de jovens com muitas cicatrizes da vida. Vagabundos que procuram afectos nos labirintos da sociedade contemporânea e que encontram os seus valores no paganismo, música, dança, sexo, droga e artes circenses. Paira sobre eles o Corvo de uma fábula infantil, o herói corajoso que não desiste de lutar pelo seu Sonho. Uma conspiração vai alterar o curso dos acontecimentos. No combate entre a inocência e a violência, qual será o destino da Casa do Sonho Pagão?"

Harmonia

Isto é a harmonia cá de casa. A Blackiezinha em cima da mesa, descansada, como ela gosta.
E os outros dois, Evita e Pirata, na macacada, como de costume.

É sexta-feira, yeaaah!

Estou com um feeling que hoje vai ser um dia tão bom, mas tão bom. Tenho tanta coisa para fazer, as últimas duas prendas de Natal para comprar. Ainda por cima está um sol de Inverno encantador. Bora lá aproveitar o último dia de férias.

J'Adore!

Eu até nem sou de comentar estas coisas, mas a Charlize Theron está um escândalo de gira nesta publicidade. O anúncio já não é novo, lembro-me de o ver no ano passado, mas páro sempre quando ouço a música. A música, a atitude, a beleza dela. Uau!

Instaweek

Fotografias instagramadas nos últimos dias. Claro destaque para os bichos cá de casa e para a paparoca boa.

Sábado foi dia de jantar com os amigos, no Porto. Convívio, risadas, boa comida.
Prendas de Natal para os meus patudos. Paté para elas (coisa que adoram mas nunca comem) e dois ossos para ele.
Ele, Dom Pirata, é um preguiçoso de primeira. Até no carro vai a pescar fanecas. 
Outro dia, a mesma preguiça.

Experimentei este bolo de chocolate da Milka. É bem bom, lá isso é, mas é minorca. Tive de fazer duas embalagens para ficar um bolo razoável.
O calendário de advento anda a ser comido...
Segunda-feira de sol. 
Kiwis vindos da casa dos sogros. 
Quarta-feira ele portou-se muito mal. Fez xixi dentro de casa por diversas vezes... e roubou-me o pequeno-almoço.
My precious. Ando apaixonada.

Ohhh!

Ao entrar em casa, malhei nas escadas. O telemóvel estava na mala, a mala caiu mesmo dentro de uma poça. O bicho parecia morto. Durante dez minutos, nada fez. Mostrei-me preocupada, mas na verdade já estava a pensar que era uma boa oportunidade para convencer o mais-que-tudo de que eu estava mesmo a precisar de um iPhone. Podia ser o 5, que era para ser o mais moderno.
E não é que o sacana do telemóvel se ligou passados uns minutos? Estragou-me os planos.

Mimos

Já recebi o meu primeiro presente de Natal. Um presente de Natal vindo de uma pessoa muito querida, que conheci nos últimos meses e passei a admirar.

Anel do laço trabalhado a filigrana, em prata rosa. Um mimo!

Facebook do blogue: https://www.facebook.com/sasterisco.asminhaspequenascoisas

O cocker atacou de novo...

Atenção: Se não gostam de animais e se estão a borrifar para as aventuras dos patudos cá de casa, não leiam este post. Ou então leiam e não se queixem.
Hoje foi o dia em que o estupor do cão cocker dos vizinhos atacou novamente o meu cão. Fiquei nervosa durante uma hora, ainda estou para aqui meia atarantada, apesar do meu Pirata não ter ficado magoado. Há umas semanas contei que o cão dos vizinhos atacou o meu... E hoje a cena repetiu-se, mas pior.
A meio da tarde, eu, mais-que-tudo e Dom Pirata saímos de casa. O namorado abriu o portão da garagem e entrou para o carro, para o tirar da garagem (a rampa de acesso é a subir, o carro é baixo), eu e o Pirata esperamos por ele no meio do caminho. O Pirata de trela, como sempre.
O meu bicho, coitado, estava a comer umas ervas. Conforme me viro para trás, vejo que a vizinha estava a abrir o portão para tirar também o carro dela da garagem. Vejo o cocker a correr desenfreado para nós. A distância é curta, cerca de 20 metros.
Olhem, conforme …

Mas que canseira!

Eu digo-vos uma coisa, a blogosfera é extremamente complicada. Tu dizes que gostas de branco, mas a blogosfera consegue ler que tu estás a criticar o preto. Tu dizes que és adepta do cinzento, a blogosfera julga entender que afinal tu gostas é do branco, mas estás a inventar. Oh gente complicada!

Facto

Deve ser tão aborrecido ser uma daquelas pessoas que estão sempre de trombas, de mal com a vida, a criticar tudo e todos...
Ainda bem que eu não sei (nem nunca soube) o que isso é. É tão mais fixe ser feliz.

Em mês de festa...

As minhas unhas também se trajaram a rigor. Hoje fui à manicure e decidi ousar mais um bocadinho. Rosa choque nas unhas, com um toque de brilho.