Avançar para o conteúdo principal

Aventuras de um casamento #6

Há coisas para as quais eu sou muito prática. A escolha de lembranças foi uma delas. 

Não queria, de todo, uma prenda "inútil". Não queria um prenda demasiado pessoal, como uma fotografia do casal, por achar que muito poucas pessoas iriam efectivamente exibir a nossa fotografia no seu lar - e para meterem numa gaveta, não vale a pena. 

Os cactos e suculentas são uma das modas do momento e esta empresa foi uma sugestão da minha irmã. Ainda não encomendei, mas já tenho o design definido com a responsável, só falta mesmo  fazer uma visita ao espaço e escolher o tipo de plantinha. 

Coisa mais fofa... Algo deste género...

Resultado de imagem para mia luzia suculentas

Resultado de imagem para mia luzia suculentas

Resultado de imagem para mia luzia suculentas

Vou também fazer saquinhos de guloseimas para os miúdos... E para os graúdos também, que suponho que toda a gente goste!

Comentários

  1. É a primeira coisa que partilhas sobre o teu casamento que gostei imenso. Acho uma ideia fantástica! Eu teria gostado de receber esta lembrança.

    ResponderEliminar
  2. Gosto particularmente das primeiras, são bonitas. :)
    Não sou fã desta moda, confesso, porque eu não ligo a plantas e porque não conseguia ver muitos dos amigos (homens sobretudo) a gostar minimamente de receber uma planta.
    No entanto, acho mesmo que um vaso bonito na suculenta faz toda a diferença e dá para dar um toque mais pessoal ou mais colorido à decoração de uma casa. Acho que depende muito do vaso o que faz uma lembrança destas bonita. O ano passado, ao escolher as minhas, só via sempre as mesmas suculentas desenxabidas e não me convenceram. Se fosse agora depois de ver mais bonitas teria a mente mais aberta à coisa. :P

    Desde que escolhas algo que gostas mesmo e não algo à sorte, está sempre bom e especial!

    P.S. Concordo taaaanto com isso de oferecer foto do casal como lembrança. Guardem o dinheiro para a lua-de-mel, mais vale.

    Mira

    ResponderEliminar
  3. Gosto da primeira, as restantes não aprecio tanto.
    Eu adoro cactos e suculentas.

    ResponderEliminar
  4. Os vasos quanto mais simples melhor... Nas fotos 2 e 3, dispenso os "adereços"!

    ResponderEliminar
  5. Eu iria gostar de receber as da primeira foto (acho q são elegantes). Mas tb acho q os convidados n deveriam estar à espera de receber algo. E, já se sabe, por mais q se faça, nunca estará do agrado de todos.
    S.L

    ResponderEliminar
  6. Gosto muito! Eu adoraria receber uma lembrança de casamento assim. Muito melhor do que um tareco qualquer que vai ficar numa gaveta. E mesmo a questão da foto do convidado com os noivos, como li e como sei que era moda há anos, não gosto tanto. Fui a um casamento no ano passado, depois de anos sem ir a casamentos, e não houve fotos para os convidados. Os noivos enviaram depois um link para vermos todas as fotos e quem quisesse que fizesse download (foi o que fiz). Detesto a ideia de desperdiçar. Os noivos gastam um dinheirão, gastam-se recursos e depois as coisas não são aproveitadas, acabam por ficar ali paradas. Os meus pais têm uma gaveta cheia de fotos dos casamentos a que foram ao longo dos anos e aquilo nunca é aberto, ninguém se lembra daquilo. Lembranças a mesma coisa (mini garrafas, charutos...). Quando eu casar, não há cá lembranças inúteis ou fotos para parar em gavetas. Adoro a ideia das suculentas!

    ResponderEliminar
  7. Olha boa ideia!!!
    Para mim seria só um azar, porque os catos em minha casa não duram muito tempo xD sou uma assassina de plantas

    ResponderEliminar
  8. Gosto muito dessas ofertas, há 2 anos fui a um casamento, deram-me uma suculenta que ainda hoje mora cá em casa.

    ResponderEliminar
  9. Por acaso eu não gostaria de receber uma planta. Gosto muito de plantas mas não de todas e odeio ter em casa coisas que não gosto. Para mim seria outro "tareco" como referiram em cima.
    Preferia a foto, por exemplo, porque se vou a um casamento é porque gosto dos noivos e fico com a lembrança para sempre.

    Mas lá está, é impossível agradar a todos e ninguém com bom senso vai dizer que gosta ou não das lembranças...
    ( Para crianças também não gostaria que dessem doces aos meus filhos... Depois de uma experiência laboral na área das lembranças nada que seja comestível em lembranças é comido por aqui. É das poucas vezes em que coloco comida directamente no lixo)

    ResponderEliminar
  10. Vais dar por casal? Eu tenho uns infusores de chá para as senhoras, mas apesar de toda a gente achar mt giros, eu ora gosto ora me canso ahaha

    ResponderEliminar
  11. Já recebi esta lembrança num casamento e adorei. Fica tão bem numa casa.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.