Avançar para o conteúdo principal

As pessoas podem ser mesmo assustadoras

«Uma mulher morreu atropelada este fim de semana enquanto tinha relações sexuais numa linha de comboio, na Ucrânia. O companheiro ficou sem pernas.

O acidente ocorreu na madrugada de sábado, perto da estação ferroviária da província ucraniana de Zaporozhye, garantem as autoridades ucranianas, citadas pela EFE.

O casal encontrava-se alcoolizado e decidiu ter relações sexuais por baixo de uma composição, que se colocou em movimento e os atropelou. O homem ficaria sem as duas pernas e a mulher acabaria por morrer no local.

De acordo com o hospital para onde foi levado o sobrevivente, o indivíduo ainda "permanece em estado de choque" e está a recuperar da amputação das pernas, efetuada abaixo do joelho.»  No JN


Assustadoras... Para não dizer burras e inconsequentes. 

Comentários

  1. Bem, diz um velho ditado que - O QUE É DE GOSTO É O REGALO DA VIDA - ela morreu fazendo o que gostava, porém sabendo que poderia ser atropelada, num lugar desses.
    Não cabe a mim julgar, mas que é uma estupidez é.
    Um abraço!!!

    ResponderEliminar
  2. Há pessoas que não pensam naquilo que fazem --'

    ResponderEliminar
  3. Quando vi esta notícia fiquei :O!! Como é que é possível?

    ResponderEliminar
  4. Sabe-se lá o que lhes passou pela cabeça...o ser humano é assim, só pensa no seu belo prazer sem medir as consequências...

    ResponderEliminar
  5. Boa atitude em chamar burras a alguém que morreu e a alguém que ficou sem pernas. Atitude inconsciente que tiveram. Mas a sua foi de mau gosto. Para variar, acha-se com muito bom senso. Queria ver se fosse alguém que conhecia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poupe-me. Se as pessoas são estúpidas, continuam a ser estúpidas mesmo depois da morte. E este casal, tenho imensa pena, mas abusou da sorte.

      Eliminar
    2. Também acho que devias ter mais cuidado com a maneira como dizes as coisas... Abusaram da sorte, sim. Mas daí a serem corridos como estúpidos e burros, acho que é mau demais... :\

      Eliminar
    3. A S. ofende os outros com demasiada facilidade. E depois fica toda chateada quando lhe fazem o mesmo...

      Eliminar
    4. Então vais continuar estúpida depois da morte. E nem publiques este comentário, já que é uma opinião diferente da tua.

      Eliminar
    5. Anónima, espero que tenhas noção do ser humano nojento e maldoso que és.

      Eliminar
    6. O que dizer de duas pessoas que por uma **** se coloca nesta situação gravíssima? E o que terem acabado um por morrer e o outro por ficar amputado? Foram estúpidos - na melhor das hipóteses -, morreram e ficar com danos físicos para sempre porque agiram como burros. E a burrice e a estupidez e idiotice às vezes tem um preço dolorosamente alto. Foi o caso deles. Lamento a situação dos dois jovens, mas a culpa foi deles.

      Eliminar
    7. Maldosa és tu. E falsa, porque só publicas os comentários que te convêm e gostas de esconder as verdades que aqui te dizem. Coitada, és tão boazinha. Já tens um lugar no céu.

      Eliminar
    8. S*, desculpe-me lá mas alguém vem aqui escrever que a menina é estúpida e a sua forma de a pôr no seu lugar é chamar-lhe nojenta e maldosa? Condena o comportamento e depois repete-o? Aliás... Agrava as ofensas? Perdoe-me a sinceridade mas eu já não via disto desde o secundário... Que falta de educação.

      J. F.

      Eliminar
    9. Só de te aturar, oh criatura, podes crer que tenho um lugar reservado no céu. E na zona VIP!

      Eliminar
    10. J.F., há uma diferença.

      É que a anónima dizer que eu sou estúpida é uma opinião. Já o facto de a anónima ser maldosa e nojenta é mesmo um facto.

      Eliminar
  6. Fiquei completamente parva com esta noticia :S Há pessoas realmente muito inconsequentes.

    ResponderEliminar
  7. Se procuravam adrenalina acho que conseguiram.

    ResponderEliminar
  8. Que horror, como dizem opor aqui o que o álcool faz a este pobre rapaz, é triste.

    Beijos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.