Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2014

Night Out

Quinta-feira à noite. Amigos, bom tempo, e as melhores pizzas da cidade.

Giro e bom

"Na última semana, o actor organizou em St. Tropez, França, a primeira gala da sua fundação, a Leonardo DiCaprio Foundation, onde foram leiloados vários artigos da sua colecção pessoal. O leilão angariou €18,6 milhões que a fundação vai agora distribuir por vários projectos de conservação animal." Aqui.
Gente gira é uma coisa. Gente gira e com bom coração, é outra coisa completamente diferente.
O Leonardo Dicaprio não quer ser só giro e rico. Quer também mudar o mundo. Milhões para ajudar os animais. 
Well Done, wolf of Wall Street!

Insta-last days

Primos de quatro patas.
Vestimentas do fim-de-semana.
Novo tom. Laranja forte.
Salada russa, atum e ovo cozido. Das minhas refeições simples favoritas.
Leituras e pecados.
Sábado à noite.
Meu rapaz.
Arroz de frango da mãe.
Antes de dormir, leitura sagrada.
Companheiros.
Vaidades minhas.
Gataria da mãe.
Tradições vianenses.
Bellíssima.
Da minha rede social favorita: Instagram do blogue.

"Chegou a Tua Hora" - Karen Rose

Sempre fui mulher de livros. Romances históricos são a minha perdição. Há umas semanas conheci Karen Rose, li o livro "Morre por mim", e apaixonei-me pelo género suspense/criminal.
Comecei há uns dias o segundo livro. Fala-nos sobre crime, sobre incêndios, sobre mortes e detectives. Estou oficialmente viciada na autora.
Ainda hoje acabo este livro. Tenho de ir já arranjar o próximo.

Oh well...

E não é que já tinha saudades de trabalhar?
Até me sinto entusiasmada por regressar ao trabalho após uma semana de ausência.
Podia estar entusiasmada por ir viajar, por ir às compras, por jantar fora numa restaurante mesmo bom... Mas não, estou entusiasmada por regressar ao trabalho.

Um ano de Pirata

Faz hoje um ano que adoptamos o nosso cão Pirata. Não vou mentir: foi um ano de muita felicidade mas também de muita frustração. Dei por mim a dizer diversas vezes que "se soubesse o que sei hoje, não o tinha adoptado". E olhem que eu sempre tive animais. Mas este dá uma trabalheira do caraças.
Um ano depois, ainda não aprendeu que o xixi e o cocó são sempre para se fazer na rua e, de vez em quando, aromatiza-me o lar.
Rói tudo o que pode. Telemóveis, carregadores de telemóveis, fios do airbag do meu carro, óculos, livros, coisas variadas. Ultimamente, desenvolveu uma fixação por almofadas e fronhas de almofadas. Desde sempre, e sempre que pode, rói mantas, tapetes, colchas, lençóis. 
Nunca pára quieto, apesar de ser o cão que mais passeia, de todos os cães que conheço (e não são poucos...). Temos de o levar à rua várias vezes ao dia, muito tempo de cada vez, e ele nunca fica satisfeito.
É o cão com mais apetite de todo o sempre. Come a ração, mas delira com arroz branco e …

Pequenas coisas

O entusiasmo do senhor Pirata com as brincadeiras no rio. Fôssemos nós felizes com as coisas simples, como ele é, e tudo era bem melhor.
Bom fim-de-semana!

InstaWeek

Altura de roupas frescas.
Pirata, o nadador!
O vício deste Verão é andar confortável.
Coisas lindas, na linda Conto de Fadas.
Alheira com couve e batata a murro. Combinação perfeita.
Gulodices.
O meu sorriso favorito.
Arroz doce da senhora minha mãe.
Gelados artesanais.
Café com tradição.
Pecado de terça-feira à noite.
Tarde de leitura à beira do rio.
Madame Bella.
Fred, o gato das cestas.
Traje desta sexta-feira.
Flores perfumadas, para encherem a casa de vida!
Instagram As Minhas Pequenas Coisas

Do amor e do amar

Pais escrevem carta sobre os 3 filhos que perderam no MH17

Ler mais aqui.
Somos tão pequenos, não somos? Perdemos tempo com porcarias tão absolutamente inúteis. Andamos a zangar-nos por merdas sem importância.
Quando o meu amor chegar a casa, vai ter mimo redobrado à espera dele. Just in case.

Hipocrisias

Se há coisa que me irrita são as hipocrisias familiares. Se alguém não nos amou, não nos acarinhou, não cuidou de nós... Pois que não podem estar à espera de ser amados, acarinhados, cuidados. E nem é uma questão de vingança - que eu não sou minimamente vingativa. Mas não pensem que obrigo o meu coração a gostar de alguém.

Mini-férias

Antes de entrarmos no mês de mais trabalho para a nossa equipa, tirei uma semana de férias. A primeira noite de férias foi um terror, com chuva a magotes e trovoada. A ver se a coisa melhora. Tenho muito para descansar e aproveitar.

A vida acaba sempre por nos compensar...

Ontem faria anos a minha avó. Fiquei, de certo modo, aliviada quando ela partiu, porque estava a começar a sofrer. Preferi sofrer com a partida dela do que vê-la a sofrer um bocadinho mais todos os dias. 
Passados menos de três meses da sua partida, a vida deu uma volta. A família manteve-se unida e conseguimos sorrir, brincar, celebrar, apesar da sua ausência. 
Ela partiu, mas a família vai ser compensada. Vai haver mais união, mais amor, mais afecto.
É a vida. Dá muitas voltas. E ela ficaria imensamente feliz com as voltas que esta família está a dar.

Facto

Pirata - The Boss

Saio do trabalho. Venho buscar o menino a casa. Sento-me na relva enquanto ele brinca. Bendito descanso.

Natalidade: Comissão propõe menos IRS e trabalho "part-time" pago a 100%

Este texto não é sobre as medidas que o Governo está a pensar para aumentar a natalidade. Este texto não é sobre IRS, impostos e empregos a tempo parcial. Este texto é sobre uma necessidade: o país precisa de crianças.
E os pais das crianças, claro, precisam de incentivos. Precisam de incentivos monetários, de incentivos sociais. Precisam de saber que serem pais não será visto como um "fardo" ou um erro. Precisam de perder o medo. Medo de poderem ser despedidos se tiverem filhos, porque os filhos roubam tempo e já se sabe que é muito chato para os patrões pagarem licenças de maternidade e paternidade.
Este texto é um grito de revolta perante um país cada vez mais envelhecido.
Incentivemos a natalidade. Baixe-se o IRS para as famílias com mais filhos. Reduza-se o IMI. Faça-se qualquer coisa.
Precisamos de crianças. Precisamos de pais e mães sem medo. Precisamos de pais e mães que percebam que ter um filho é uma bênção, uma alegria, uma contribuição para a sociedade - e nunca…

Ai Bruno Nogueira, Deus te dê paciência...

O Bruno Nogueira teve de cancelar um espectáculo de humor na praça de touros de Montemor-o-Novo. O Bruno é assumidamente anti-touradas e, pelos vistos, aquelas pessoas que passam a vida a dizer que "temos de respeitar a opinião dos outros, porque eu tenho o direito a achar que picar os touros não é fazer mal ao animal e até é uma verdadeira obra de caridade que fazemos pela preservação da espécie"... afinal não são assim tão tolerantes. DN
Pelos vistos, ficaram com muito receio da presença de um anti-touradas na Praça de Touros. Pelos vistos, além de cruéis, conseguem ser absolutamente cegos e vidrados na sua maneira de viver. Ameaçaram um humorista, com ameaças sistemáticas e credíveis, que levaram a organização a pedir simpaticamente ao Bruno Nogueira para desmarcar o espectáculo, sendo substituído pelo Aldo Lima.
Nem sei que dizer disto. Energúmenos. E nem é por gostarem de touradas (não só... mas também). É mesmo por ameaçarem um ser humano apenas porque esse ser humano…

InstaWeek

As minhas favoritas deste Verão.
Segunda-feira celebrou-se a família em casa da mãe.
Gato Fred.
Rosa, cadela-sobrinha.
Cheesecake de limão. Sara, a nossa cadela de guarda.
O Verão pede calções.
Viana é amor.
Viana também é o Manel Natário.
Almoço light de sexta-feira. Uma raridade.
O sorriso mais malandro.
Domingo à tarde.

Instagram do blogue - http://instagram.com/asminhaspequenascoisas

Facebook do blogue - https://www.facebook.com/sasterisco.asminhaspequenascoisas?ref=hl